segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Banho e Corpo Ensaboado = Luxuria Erótica em desejo de Exaltação Sexual

Quando um casal decide tomar banho juntos significa que existe entre ambos uma certa química envolvente, tanto física como mental, que os une e seduz. Durante o banho podem acontecer factos que dêem origem a imagens maravilhosas como esta.

A mulher "lava/acaricia/afaga", o sexo do homem, o qual, bem ensaboado, desliza entre a ranhura do seu peito, facto sempre doce e muito carinhoso. O corpo ensaboado é, por si só, um afável afrodisíaco para os olhos de quem, com a aceitação da exaltação da sua libido, o contempla.


Regra geral estas situações geram nos parceiros ondas de romantismo quase indecifráveis e inexplicáveis em palavras mas, pela sua "efervescência", ternura e romantismo, fáceis de gerir e muito prazerosas de praticar. A imagem é divina no que concerne a um momento de grande ternura entre os intervenientes que se deliciam com a acção

Todo o acto sexual, que não tenha o epíteto de rapidinha, carece de preliminares. Existem muitas formas de desfrutar eroticamente dessas "massagens" introdutórias e preambulares, quais "chamas" de luxuria, que levam os intervenientes à "loucura sensual" e a subir mentalmente, as "pirâmides", do entusiasmo, como uso e fruto, do seu querer, feito harmonia e desejo.

Esta imagem é de um romantismo quase, direi eu, de uso obrigatório quando se quer relaxar, gozar e desfrutar da harmonia dos nossos corpos e dos mais belos "cânticos" mentais que se sentem quando fechamos os olhos e nos deixamos vaguear por entre as estrelas mais luminosas dos nossos sentidos sensuais. Não a vou especificar com dados minuciosos. O vosso olhar e imaginação o fará.

Querendo, digam da vossa justiça
.

domingo, 29 de novembro de 2015

A Primeira vez de Susana com o Flávio...Um colinho de sexo louco.

No dia em que o Flávio Monteiro convidou a minha amiga Susana, sua recente namorada, que fossem passar o fim de semana juntos, que ela aceitou de imediato, decidiu levá-la a um hotel paradísico, junto ao mar, sito na zona de Cascais. Dado conhecer por carinhos e meiguices manuais,  a "grandeza" dele, sentiu-se recear um pouco, pensando no momento em que chegassem aos... finalmente

Susana estava apaixonada. Assim, chegada a hora de maior intimidade, deixou-se cair nos braços do amado, Flávio. No seu colo, em pé, numa posição acrobática, fizeram amor pela primeira vez.
Este vídeo foi-me cedido pela Susana e por ela autorizado a publicar. Com ar sorridente e malicioso, confessou-me, que nunca tinha estado com ninguém que lhe tenha proporcionado tanto prazer como lhe proporcionou o Flávio. 

Acabou o receio dela, que amou desfrutar da sua "grandeza"... Disse-me ainda que, na próxima vez, vão deliciar-se com outras maravilhas sensuais...

Quais serão essas maravilhas sensuais!, Será capaz de as imaginar???
Se sim, diga-as (:

sábado, 28 de novembro de 2015

Sexo homossexual/gay entre homens. A importância do preservativo

A homossexualidade é uma de quatro principais orientações sexuais, sendo que as outras são, a bissexualidade, a heterossexualidade e a assexualidade.

Hoje vou falar-vos um pouco sobre a homossexualidade masculina. Tal orientação consiste na questão de homens que se sintam atraídos sexualmente por outros homens

Existem as mais variadas definições sobre a homossexualidade masculina, sendo que, na gíria se pode aferir como um desejo de ter experiências sexuais, afectivas, românticas, eróticas, entre pessoas do mesmo sexo.

Falando da efectividade de relações sexuais, têm as mesmas, o mesmo valor e prazer sensual, que tem qualquer outro ato sexual que seja praticado por parceiros de sexos diferentes. O sexo oral é uma das práticas mais usuais e praticadas pelos gays, nomeadamente, sem ser em exclusivo, sempre que, outras práticas como o sexo anal, não é possível praticar nesse momento e local.

Dois homens que se gostem e que formem um casal, tem por direito de lei e de vida, direitos iguais a qualquer casal heterossexual. Isto, no papel, mas infelizmente, ainda não reconhecido em todos os países que formam o mundo. 
Inclusive, nas sociedades modernas, os gays, masculinos e femininos, sentem muita dificuldade em se impor, como por exemplo, e caso concreto, em arranjar emprego e/ou na conservação desse..

O sexo anal é uma prática corrente hoje em dia.
Todos os seres humanos, com excepções como é evidente, gostam de praticar sexo anal, nas suas relações, incluindo parceiros de sexo diferente.

Hoje, aceita-se o sexo entre homens de uma forma diferente do que aconteceu ao longo das décadas. Existe inclusive o casamento e a adopção de crianças por casais formados por/gays.
O sexo anal deve ser sempre feito usando protecção, ou seja usar preservativo, chamado de forma mais popular, camisinha de Vénus 

Estudos feitos aferem que a sexualidade, regra geral, e em particular as de génese Gay, quando feita dentro de alguma promiscuidade ( Falta de limpeza, cuidado de higiena, outros ) - pode ser uma veio de transmissão de doenças tais como a (DST), ou infecção sexualmente transmissível (IST) é uma doença ou uma infecção que é passada de uma pessoa para outra pessoa ao ter relações sexuais. 

Assim o uso de preservativo é obrigatório, mesmo quando a relação/sexo não acontece com um parceiro ocasional. Não esquecer que cada preservativo só pode, ou deve, ser usado uma vez. Não lavar e voltar a usar.

Use-o de forma correcta cada vez que tiver relações sexuais. Isso vale para qualquer espécie de sexo: Vaginal, oral ou anal.

Não brinque com a sorte pois essa pode estar distraída e as coisas/doenças não acontecem só aos outros. A doença mais comum e mais conhecida é a SIDA (Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH))

É um vírus fortíssimo, difícil de combater pela medicina, sendo na maioria das vezes, mortal.

Nota final: Atualmente existem preservativos de todas as cores e sabores - morango, framboesa, maracujá, etc, etc, etc - , os quais são muito apreciados para quem pratica, em particular, sexo oral. Vendem-se em qualquer supermercado, farmácia e até em máquinas colocadas nas ruas. Use e abuse do preservativo. Ele pode representar anos de vida para si.

Carinhos da amiga Vanessa Flor

,,,,,,,,

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Duas Imagens de Sexo muito para além do sentido das próprias imagens


Hoje decidi deixar-vos numa mistura de emoções que podem ser analisadas através de uma imagem em movimento/gif, e uma imagem parada/foto. Sim são imagens de sexo. Mas, analisando bem, olhando com olhos de ver, cada uma delas, todos os seus contornos, facilmente verificamos, que não encerram dentro da sua subtileza, apenas uma imagem visual de sexo.

Na primeira imagem, o acto mostra-nos toda a complementação da libido, mútuo carinho, erotismo, luxuria cativante, meiguice e cumplicidade, existente entre os intervenientes.
Todos esses factores nos transportam muito para além de uma simples imagem de sexo.


Um ambiente calmo, sereno, um sofá, um homem e uma mulher, corpos em ondulação, "fogo" ardente em desejo e entrega, as caricias da mão feminina, sobre a cabeça do companheiro, os beijos dados por esse, no pescoço da companheira, tornam o acto único


Tanto na imagem em movimento em que a mulher, através do seu semblante, nos indica, o quanto o acto está a ser profundo, desejado, que a faz vaguear por entre elos de ternura, em que a sintonia corporal, é total e completa, a segunda imagem, em foto, não é menos sugestiva da beleza existente num ato sexual. Entrega total, olhos fechados, sentidos vagueando pelas entranhas do desconhecido, qual paraíso em flor, prazer e doçura. Sintonia perfeita.

Lindo de mais, não concordam?
.

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Sexo heterossexual ou lesbiano? Haverá diferença contraditória na questão meiguice/prazer erótico?

Existe quem afirme que as mulheres sendo conhecedoras do seu corpo, sabendo assim melhor quais as zonas mais erógenas,  conseguem proporcionar maior prazer e gozo sexual, quando "brincam" uma com outra, do que sentem quando na relação heterossexual.

É verdade que essa opinião é sempre muito discutível pois existe sempre quem discorde mesmo - muitos -  não sabendo justificar a razão porque discorda.
Uma mulher é, por natureza e regra geral, muito mais meiga, que um homem, nas acções preliminares. Está nos genes femininos.



Esta imagem é de uma doçura sem limites. A namorada/amiga acaricia um dos peitos com a mão e beija/massaja, com leves toques de língua, o outro peito, mais concretamente a zona/bico do mamilo.

Essa acção sempre recheada de elegância e ternura gera em ambas as parceiras, sentimentos "infernais" de prazer em sublime grau de excitação sexual.



Outra das meiguices muito usuais entre duas amigas é o uso de um brinquedo que satisfaça a sua libido e desejo sexual.

O sexo oral feito sem ser complementado por um brinquedo, embora saboroso, não tem o mesmo grau de erotismo e sensações de excitação corporal, que se tem quando, conjuntamente se usa a língua sobre o clitóris e com toques meigos e luxuriantes se "masturba" a vagina, metendo e tirando suavemente - ou mais rápido dependendo do gosto - o referido brinquedo.

Assim sendo, acontece o pleno na questão gozo, prazer, culminando com o orgasmo sempre apetecível e indispensável.

Deixem a vossa opinião sobre a matéria de facto.
.

Acordaste-me em delírio de sedução pelo teu desejo erótico

Acordaste-me
   Sabias como eu estava excitado
       Não era sonho erótico mas sim o
            Calor da tua presença que me excitou
                Teus lábios encontraram a minha fraqueza

Tocaste-me
    Suavemente, docemente
        Senti a tua língua viajando
            Pelos desejos de sedução que
               Irradiavas e me transmitias com carinho


Provocaste-me
    Oferecendo o teu corpo
        Aos desejos da minha libido
             Que guiando os meus instintos
                 Te acariciou entre as lisas nádegas

               
Penetrei-te
   Era forte o meu desejo
      Teu corpo me queria em delírio
          Pernas fechadas, sexo molhado de
              Excitação. Viajavas pelas orlas do prazer 
                   
  Explosão
    Aconteceu entre as montanhas
        Qual encostas do nosso vaguear de amor
            Da nossa entrega corporal, soltados fluidos
               Acordaste-me. Querias que fosse teu. Amei sê-lo
.
           



quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Sentei-me em teu colo...em ondulações de prazer e doçura

Sentei-me a teu pedido   
   Estavas nua, atraente, atrevida
      Dizias-me carinhosamente ao ouvido
         Deixa-me  desfrutar dessa "arma" aguerrida


Teu sexo, minha doce tentação
Desejo  do meu querer e felicidade
Deixa meu corpo ser ritmo e ondulação
Ter teu sexo como desfruto da minha vontade

Nas palavras que dizias
   Nos sussurros de excitação
     Mostraste-me como tanto querias
         Desfrutar da minha ternura e tesão
.

Carinhos na Banheira...suavidade, erotismo, luxuria... e o sexo aconteceu.

Dia de bastante calor. Desafiei o meu namorado, Robert, para a banheira, a fim de estarmos os dois num momento mais relaxado. Adoro dar e receber carinhos na banheira. Apetecia-me brincar com o sua fonte de prazer.

Assim, usando um gel, suave e perfumado, peguei no seu pénis, lindo, excitado, duro, altivo, começando com uma massagem relaxante, deixando o Robert em êxtase total. Olhei para os seus olhos. Estavam fechados, saboreando o momento de prazer. Ouvia os seus sons ofegantes.
Transbordando de excitação... tira-me da banheira, e....

num abraço cheio de ternura, conduz-me até junto do lavatório onde, me vira de costas e, muito suavemente desfrutou do meu sexo, penetrando suavemente, muito devagarinho, o seu pénis na minha gruta excitada e húmida de desejo. Todo o meu corpo "ardia" em excitadas fagulhas de tesão.

O carinho, a suavidade, a lentidão, nos deu um gozo elevado, Foi um momento de total relaxe e o orgasmo tão desejado, aconteceu, perante nossos gemidos e palavras de cumplicidade

Todos/as nós precisamos de momentos assim...Concordam comigo?
.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Piquenique, Luxuria, Erotismo, em poema de ... silêncio

Férias, piquenique, campo
Paisagem, silêncio, desejo
Eras tu, eu ... e entretanto
Bocas coladas num beijo

Corpos unidos em ondulação
Carro descapotável, loucura
Tua pele orvalhada de tesão
Inundava a minha de ternura

Tiraste a roupa, nua, teu olhar
Meu corpo em chama ardente
Sobre mim, tua libido a delirar
Só nós dois, máximo expoente

Aves canoras, nossos sentidos
Raios de sol, sombra, momento
Música suave, ternos gemidos
Piquenique, campo, sentimento

...

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

TRIPLA PENETRAÇÃO: --- FETICHE, PRAZER OU ABERRAÇÃO/TARA SEXUAL?

Sabemos como os adultos que já tenham iniciado a sua vida sexual, são cada vez mais "inventores" nas questões da sexualidade que lhe podem dar prazer. Na minha opinião, na faixa etária entre os 35/50 anos - discutível como é evidente - é quando aparecem as mentes mais ousadas, com mais e mais fortes fetiches que, uns conseguem realizar/satisfazer, outros nem tanto
tripla penetração
Muitos homens e mulheres, em que a sua atividade sexual, anda mais parada e/ou menos satisfatória, pensam em um dia mudar algo na sua vida sexual. Os fetiches são tanto para os homens como para as mulheres. A verdade, penso eu, é que, no geral, muito poucos/as se aventuram a praticar a TRIPLA PENETRAÇÃO. Existe quem não entenda nem aceite este género de sexo. Para esses, é aberração sexual e ponto final.

Deixo a quem nos visita e quiser comentar que diga da sua justiça. A palavra é vossa:

- Gozo e prazer pelo diferente?
- Fetiche sexual?
- Aberração/Tara sexual?
- Outro
*

UM ANO DE EXISTÊNCIA - BRINCANDO COM A SENSUALIDADE, SEXUALIDADE, E EROTISMO

O NOSSO/VOSSO  blogue http://deliriosamoresexo.blogspot.pt/ completa hoje um ano de existência. Começámos numa forma divertida como abaixo se exemplifica.

Hoje, apresentamos com muito orgulho, essencialmente,  por vós:

- Textos publicados: 429 - "" contando com o atual ""
- Comentários: Mais de 4500
- Visualizações: Mais de 910.000
.............................................................................................................................................
1ª Publicação a anunciar o blogue. Ficha de apresentação ( 23Nov2014)
...................................................................................................
2ª Publicação, mesma data - 23NOV2014 -, com gif erótico

..................................................................................................
3ª publicação, mesma data - 23NOV2014 -, gif erótico, dupla penetração,anal e vaginal.

........................................................................................
Foi com estas três publicações que iniciámos a nossa aventura de, por nós e por vós, 
sem almejar fins lucrativos, nos divertirmos e vos divertir a nível erótico, sensual e sexual.
dupla penetração na vagina
Nesta data em que comemoramos o nosso 1.º ANIVERSÁRIO, toda a administração do blogue, se sente feliz e orgulhosa. Não por nós, embora nos reconheçamos algum mérito, mas sim por TODOS/AS VÓS. Sem o vosso carinho e presença nada disto seria possível nem o blogue fazia sentido existir.

Vós sois o mel, o perfume, a doce sensação, o charme, que embeleza, perfuma e justifica o nosso trabalho, baseado no cuidado de escolha de imagens, composição de textos, determinação em vos agradar sempre e cada vez mais.

Comemoramos convosco apresentado uma imagem (gif erótico) diferente daquela com que iniciámos  - mesmo dia, 3.ª publicação - o nosso projecto, mas na sua essência, muito parecida.

A 1.ª dupla penetração era anal e vaginal como acima se refere, enquanto que, a de hoje, é apenas vaginal.


Comemoremos juntos. Quero ver qual a parte do bolo que escolhem...comer!!!
Sejamos TODOS felizes.

A TODAS/OS O NOSSO SENTIDO E ORGULHOSO OBRIGADO.
A Administração
.

domingo, 22 de novembro de 2015

Nossos mamilos ... nossos desejos de ternura.

Senti em mim teu suor de prazer
   A suavidade da tua pele em meu peito
        beijavas o meu mamilo duro, erecto, desejoso
            Enquanto minha língua se saciava em teu seio sedutor
                  Nossa saliva misturava-se com os sabores da nossa loucura
                       Gotículas sensuais se espalharam por entre nossas vontades e desejos
                            Queria-te, querias-me, em nossos beijos de amor deixámos a ternura do sonho
                
   Gifs de Lésbicas - Novinhas taradas se chupando

A nossa 1.ª vez... entre a "loucura", a Excitação, e o Delírio Sexual.

Sentia-te carente. Tinhas o namorado ausente, algures nos mares da Noruega. Éramos colegas de trabalho. Convidaste-me para ir a tua casa ver um filme. Quando desligaste a tv, tiraste o lençol que te cobria o corpo, e esperaste-me ... nua. 

Saí do WC onde acabara de tomar banho. Olhei-te e, meus olhos ficaram maravilhados com o teu corpo. Era a 1.ª vez que estávamos juntos na intimidade. Pensamos que conhecemos mas afinal, perante uma visão real, tudo é diferente. A tua beleza toldou os meus sentidos.
Quando me deitei, deste-me um beijo sedutor. Viste como o meu sexo latejava de tesão. Subiste para cima de mim, viraste-me as costas, como se quisesses desfrutar daquele momento como sendo só teu.
Senti como massajavas, com o teu sexo lindo, limpo de pêlos, macio, excitante, de tirar a respiração a qualquer homem, o meu pénis. Todo eu ardia de tesão e desejo. Tu queimavas de prazer, 

Não aguentando mais tanta excitação, introduziste o pénis na tua vagina molhada, que escorria doçura pelas tuas pernas maravilhosas. Senti-me entrar no "lago dos cisnes" tal era a sensação maravilhosa que me fazias sentir. Os nossos corpos entraram em Delírio. Não haviam palavras. Haviam sim, gemidos de gozo e prazer, que entravam nos nossos ouvidos, qual luz de estrelas de doçura e cumplicidade.
Entraste em "espasmos orgásmicos", contorcendo o corpo, excitado e arfante. Entrei em órbitra sensual, deixando que, a explosão acontecesse. Foi um momento único, apaixonante, que nos deliciou aos dois. Mais palavras para quê? Sendo a nossa 1.ª vez, será sempre a mais bela e recordada. Completa felicidade sexual,

O teu namorado regressou e tu partiste... mas jamais te esquecerei
.

sábado, 21 de novembro de 2015

Sexo Tripartido: Dupla penetração: Prazer, Fetiche ou aberração?

Quando se fala em dupla penetração, muitas pessoas, consideram tal prática como uma aberração sexual. Quem, como eu, estuda o fenómeno sexual, já chegou à conclusão que, tal pensamento é totalmente errado. 

Muitos homens e mulheres, não raras são as vezes que, traem o seu parceiro ou parceira, simplesmente porque o sexo em casa entrou na rotina.

Trabalho, filhos para cuidar, lavar e deitar, pouca ajuda do companheiro, o stress do dia a dia, tudo contribui para que o diálogo entre ambos se vá desvanecendo e aí até apareceu um ou uma colega de trabalho, mais atrevido/a, fluente conversação, um café sobre a mesa e, as coisas acontecem quase, digamos que, naturalmente.
Gostosa dando pra dois ao mesmo tempo"!
O sexo hoje em dia reverte-se de um "universo" quase inesgotável de várias teorias, preconceitos, atrevimento, rotinas, vontades de experimentar "outras coisas", tais como o sexo oral e sexo anal. São muitos os fetiches para uns, aberrações sexuais para outros, a verdade é que, pelo menos uma vez, quem tem a oportunidade de experimentar essas "outras coisas", fá-lo.
  
A dupla penetração, como mostra a imagem, é um fetiche que muitos homens ou mulheres jamais admitem fazer com os seus companheiros/as mas que, "por fora", são capazes de o fazer, desde que uma amiga/o seja de sua confiança e, relação de convívio.

Muitos casais não falam de que gostavam de mudar a sua rotina sexual, mas depois, em conversa com amigos ou amigas mais próximas, fazem-no sem qualquer problema. Parece que, marido com mulher, companheira com companheiro, são intocáveis, havendo inclusive quem diga: Fazer sexco oral ou anal com ele/ela, nem pensar. Isso seria uma ofensa, um pecado mortal e indesculpável. Que erro de pensamento tremendo e mais falso.
Gostosa dando pra dois ao mesmo tempo"!
Estas duas imagens são bem o protótipo do que acabo de vos dizer. Um casal que conversa livremente sobre sexo, tem um amigo comum que os diverte e, decidem brincar da forma que é mostrada. O marido por baixo, ou por cima, podendo comutar as posições, podem fazer com que a vida sexual deixe a rotina e entre noutros parâmetros mais interessantes e que seja do agrado de ambos.

No entanto, previno que, estas coisas devem ser muito bem conversadas entre o casal/intervenientes, só devendo ser feito caso todos concordem e com pessoas da máxima confiança e amizade.

A partir daí... divirtam-se e gozem o sexo na sua plenitude.
.

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Sexo mais "brutal" ou mais Carinhoso? Eis a questão, quiçá, difícil escolha..

Sou por natureza, quiçá por defeito de fabrico, totalmente a favor do sexo feito com carinho, meiguice, sensualidade, ternura. Não aprecio qualquer violência, brutalidade, masoquismo, ou outra cena análoga, numa relação sexual. Aprecio uma palmadinha leve e sensual na bunda da parceira. Não aprecio palmadas na sua boceta conforme se verifica na imagem que se segue. Dir-me-ão que tudo depende do momento, da parceira, do entusiasmo, de... de... de... Aceito a vossa opinião
gifs-metendo-5

Na imagem seguinte, poderei dizer que sim. Aprecio a "masculinidade" do ato. Parceira com as pernas bem abertas, colocar um braço em redor da perna feminina, segurá-la no sentido que ela se sinta segura e "agarrada" pela força masculina. Introdução bem ritmada, cheia de acção e vigor, a fim de que a parceira faça da excitação o seu ex-libris em luxuria e erotismo
gifs-metendo-6
Adoro fazer amor, ou sexo na pior das situações, quando a parceira fica na posição chamada de quatro - numa exclamação mais brejeira e usada em pessoas mais simples, diz-se: à canzana - sentindo o prazer na mulher, os seus gemidos de conforto, quiçá inclusive palavras sem nexo, brejeiras, ousadas,  mas muito apreciadas pelos intervenientes quando se entregam ao ato sexual.
gifs-metendo-4
Estas imagens transportam-nos para alicerces sensuais e sexuais altamente eróticos. Mexem com a libido, a mente, e porque não dizê-lo, com a sensualidade do nosso pensamento, deixando-o vibrante, palpitante, arfante de... puro desejo.

Digam da vossa justiça: Sexo mais "brutal" ou mais Carinhoso?
.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

A minha 1ª vez...entre doçuras e carinhos sexuais com outra mulher

Fui desafiada pela minha amiga Rafaela, que me convidou para lanchar no seu apartamento. Convite irrecusável.  Chegada a sua casa, sentámos-nos no sofá a conversar. Sabia que ela era lésbica, mas nunca me tinha sentido assediada, até aquele dia. Estava calor. Com olhar malicioso dizia-me que eu ia muito bonita e atraente. Foi directa comigo.

Com carinho, sussurrou-me ao ouvido que a deixasse perder-se no meu corpo que tanto a seduzia. Senti-me tremer. Acedi ao seu sedutor pedido. Peça a peça, foi-me despindo, fazendo com que, eu, fosse ficando completamente possuída por tremores vulcânicos.

Quando aqueles dedinhos trabalhadores tocaram a minha gruta, senti-me chegar ao paraíso. Vagueava por entre flores e ramos de jasmim. Soltei um gemido profundo, quando a Rafaela me tocou no mamilo com a sua língua suave e boca arfante de desejo. Toda eu ardia em excitação.
Consequentemente, a Rafaela, começa a percorrer o meu corpo, entre abraços e, usando toda a suavidade da língua, até chegar à minha húmida vagina, que, nunca se tinha sentido tão acarinhada desta forma, por parte de uma/outra mulher. Mas que tanto desejava sentir o fresco hálito da sua boca, e os carinhos da sua língua, a fim de refrescar todo o calor que dela emanava.

Confesso que há sempre uma primeira vez para tudo, e sou a favor de que, devemos experimentar as coisas que nos dão prazer. Este momento, em que me deixei levar pela minha amiga Rafaela, foi um dos melhores momentos que já passei a nível sexual.
Desta forma deliciosa atingi, talvez, o maior e mais saboroso orgasmo, da minha vida. Total e perfeita felicidade

De seguida fomos lanchar, felizes e divertidas... Prometemos uma à outra repetir o lanche...
.

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

POR NÓS E POR VÓS...SEREMOS IMPARÁVEIS...

( Cliquem na imagem para aumentar )
..........



Eu e o André: Da minha Timidez à exultação Corporal e Erótica.

Quando iniciei o namoro com o André. em conversa informal e perante um pedido seu, confessei-lhe a minha inexperiência em sexo. Havia feito amor duas ou três vezes, com o meu antigo namorado que, sendo muito tímido, pouco ou nada me havia ensinado.
Quando decidimos entrar na nossa intimidade, sentia-me tímida e algo envergonhada. A minha reacção era nula. Foi deliciosa a forma como o André me acariciava, muito delicadamente, com a sua mão em círculos meiguinhos, massajando o meu sexo que delirava de tesão perante a sua ousadia e carinho.

Puxou-me para cima de si. Peguei no seu sexo erecto, lindo, duro, musculado e palpitante. Lentamente, introduzi-o na minha vagina, delirando e fazendo delirar o André, que segurava o meu corpo, com as sua mãos macias, amorosas, suaves, de forma a me sentir segura e mais "liberta". A luxuria estava no auge.
Já totalmente desinibida, o André convidou-me a ficarmos de pé, o que aceitei de bom grado. Eu fazia tudo o que ele me pedisse, tal era a excitação que sentia e notava que ele também sentia.

Como terminou? Deixo a conclusão vaguear, pela vossa fértil imaginação. 
.

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Fui a tua "coelhinha" ... qual "almoço" de Fantasia em Delírio Sexual

Sempre foste um homem de fantasias eróticas. Pedis-te que me vestisse de "coelhinha". Deitaste-me na tua cama. Senti uma palmadinha gostosa, excitante, cair sobre a minha bunda, qual pronúncio de um "almoço" a dois muito apetitoso e suculento. Disseste-me que a palmadinha era uma parte do "tempero" que te excitava só de imaginar degustar.
Colocaste-me sobre ti. Querias beijar o meu sexo e desejavas que eu chupasse o teu. Querias o aperitivo mais doce e luxuriante que pudesse existir na tua fantasia que, acabou, por ser também a minha. Senti arrepios quando me sugavas o clitóris e passavas a língua pelos lábios da vagina. Deliciei-me a sugar o teu pénis maravilhoso que me oferecias. Não podiam existir melhores "aperitivos" que aqueles que eram nosso desfruto.
Temperos degustados, deitaste-me sobre a cama, desviaste-me o "rabinho" de peluche e iniciaste o melhor almoço de coelhinha que alguma vez havias tido.

E não é que eu adorei ser a coelhinha " comida" do teu "almoço" de fantasia.?

Teus lábios...Meu Embalo de Loucura ... em Doce Oral


......................
Fechas os olhos, gozas o momento
Sugas o meu sexo, com doçura
Teus lábios, mélico "tormento"
Massagem de carinho e luxuria

Todo o teu corpo é minha emoção
Tua boca meu oásis de "loucura"
Me sacias em doce masturbação
Teus lábios, meu embalo de ternura

Meu corpo teu desejado prazer
Luxuria dos teus doces miminhos
Onde tu enlouqueces por fazer
Com que eu delire com teus carinhos
...

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

" Cavalgada" Sexual ... em Arte... e Poesia

...
Senti como querias
Deixar-me louco de prazer
Sabias como o fazer
Não hesitaste
Em mim cavalgaste
Perdeste o rumo, o sentido
Num orgasmo garantido
Que tu sabias
Que ia acontecer
Num manancial de ternura
Fizeste-me enlouquecer
Qual cavalgar sem esmorecer
Deixando em mim a tua loucura
Que eu amei receber

....

domingo, 15 de novembro de 2015

UMA CAMINHADA ACABA EM SEXO DELICIOSO.

Eu e o  Raul fomos fazer uma caminhada pela natureza, a dada altura, e já cansados deitámos-nos na relva de um jardim completamente sozinhos. O Raul é muito desinibido não tem complexos nem problemas em expor-se. Então, em tom desafiador, resolve tirar os calções, pois estava com calor, dizia que precisava de apanhar ar, lol.  Eu como gosto da brincadeira, e precisando de continuar a "ginástica" resolvi sentar-me em cima dele, mas nisto sinto o "hidráulico" subir, causando-me uma sensação calorosa entre pernas, seria a tesão que me estava a apoquentar a greta. Continuávamos sozinhos por ali, até que resolvemos ir para casa dele, e tomar duche...
E do duche, sai de "nariz" bem empinado como quem cheira algo estranho, deitou-se na sua cama bem descontraído, o seu nariz continuava no ar esperando o melhor momento...Na sua cara estava estampado o seu ar de safadeza. Onde eu entendi o que ele queria,  humm ali havia coisa...Pois bem, ele queria e eu também, dei-lhe a minha boca tão carente, desejosa por um bom chupa... Deixei-o estonteado e   louco...
Até que, carinhosamente, me puxa para cima de si, penetrando-me na vagina, até bem fundo. No silêncio do quarto, apenas se ouviam os ecos dos nossos gemidos de pura cumplicidade...eu delirava de tesão e gozo, ondulando o meu corpo, sentindo as fortes vibrações dos nossos sentidos. O orgasmo foi brutal, pois a tesão já durava há horas. As brincadeiras não deixaram margens para dúvidas.
O Raul é bem dotado, fogoso, desinibido, e tem um ar de safado, que deixa muita mulher a suspirar por ele.

Na verdade é que saímos para caminhar, não esperávamos um desfecho destes, delicioso demais.
.