terça-feira, 19 de abril de 2016

Sendo casado/a aceitaria sexo a três com outro homem/mulher, com o seu cônjuge?

Hoje quero falar convosco de um assunto muito sério: Um casal que deixa a sua vida sexual cair numa certa rotina e decide, após conversarem, arranjar um amigo e/ou uma amiga, a fim de com esses, fazer sexo, na presença do homem ou da mulher. Diz quem pratica que o casal fica mais unido, mais forte sexualmente, mais carinhoso um com o outro, depois de assistir a uma ( ou mais) sessão de sexo de um ou de outro, com o falado amigo ou amiga. Será que fica? ... eis a questão.

.
Muitos homens gostam de ver a sua mulher deliciar-se sexualmente com outro homem. Chegam inclusive a serem também intervenientes, bem como, não sendo, designar-se a filmar e/ou fotografar o acto, para depois, quando sozinhos, se deliciarem a ver como um deles gozou quando fez amor com o amigo/a.

Existem também mulheres que se divertem verdadeiramente vendo como o seu homem se delicia com outra mulher. É também para elas um prazer extra.

Tal obriga a várias interrogações que gostaria de colocar, e discutir, com os amigos/as visitantes e comentadores/as.

- Sendo homem/mulher já alguma vez se envolveu com a sua parceira/o num acto assim?
- Aceitaria envolver-se caso a sua vida sexual com essa/esse sofresse uma certa estagnação?
- Aceitaria falar com a parceira/o sobre essa possibilidade?
- Entrando num acto assim sentiria ciúme?
- Não sentindo no acto, admite ou não que um dia mais tarde, sentisse?
- Acha que a relação duraria para sempre caso esses actos acontecessem?
- Considera ser um fetiche, uma aberração, ou apenas uma forma diferente de obter prazer?
- Acha que essas situações entram na área da prosmiscuidade? 
- Outros

Gostava sinceramente de ler a vossa opinião. Desiniba-se, seja verdadeiro/a e desabafe connosco essas experiências, caso existam.
.

24 comentários:

  1. Bom dia, não aceitaria essa situação nunca
    Bjo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Brenda Naiara

      Pronto. Não te enerves.

      Bejuuuuuuuuuuuu

      Eliminar
  2. É muito complicado!
    Sendo de acordo com os dois, tinha a mulher, que estar muito à vontade. Pessoalmente nem me concentrava, sei lá.

    Um coisa é ter o fetiche de fazer sexo com dois homens, outra é estar alguém a apreciar, o que é muito diferente.
    Eu penso que não aceitava fazer amor ou sexo desta forma, Mas isso sou eu!

    Texto muito bom. Parabéns.

    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Larissa Santos

      Não te concentravas? Se fosse de pleno gosto e vontade, ai não que não te concentravas, lool

      Bjo garota

      Eliminar
  3. Olha... dependendo do nível em que o casal está.... o envolvimento com uma terceira pessoa pode acabar de destruir o relacionamento de vez!!
    Há que ter-se cuidado.
    Essa prática não serve nunca para casais em crise....
    Post bastante interessante!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva amigo PDR

      É complicado responder não é verdade?

      Concordo contigo quando escreves: Essa prática não serve nunca para casais em crise....

      Aquele abraço

      Eliminar
  4. - Sendo homem/mulher já alguma vez se envolveu com a sua parceira/o num acto assim?
    - Aceitaria envolver-se caso a sua vida sexual com essa/esse sofresse uma certa estagnação?
    - Aceitaria falar com a parceira/o sobre essa possibilidade?
    - Entrando num acto assim sentiria ciúme?
    - Não sentindo no acto, admite ou não que um dia mais tarde, sentisse?
    - Acha que a relação duraria para sempre caso esses actos acontecessem?
    - Considera ser um fetiche, uma aberração, ou apenas uma forma diferente de obter prazer?
    - Acha que essas situações entram na área da prosmiscuidade?
    - Outros

    Bom dia, Nuno.
    Gosto muito das suas enquetes pq são uma possibilidade de as pessoas refletirem sobre tais assuntos e até de vc conhecer as preferências de seus leitores para futuros posts.
    Vou tentar te responder na ordem em que perguntou...

    - Sim, já me envolvi por várias vezes em situações assim e provavelmente ainda me envolverei no futuro.

    - Aceitaria, embora não seja esse o meu caso e sim pq é bom variar, às vezes. Evita que se caia nessa estagnação.

    - Quem vai para uma situação dessas tem que estar preparado a não sentir ciúmes, afinal, é preciso haver concordância de ambos os lados. Mas não posso dizer que já não tenha me acontecido algum momento de ciúmes, não com o sexo, mas com uma troca de olhares, um carinho, isso desperta mais ciúmes em mulheres que o sexo propriamente dito. Mas é melhor engolir em favor do momento, que é muito mais importante.

    - Sim, já senti e posso vir a sentir ainda, o ciúme, assim como outros sentimentos, é involuntário. Entretanto, não deixaria que isso estragasse o momento.

    - Acredito que a relação possa continuar sim desde que as pessoas tenham maturidade e certeza do que estão fazendo. Se o casal sai com alguém para diversão uma vez ou outra e volta para casa sendo um casal pode dar certo, assim como pode acabar por outros motivos, não necessariamente por este.

    - Pode até ser um fetiche, uma fantasia, mas permeia o imaginário da maioria dos homens e, hj em dia, de muitas mulheres tb... deve ser encarado de forma mais natural pelas pessoas, afinal, está aí e acontece frequentemente.

    - O que é promiscuidade? Muitos parceiros sexuais? Muitos parceiros sexuais aliado à sexo sem proteção, sem cuidados?
    Nem os dicionários têm uma definição que ligue diretamente a sexo´ou que explique de forma concreta o que é.
    Muitos parceiros? Quantos seriam considerados muitos parceiros?
    Um casal que vez ou outra encontra uma terceira pessoa com todos os cuidados pode considerar que tem muitos parceiros e que são promíscuos?
    Esta fico devendo pq eu mesma não entendo o conceito de promiscuidade.

    Tenha uma terça-feira repleta de alegrias.

    Beijos

    http://odiariodaescrava.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga {Λїtą}_ŞT

      Existem pessoas que têm o dom da palavra. Tu és uma delas. Comentas com sapiência, o que me prende ao que escreves

      Concordo contigo na essência embora tenha algumas duvidas se a decisão do sexo a três seja a melhor solução para um casal em crise.

      Escreverei sobre OUTROS ARGUMENTOS um dia destes

      Fica feliz

      Eliminar
  5. Olá! Sim é muito bom, já fiz com duas amigas que não tem preconceitos nem tabus, contudo não sendo propriamente bisexuais porque se fossem seria bastante mais excitante. A concretização deste tipo de fantasias não é fácil de concretizar apesar de desejada por homens e mulheres mas exigem bastante coragem e despir-se de preconceitos e tabus.
    Parabéns pelos vossos posts.
    CA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gbravo

      Aqui a questão é saber se fazia com a esposa/mulher e um outro homem, ou com outra mulher e não ... com duas amigas

      Mas agradeço o comentário, a presença, e a intenção

      Um abraço

      Eliminar
  6. Respostas
    1. OLá Pink Poison

      Sempre directa e prática. Adoro essa forma rápida e concisa

      Beijo

      Eliminar
  7. Agora existem muitas modernices!
    Mas com sinceridade. Não aceitaria uma situação destas!
    Como dia a Larissa. Fazer sexo a dois é bem diferente, de estar um a apreciar.
    Não, não queria, mesmo que ele quisesse.

    Bjocas

    Estou por aqui: http://prazeresecarinhossexuais.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Filipa Silva

      Respeito na íntegra a tua vontade e ... opinião

      O teu blogue é muito sedutor. Merece que tos visitem

      Fica feliz

      Eliminar
  8. Não me estou a ver ser casado e entrar com a minha mulher num assunto assim. Mas respeito quem gosta de se libertar e alinha em festas sexuais do género. Bom post Nuno

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva amigo Max

      Respeito a tua decisão e vontade

      Abraço

      Eliminar
  9. Acho legal, mas não é para todo mundo. No meu caso por exemplo, teria que ter liberdade para os dois, se um faz o outro também tem o direito de fazer. Mais legal ainda se fizeram tudo junto. Eu acho que se o casal se permite tais sodomias, então que sejam claros quanto a isso e não precisa fazer mais as escondidas. Porque se ambos se permitem, então não seria necessário esconder. Daí trai a confiança.

    Acho o conceito de Lealdade muito maior do que o de fidelidade.

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Conde Vlad

      Totalmente de acordo com tão sábio comentário

      Aquele abraço

      Eliminar
  10. Eu não faria, mas tem mulher que se sujeita a cada coisa para salvar o casamento...

    ResponderEliminar