segunda-feira, 30 de maio de 2016

Teu suor, aroma colado a minhas vestes ( Poema Erótico)


Entro em ti. Sou letra escrita, mistério
Palavra que entra em tua gruta de vida
Alvo despido saciando teu hemisfério
Silêncio em bulício, liberdade vencida

É teu corpo um cristal de amor límpido
Imoral deleite em vai e vem insaciado
Delírio frágil na procura do teu íntimo
Sexos unidos na volúpia do ser amado

Enlevo emotivo num desejo de nós dois
Onde o antes é a sensibilidade do depois
Luxuria abrasadora que tu nunca despes

Corpo sensual, frase mais pronunciada
Teu corpo minha volúpia mais desejada
Teu suor, aroma colado a minhas vestes
.
breederdownunder:
“ A neat, clean pussy receiving thick cock - the way things are mean to be.
”
...........................................................

26 comentários:

  1. Minha nossa Senhora!!!!!!!! :))
    .
    [Corpo sensual, frase mais pronunciada
    Teu corpo minha volúpia mais desejada
    Teu suor, aroma colado a minhas vestes]

    ----->> Fiquei excitada
    Bjos :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Larissa

      Verdade que ficaste excitada? Hummmm delicia

      Bjuuuuu

      Eliminar
  2. Entras e sais...fazes-me suar
    E com as palavras meigas, inebriantes
    Tu surpreendes, deixaste-me a pensar
    Ao ler teus versos tão excitantes

    ...nota mil

    Palavras saídas de uma alma sonhadora. TU

    Beijinhoos
    Anjinha Sexy

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria dos Anjos

      Nota mil? Tanto?

      Beijuuuuuuuu

      Eliminar
  3. Eu li, voltei a ler...voltei atrás e pensei mas que poeta erótico tão romântico! Uffaaaaaaaa. É de perder a respiração.

    Olha: Um sussurro ao teu ouvido!
    Bom demais. :*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. OLá Carolina

      Um sussurro também ao teu... meiguinho

      Bjuuuuu

      Eliminar
  4. Parabéns Nuno pelo poema. A imagem ufa que delicia. Fascinante

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Filipa Duarte

      Que bom que tenhas gostado. Lê e interioriza

      Bjuuuuuuuuu

      Eliminar
  5. Um poeta no seu melhor, fabuloso caro Nuno, só tu serias capaz de escrever tão belo e erótico soneto

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva amigo Rick

      És meu amigo e por isso me elogias assim, lool

      Grande abraço

      Eliminar
  6. Um poema cheio de tesão
    E mais não vou dizer
    Fiquei aqui com um calorão
    Num sitio que sente prazer

    A minha homenagem ao poema do Poeta Nuno.
    Bjocas :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Salomé Fonseca

      Hummmm. Desconhecia esse teu lado de poetisa.

      Um bjuuuuuu

      Eliminar
  7. Meu amigo, já tinha saudades destes teus poemas.
    És único. Tens uma imaginação infindável!
    Parabéns.

    Aquele abraço.

    (Temos que combinar um copo.)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva caro amigo Bernardo

      Quando quiseres...Que seja no Estádio da Luz

      Abraço

      Eliminar
  8. Desafio te a escreveres um poema onde a penetracao (gruta) não seja a tua ânsia...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Queres dizer propriamente o quê?

      Ser ser erótico? Sem falar em sexo? Falando de outra vertente sexual?

      Diz o que queres ou a que te referes!

      Bju

      Eliminar
    2. Neste poema não falo em penetração
      http://deliriosamoresexo.blogspot.pt/2016/05/teu-sexo-inducao-da-minha-boca-poema.html#comment-form

      Eliminar
    3. Sem o objectivo final ser a gruta...

      Eliminar
  9. Um poema erótico bonita

    paz e amor
    1ManView

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva caro amigo 1ManView

      Grato pela visita e comentário

      Abraço

      Eliminar
  10. Mas que delícia!! Que intenso!! Que fogo!! ...e esse aroma inebriante que nos aumenta o desejo, nos faz sempre querer mais.
    Beijos

    sublimefemalededomfa.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  11. É uma delícia o aroma de amor e o cheiro de sexo!

    ResponderEliminar
  12. Que entrada poética tão vulcânica!
    Emoções calientes que provocam o fogo! Muito bom Nuno Filipe, nem poemas arrebitantes faltam aqui. Parabéns!

    ResponderEliminar