quinta-feira, 24 de março de 2016

"" Sacio a minha sede em tua fonte de amor "" ( Poema Erótico)

Quero saciar minha sede, vertigem louca
Minha língua em teu sexo, doces fluidos
Tua gruta em delírio, esgares da tua boca
Dilúvio em minha mente, teus gemidos


Sacio a minha vontade em tua fonte de amor
Nos teus delírios encontro  minha satisfação
Minha língua vagueia em teu sexo, qual flor
Deixando-nos extasiados, delirantes de tesão
...............

6 comentários:

  1. Nuno Filipe....um poema muito lindo!!!!
    Versos lindos e de ´timo ritmo.... quanto a imagem.... é avassaladora... uma bela e linda lambida!!!

    ResponderEliminar
  2. Nem sei se leia se fique contemplando a imagem!
    Deixei-me embebedar de excitação, pelas tuas palavras.

    É um perfeito bom bom.

    ResponderEliminar
  3. Este Nuno Filipe deixa-nos sem respiração. Nossa!
    Estes versos são de uma beleza ímpar. Parabéns
    A imagem, hummmmm adoro dar e receber!

    Um beijo com sabor a amêndoas.

    Prazeres e Carinhos Sexuais

    ResponderEliminar
  4. Cruzes que imagem vulcânica!!!!! Até me arrepiei e parece que estou a sentir os arrepios dessa rapariga!!! Mais outro poema bem caliente e merece os parabéns Nuno Filipe, muito bom mesmo!

    ResponderEliminar