terça-feira, 29 de março de 2016

Sexo Anal... Algumas Dicas para ser um acto de Prazer e não de Dor.

O sexo anal ainda é um tabu para muitas mulheres e, inclusive, para muitos casais. Parece não restar qualquer dúvida que, actualmente, é mais uma vertente sexual, em que, o prazer pode ser ( e deve) de ambos os intervenientes na acção

Hoje, permito-me falar um pouco ao nível de alguns conselhos que considero úteis a fim de que a relação anal seja um acto prazeroso e não de dor, mau estar, inclusive desagrado que pode levar à rotura entre a harmonia de um casal.

1.º: » CONVERSAR MUITO SOBRE

Um homem ( ou uma mulher) deve conversar muito com a sua parceira/o sobre o assunto. Carinhosamente, nunca forçando a barra. Nunca pode ser uma imposição, falo do homem para com a parceira, mas sim, um acto conversado, “discutido”, que leve a que aquando do momento h ambos saibam ( e desejem) o que vão fazer.

 2.º » HIGIENE

Existe quem faça uma limpeza interior através de, por exemplo, um clister. Um bom sabonete ou sabão azul e branco, para lavar bem a parte exterior. Caso isso não seja possível deve-se antes ingerir comidas leves. Pode ser uma “aberração” o que estou a dizer, mas acreditem que o não é.

3º»  USO DE PRESERVATIVO É OBRIGATÓRIO

As coisas não acontecem só aos outros. Esse deve ser o ponto fulcral quando se faz sexo anal. O uso de preservativo é fundamental. Não deve nem pode ser ignorado
Abusar da sorte é lamentar ... que se não tem sorte nenhuma.

4º- A mulher deve escolher a posição que mais conforto lhe pode dar. De quatro, de lado, serão para quem se inicia, as posições mais aconselhadas.

5.º »  RELAXAMENTO MUSCULAR DA MULHER

O homem deve fazer da meiguice e do carinho seu ponto de respeito para com a parceira. Com os dedos ou até com a língua deve massajar levemente a região da entrada do ânus, metendo um dedinho, depois dois, sempre respeitando os movimentos da parceira, falando-lhe com calma, descontraindo-a de forma a, calmamente, essa, ir aceitando as caricias até estar pronta a sentir a entrada do pénis.

6.º»  CREME LUBRIFICANTE

Uso de muito creme é fundamental. O ânus não possui lubrificação natural. Daí ter que se usar um creme que seja gorduroso a fim de facilitar a entrada e presença do pénis. Se a mulher sentir dor, o acto torna-se desconfortável, sendo que a partir daí tem tudo para não dar certo. 

Os músculos do ânus, por norma, quando se lhes toca, contraem-se naturalmente. Apertam, dificultando a entrada. Por isso um bom creme, a vontade de fazer, o carinho empregue no acto, terão se ser conjunturais. Usem e abusem do creme e decerto que o acto será para recordar a nível do gozo e do prazer que origina.

7.º » ACARICIAR O CLITÓRIS

Durante a acção anal o homem (ou a mulher) podem e devem acariciar o clitóris a fim de o estimular e assim fortificar o prazer que o sexo anal pode dar


8.º»  CUIDADOS A NÃO ESQUECER


Nunca tirar o pénis do ânus e meter na vagina. NUNCA. Para o fazer deve tirar o preservativo e, inclusive, meter outro novo. O ânus tem muitas matérias nocivas que podem causar doenças infecciosas graves. Não brinque com a vida pois essa só existe uma vez.

Espero ter ajudado aquelas e aqueles que querem experimentar uma das mais deliciosas vertentes sexuais.
.

34 comentários:

  1. Muito bem Nuno...já não podemos dizer que não sabíamos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva amigo madagascar2013

      Tenta-se que algo fique no nosso pensamento sobre...e quem pensa nas coisas mais facilidade terá em agir em conformidade. É que por vezes pensamos saber tudo e no final cometemos asneiras primárias. As as doenças venéreas, regra geral, não têm volta.

      Obrigado pela presença e comentário

      Grande abraço

      Eliminar
  2. Para el amor todo el cuerpo es placer.

    Un beso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria Perlada

      Concordo na íntegra. Sem dúvida que quando existe amor tudo é possível a nível sexual

      Grato pela visita e comentário tão doce
      .
      Cumprimentos

      Eliminar
  3. Eu tomo esses cuidados mas confesso que não preciso de grandes massagens para me relaxar, gosto de sexo anal e sou eu quem dá "a ordem" para que comece... Mas já me ri aqui sozinha, quando li o 8.º conselho: nos meus 19 anos fui com uma amiga de 22 ao ginecologista, cujo humor era um terror, às tantas o homem diz-lhe num tom acusador: " amenina andou a fazer sexo anal e logo depois vaginal sem qualquer higiene e os médicos que resolvam! "...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga Pink Poison

      Existem homens com muita sorte em terem a felicidade de lhes surgir na vida uma namorada/esposa assim como a minha amiga.

      Confesso que deixei saltar uma gargalhar ao ler essa da visita com uma amiga ao ginecologista...imagino o "gozo" que deu à Pink tal situação embaraçosa para a sua amiga.

      É sempre um gosto enorme "ver" aqui a Pink.

      Cumprimentos

      Eliminar
  4. Muito bem, Nuno!
    Não tenho dificuldades para o sexo anal uma vez que o pratico há muito tempo mas os cuidados, estes sim, são absolutamente necessários e vc faz muito bem em alertar. Seus assuntos sempre trazem importantes questões a serem debatidas.
    Tive saudades desse cantinho e estou feliz em estar de volta.
    Deixo beijos para vc e todos aqui

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga {Λїtą}_ŞT

      Confesso que já sentia saudades de tão ilustre amiga. Espero que a ausência não tenha sido por motivos de saúde.

      Se pratica faz muito bem. Feliz daquele que tem o privilégio de consigo desfrutar de tão mélica e sedutora vertente sexual
      .
      Beijo

      Eliminar
  5. Caro amigo Nuno

    No sexo anal todos os cuidados e carinhos devem ser ponto de honra para um homem. A mulher tem que se sentir confortável pois só assim o ato é prazeroso. Fantástico tema amigo Nuno

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva amigo Max Men

      Tens toda a razão. Nem mais...

      Aquele abraço amigo

      Eliminar
  6. Maravilhoso e didáctico post. Como diz o ditado; cautelas e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém.

    Podemos usufruir dos prazeres do sexo anal e bem, mas sempre com a máxima protecção!! Bem sabemos que muitos (as) Não a têm.

    Bjos-Gostei muito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida amiga Larissa Santos

      Sempre uma delicia ler os teus comentários, cujas palavras são um hino à elegância própria de uma enorme amiga.

      Deixas e bem um alerta para o uso do preservativo. Concordo na íntegra com a tua opinião
      .
      Beijo doce.,

      Eliminar
  7. Nunca fiz sexo anal, o meu marido nunca me convidou para isso, e eu mesmo que gostasse de experimentar nem lhe falo nisso, chama-me logo maluca e outros nomes mais feios.

    Adorei o tema e os conselhos Nuno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga Maria da Conceição

      Vou dizer algo com o maior respeito: O melhor é mudar de marido, lool

      Espero que aceite a brincadeira sem levar a mal
      .
      Felicidades e...quando for para a caminha e sentir que o maridão está a sair do banho e entrar no quarto, coloque uma luz de silêncio e... fique de quatro... qual o homem vai resistir?
      .
      Cumprimentos

      Eliminar
  8. Os especialistas sobre sexologia recomendam a posição da colher para quem quer começar a praticar o sexo anal. O homem se deita atrás da mulher, e os dois ficam próximos como se estivessem de conchinha e dobram os joelhos em direção ao peito. Assim, fica mais fácil para relaxar e ajudar na penetração. Para intensificar o prazer feminino, o parceiro pode (e deve!) estimular os seios e o clítoris da mulher.

    Foi assim que comecei a fazer com o meu namorado e hoje nunca dispensamos esse prazer que nos leva à lua, ele adora e eu também, por vezes até mais que fazer sexo vaginal, bom tema trazido pelo Nuno Filipe que deve gerar as mais diversas opinião sobre a questão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lenita Silver

      Li com toda a atenção tão ilustre e brilhante comentário

      Oxalá todos/as os nossos visitantes e, acredite, são milhares graças a Deus, leiam este seu comentário
      .
      Desejo-lhe as maiores felicidades pessoais e... sensuais.

      Eliminar
  9. Li na Cosmopolitan magazine como se faz!
    Primeiro tem que ficar o dia todo com o plug anal enfiado pra enlarguecer,
    Segundo: depilação,
    Terceiro: lavagem intestinal,
    Quarto: usar KY,
    Quinto: a mulher tem que sentar pra controlar a introdução e ainda acariciar o clitóris(se é desprovida de próstrata, que raio de prazer vai sentir?)
    Pensando bem... na calada da madrugada, se a ereção ocorre de repente é só levantar o edredom e entrar na vagina!
    Sexo anal...ô preguiça!!!...

    p.s.: se quiser apagar meu sincero comentário, esteja à vontade; afinal de contas...a casa é sua!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida amiga Chocolicia

      Se lermos varias revistas/magazines, que versam sobre a matéria sexual, e suas vertentes, se calhar todas elas escrevem de maneira diferente, sendo que nenhuma delas, pode ser entendida como a detentora da verdade absoluta.

      A chocolicia está a imaginar uma mulher/homem estar um dia inteiro com um plug anal enfiado? E depois se não apetecesse fazer o sexo anal?

      Na minha humilde opinião, o prazer no sexo anal, está na mente de cada pessoa. Na vontade de fazer, do querer fazer, NUNCA na obrigação de fazer.

      Depilação: Bem, pode ser. Mas por norma quem precisa de depilação no ânus é o homem. A mulher nem por isso, embora não existe regra sem excepção

      A mulher se ficar de quatro ou de ladinho, pode controlar a penetração, ao mesmo tempo que acaricia o clitóris. Será, penso eu, tudo uma questão de jeito e tesão, não anal, mas sim vaginal, a qual se traduz na mente através do prazer que pode ter - ou sabe estar a dar - ao seu parceiro. Não será assim?

      Apagar o seu comentário? Oi querida amiga. Mas como apagar? Então uma amiga de coração deste NOSSO cantinho como é a chocolicia - diga o que disser, desde que seja a sua opinião sobre determinado tema, e sei que é sempre assim - ia apagar o comentário??? NUNCA.

      Aliás o que se procura aqui é a sinceridade de cada comentador/a pois só assim na discussão de cada opinião se chega a conclusões mais puras e mais capazes.

      Nunca tive nem quero ter a veleidade de ser o dono da verdade absoluta. Aliás só sei que nada sei - como disse um dia o grande pensador, Sócrates - loool

      Sempre a considerar - em alta elevação - a amiga chocolicia

      Eliminar
  10. Ah, sim! Usar o preservativo! Vai que sai a desagradável "surpresa" marrom??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Confesso que achei graça à "surpresa" marrom

      Acredito que tal aconteça, não sempre, mas algumas vezes... essa uma das causas que "obriga"! ao uso de preservativo, para além de evitar doenças venéreas, como é lógico. É que entrar uma coisa branca e sair castanha, não deve ser nada agradável, loool

      É linda a chocolicia

      Eliminar
  11. Menina Chocolicia, leu e informou-se muito bem. Gostei de ler o que escreveu; Mas, para um casal, que vivam apenas um para o outro, não é preciso tanta coisa. Já faço sexo anal há algum tempo e nunca precisei de fazem a lavagem ao intestino, acredito que o façam sim, as artistas de porno, essas sim parece tudo artificial.

    Claro que tenho todos os cuidados. Faço sim, a depilação. Lavagem não, tenho outros cuidados. Preservativo SEMPRE. E os sexo anal é delicioso. Claro que um bom creme gorduroso facilita bastante....

    Este artigo está muito bem escrito. Pois conheço algumas amigas que dizem que gostavam de começar, só lhes falta a coragem. O carinho do Companheiro também ajuda bastante no momento, nada de brutalidade.
    Gosto de fazer amor, com tudo o que temos direito, pois entre mim e o meu companheiro não existem tabus, apenas ando a convence-lo a depilar-se. Porque de resto alinhamos em tudo ... O Sexo anal, é antes do Vaginal, mas, devidamente protegidos. Adoro... Adoramos...

    Quem ainda não o fez, não sabem o que perde...é maravilhoso. Ah, a posição conta muito. Adoro de 4, enquanto meus dedos se perdem pelo meu clitóris, mas isto sou eu...

    Adorei o artigo... assim como gostei do testemunho da Chocolicia .

    Beijoos
    Anjinha Sexy

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga Maria dos Anjos/ Anginha Sexy

      Depois de ler tão brilhante comentário, remeto-me ao meu silêncio, embora deixe expresso o seguinte: Existem homens com uma sorte fenomenal ou então com uma enorme sapiência no diálogo com a parceira, a que se refere o item n.º 1. Se calhar mais esta última vertente. Muito bem.
      .
      Cumprimentos amigos

      Eliminar
  12. Muito bom este texto "Informativo"...Eu costumo dizer que para mim "cuzinho limpo" Brinco. Eu pratico sexo anal, caseiro... Gostoso bem lubrificado...à maneira de sentir logo prazer. De lado... de quatro... sentada em cima dele.... mas uma coisa que nunca esquecemos é o preservativo. se não houver não se faz. Mais nada!

    Obrigada amigo Nuno, nunca é de mais lembrar os cuidados que se devem de ter. Com a saúde não se brinca.

    Bjocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga Filipa Silva

      O diálogo franco e aberto entre os intervenientes é fundamental para uma boa e feliz relação anal, bem como em outra vertente sexual. Sei que existe quem não use preservativo, com mais ênfase quando acontece entre marido e mulher ou namorados. Acredito que seja um erro crasso. Não só pela higiene como também a fim de evitar problemas de saúde. Como se ousa dizer: " O diabo está sempre atrás da porta"

      Beijinho

      Eliminar
  13. Boa tarde
    Chego agora do trabalho e como tenho este blogue nos meus favoritos, e estou com um tempinho, entrei para ver novidades. Este blogue é sempre uma surpresa.
    Nunca fiz, embora eu tivesse tido um namorado que o quisesse fazer à força, ainda tentou mas magoou-me muito... depois como era bruto comigo não tinha paciência só queria os interesses dele, foi um para cada lado e foi o melhor. Mas acreditem que, sexo anal com violência,é horrível, a seco e sem prevenção!!
    Desculpe este desabafo e parabéns pelo artigo,

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga Ana

      De facto teve azar em ter um namorado tão insensível. Sei que existem pessoas assim, infelizmente. Fazem da brutalidade o seu prazer, esquecendo-se muitas vezes que do outro lado está um ser humano como ele que aprecia o carinho, a suavidade, o RESPEITO pela sua pessoa e sua vontade.

      Mas não diga NUNCA, lool. Quem sabe se num futuro próximo não lhe aparece alguém totalmente diferente, que a saiba seduzir, amar, compreender e... dentro da sua meiguice... não aconteça algo mais...a nível do sexo anal...

      Fique feliz

      Eliminar
  14. Que dizer deste que, parece uma indicação de um laboratório Médico?
    Brilhante!
    Apenas digo, com todo o cuidado, é maravilhoso.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo João Pedro

      Aqui falam-se de coisas sérias, brincando com as palavras

      Abraço

      Eliminar
  15. Excelente matéria, o assunto é sério caro Nuno Filipe.
    Mas nossos cavalheiros assistem aqueles famosos filminhos eróticos os quais podem tudo, e tudo é facílimo e logo após querem ir a forra em suas parceiras, companheira e algumas tolinhas os permitem, eis a grande mancada. Há os que dispense este acto por opção, não quer e ponto; sem diálogos e sem perda de tempo, afinal sexo não precisa ser convencido à pratica você quer ou não quer.
    Parabéns Moço
    Aquele beijão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia DARK

      Não podia estar mais de acordo. Sem dúvida que os filmes injectam em muitas mentes o facilitismo como se nos filmes não fosse tudo previamente preparado, inclusive através de injecções de relaxamento anal e outros músculos. A brutalidade nunca foi, não é, e nunca será, boa conselheira em assuntos de sexo

      Volte mais vezes

      Retribuo o beijão

      Eliminar
  16. Quando eu estava apaixonada, deixei meu amante tentar! Ele...ele...usou a saliva, meteu e eu gritei AI! Ele ficou assutsado, eu chorei, depois ele me abraçou e beijou! Nunca mais quis saber disso! Lendo o depoimento da Ana, tive coragem de me abrir!!

    ResponderEliminar
  17. Você nos inspira confiança, Nuno...será esse o blog das confissões?

    ResponderEliminar
  18. Olá adorei o blog. O post é sensacional. Perdi minha virgindade aos 17 anos, e fiz anal pela primeira vez aos 20 com meu entao namorado hj meu marido. Hoje tenho 30 anos e confesso que depois da primeira vez, pouquíssimas são as vezes que não fazemos anal. Pra mim é tão normal e prazeroso quanto vaginal. Claro que sempre estou muito excitada e molhada a ponto de nunca termos precisado usar lubrificantes.
    Enfim, adorei o blog e o tema do post.
    Bjs

    ResponderEliminar
  19. Olá adorei o blog. O post é sensacional. Perdi minha virgindade aos 17 anos, e fiz anal pela primeira vez aos 20 com meu entao namorado hj meu marido. Hoje tenho 30 anos e confesso que depois da primeira vez, pouquíssimas são as vezes que não fazemos anal. Pra mim é tão normal e prazeroso quanto vaginal. Claro que sempre estou muito excitada e molhada a ponto de nunca termos precisado usar lubrificantes.
    Enfim, adorei o blog e o tema do post.
    Bjs

    ResponderEliminar