terça-feira, 15 de março de 2016

Não me peças o outro lado da vida ( Poema Erótico )

Não me peças o outro lado da vida
Guarda o teu silêncio no delírio do prazer
Imagina-me bebendo os sucos da tua fonte benzida
Sente a minha língua vaguear pelos estreitos do teu ser


Desfruta dos meus lábios na procura
Sugando o elixir do vale do sonho almejado
Deixa-me ouvir teus gemidos como mote da ternura
Oferece-me a essência do teu sexo por mim tão desejado
.

3 comentários:

  1. gemidos...que mais desejar na busca do prazer da mulher!
    Boa Nuno

    ResponderEliminar
  2. Da imagem não digo nada.... nem precisa.
    Quero só comentar o altíssimo nível do poema...e a forma crescente dos versos, como um amor que vai aumentando com o passar do tempo.
    Nota mil!!!!

    ResponderEliminar
  3. Uiiii como uma poesia acompanhada de imagem tão deliciosa pode causar tamanha tesão! Muito boas poesias eróticas que já li aqui e continuem...

    ResponderEliminar