quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Sexo a três...Tara, Fetiche, ou impulso sexual, em melhoria de cumplicidade?

A minha amiga e confidente Rosita Ferraz é casada, há cerca de dez anos,  com o Julião, engenheiro civil, numa multinacional de construção. Ambos com 35 anos de idade, sentem ter atingido toda a plenitude sexual. Abertos e francos um para com o outro, onde o sexo não é excepção, chegaram à conclusão que precisavam de algo mais ousado que os trouxesse novamente para um plano de exigência sexual que sempre tiveram um para com o outro. Foi nesse contexto que, o Julião, depois de dizer à Rosita, convidou o seu colega de profissão, Matos Rios, a fim de passarem uns momentos diferentes, agradáveis, loucos e ousados, a nível sexual. O Matos Rios aceitou de imediato

Nothing better than erotic fourplay when you come home from the club

Contou-me a minha amiga Rosita que, quando se juntaram sentiu-se algo acanhada pois estar com o marido e outro homem ao mesmo tempo. Era algo em que nunca havia pensado. Quando o marido lhe começou a beijar os mamilos, sentiu que o Matos lhe desviava a calcinha e com a língua lhe acariciava o clitóris e os lábios vaginais. Sentiu-se viajar pelo firmamento e por entre as cores do arco íris. A luxuria, o prazer e erotismo, apoderaram-se do seu corpo.

Gif de sexo Dupla penetração
Quando já todos sentiam a libido em chama ardente, notou que o marido a puxava para cima de si, procurando a sua vagina com o seu pénis bem duro e erecto. Todo o seu corpo se arrepiou quando se apercebeu que o amigo Matos, louco de excitação, a começou a penetrar no ânus. Foi o delírio total.

Após gozarem os três atingindo o orgasmo simultâneo, deixaram-se cair para o lado, satisfeitos, felizes, cúmplices, amigos. Após de despedirem combinaram que outras sessões haveriam de ter pois aquela tinha sido inesquecível. A partir daí a vida sexual de Rosita e Julião nunca mais caiu no tédio.

- Você que é casado/a, que por esta ou aquela razão, sente que a sua vida sexual devia ter um impulso e não sabe qual, já pensou numa cena assim?
. Será que conversa com a sua companheira/o sobre estes factos?
- Será que nunca pensou em ser interveniente no sexo a três?

Gostava de saber a sua opinião.
.......

17 comentários:

  1. Não acho que seja uma tara, mas sim fetiche, no qual tantas mulheres e homens sonham.
    Embora fosse bom para cobrar a rotina, mas nem todos os homens iriam querer dividir a sua esposa com outro Homem.É mais fácil para ele, trair!!

    Adorei a tua postagem. Parabéns.

    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha esposa diz que antes de nos relacionarmos, ela achava que era mentira um homem sentir prazer em ver a mulher amada dele sentindo prazer com outro.

      Eliminar
  2. Eu ja o fiz de forma semelhante á da historia acima, é simplesmente maravilhoso :)

    ResponderEliminar
  3. Não há coisa meia linda que, um casal com uma relação assim. Saudável e aberta. Onde podem desfrutar de outras loucuras para quebrar as rotinas!
    Amei este texto
    Parabéns Silvia Pinto.
    Beijuss

    ResponderEliminar
  4. Mais um estrondoso tema que este blogue nos oferece!!
    Não tenho essa sorte. A minha companheira não me quer dividir com ninguém! :-) Mas que as imagens são muito apelativas e convidativas, são!!

    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Simplesmente MARAVILHOSO todo o conteúdo da postagem!
    Parabéns, Silvinha.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Publicação muito sedutora. Penso que a maioria das mulheres/homens não o com o parceiro/a mas se calhar que o imaginam poderá ser uma verdade. Quem de nós não guarda segredos imaginários dentro de nós?
    Gostei muito do que li e vi
    Beijo Silvia

    ResponderEliminar
  7. Desculpa Silvia por não conseguir ler o texto. É que fiquei fixada na 1.ª imagem que arrasou comigo.
    Beijo

    ResponderEliminar
  8. Olá, boa tarde!
    Vocês, equipa em geral, estão cada dia melhores. Mais uma pérola erótica, cheia de sensualidade. Que me deixou louco. Um casal como este merece o meu aplauso!

    Abraço para a Silvia e muitos parabéns!

    ResponderEliminar
  9. Se o casal aceita para mim acho muito bem os meus parabens

    ResponderEliminar
  10. Não sei se com a minha namorada ou mulher alinhava num "jogo" sexual assim. É que até para se ser corno é preciso classe e eu, nesse capítulo, não tenho classe nenhuma, lool

    Bjo Sílvia

    ResponderEliminar
  11. Não digo que seja a suprema fantasia pois existe uma mais suprema ainda, o grupal.
    Mas que é das melhores, é!!
    Beijos,
    Professor Mariano
    http://ashistoriaseroticas.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  12. A minha companheira jamais entraria numa relação assim. Eu adorava participar, sonho vezes sem conta, estar a disfrutar e a potenciar o prazer.

    ResponderEliminar
  13. Acho que alinhava numa brincadeira assim até porque sou solteiro. Se casado já não sei não. Pelo menos com ela não alinhava... e se ela alinhasse só alinhava uma vez, lool

    Mas gostei do tema

    ResponderEliminar
  14. O meu agradecimento puro e sincero a todos os que nos visitaram, leram, e comentaram o tema que coloquei em análise. Não é um tema fácil mas acreditem que muitos casais quando a relação sexual cai na monotonia procuram algo que os liberte e dê prazer. Sou de opinião que é preferível conversarem um com o outro e desfrutarem desse algo um com o outro...As chamadas facadinhas no casamento sem que o outro saiba normalmente acabam muito mal, embora se estiverem no conjunto também possa acabar. Talvez um dia o ciume apareça e aí é um problema

    OBRIGADO DE CORAÇÃO PELA VOSSA SIMPÁTICA PRESENÇA

    ResponderEliminar
  15. Muito bom artigo e confesso que cada vez há mais casais que para quebrarem a rotina querem introduzir um terceiro elemento. É uma questão de opção e mente aberta. O marido não sente qualquer problema que um segundo homem se envolva também com a sua mulher. Não é infidelidade, são fetiches para quebrar a rotina, não há traição de sentimento mas opções sexuais.

    ResponderEliminar