terça-feira, 26 de abril de 2016

Namoro entre adolescentes. As caricias sensuais em descoberta corporal.

Todos nós, hoje adultos, já fomos adolescentes. Rapazes e raparigas, o 1.º namorico, os momentos mais sozinhos, a descoberta corporal. Se calhar todos nós, ou uma grande parte, passou por momentos como os das imagens.


Casal muito jovem, os beijinhos de doçura, a mão marota que procura algo que, na maioria dos rapazes era novidade. A rapariga entrando em êxtase de tesão, entregando-se ao momento, aos carinhos e carícias corporais, feitas pelo namoradinho.



O mesmo casalinho, já mais afoito, num momento mais liberto, em que o rapaz mete a mão até ao sexo da namoradinha, que toca e acaricia com os dedos, fazendo com que, ela, se contorça de gozo e prazer. Lábios colados em beijinhos quentes e escaldantes. Eram os momentos da descoberta, onde existia pureza de sentimentos e comportamentos.

Quem de nós, homem e/ou mulher, não passou por momentos análogos aos aqui apresentados?
.

20 comentários:

  1. Quem de nós???
    A descoberta do amor... a descoberta de como o corpo responde ao amor!!! São as descobertas da vida que nos constroem...os momentos (como dizes) de pureza de sentimentos...
    Belo post Nuno!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva amigo PEQUENOS DELITOS RENOVADOS

      Sem dúvida alguma. A adolescência é linda, doce, maravilhosa

      Aquele abraço

      Eliminar
  2. Verdade, é uma fase maravilhosa! Porém...não devemos perder esse vigor, esse fogo da juventude que não faz mal a ninguém...hehehe
    belas palavras.

    Bjs Sr Nuno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga {sublime female}_DOM FA

      Perder esse folego? Claro que nunca o devemos perder embora, penso eu que, a partir de certa idade - 70 anos - comece a fraquejar um pouco, lool

      Beijo

      Essa de SR Nuno não gostei, loool. Senti-me tão velhinho, lool

      Eliminar
  3. Tem momento em que descobrimos o nosso tempo e outro em que o tempo passa a descobrir nossas reações.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva amigo

      Nem mais. Comentário assertivo e perfeito

      Abraço

      Eliminar
  4. Eu acho que com o desejo, nem tinham grande tempo para os carinhos, passavam logo à acção. kkkkkkkk
    Maravilhosa poostagem

    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga Larissa Santos

      Nem todos amiga, nem todos

      Beijuuuuuuuuuuuuuu

      Eliminar
  5. Maravilha!
    Fizeste-me recuar à minha juventude quando perdi a virgindade, tinha acabado de sair do berço, kkkkkkk ... Ai os momentos e os sítios, nem vos conto.

    Mas verdade, a postagem é uma realidade. Todos passamos por isso. o que é tão bom.

    Parabéns, post cheio de tesão!

    Beijoos
    Anjinha Sexy

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga Maria dos Anjos

      A adolescência é linda. A juventude uma maravilha. Claro que... salvaguardando alguns excessos se calhar próprios da própria juventude

      Bjuuuuuu

      Eliminar
  6. Bem, meu amigo Nuno, tu levas-nos a boas recordações...belos tempos.. belos momentos... parece que tudo tinha mais sabor... PARABÉNS AMIGO.

    Abraço
    Prazeres e Carinhos Sexuais

    ResponderEliminar
  7. Ihhhhhhhhh eu passei muito. Parece que no século passado, mas passei LOL
    É uma delícia essa época de descobertas onde é muita pegação muita mão naquilo e aquilo na mão até que um dia acontece o ato, época boa.
    Tenha um dia repleto de alegrias.

    Beijos

    http://odiariodaescrava.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga {Λїtą}_ŞT

      Sem dúvida. É uma época maravilhosa a adolescência. A descoberta corporal, os beijinhos inocentes, os carinhos ingénuos.

      Beijo doce

      Eliminar
  8. Momentos únicos e marcantes! Muito bom

    Parabéns Amigo, Nuno Filipe

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Respostas
    1. Olá Chocolícia

      Verdade? Imagino a doçura e o carinho com que o fazias.

      Fica feliz

      Eliminar
  10. Estas imagens trazem-me à memória os carros suados, os dedos molhados, os passeios pela praia só de vestido e as paragens estratégicas para ver o mar com mãos sedentas a provarem a minha excitação. Recordam-me os beijos de língua intermináveis e as mãos adolescentes que entravam sorrateiramente pela minha roupa e que me despiam a vergonha e a alma! E o Nuno, também despia a alma das suas namoradas? Beijo. Laura A.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Laura

      Eu não. Sempre fui um "santinho" de um homem. Ia lá fazer dessas coisas? Logo eu que sou tão tímido, lool

      Beijo

      Eliminar