terça-feira, 21 de junho de 2016

Poesia Erótica em Oral de "explosão" e Luxuria.

Segura em teus lábios meu tesão excitante
Quero sentir tua língua que me enlouquece
Eleva-me ao ponto mais forte e delirante
Em que meu gozo em tua boca, acontece


Ávido ouço tua respiração tão ofegante
Elegendo meu falo como tua perdição
Solta-se o elixir, minha tesão alucinante
Tornando calada nossa suave respiração


Provas o doce da uma explosão carente
Saboreias o creme da vontade alucinada
Onde as delicias são tesão efervescente
Que degustas em delírios de apaixonada
.

14 comentários:

  1. Avassalador!Um delírio que nos alimenta a alma e o ego.
    Muito bom

    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Deliciosa publicação onde se mostra que é uma prova de amor a mulher degustar o creme do homem que ama. Se for um parceiro ocasional já não acho bem pois podem existir doenças mas do nosso parceiro é delicioso que lhe mostremos o quanto nos agrada fazer por ele TUDO o que lhe possa e nos possa dar prazer.
    Amigo Nuno no seu melhor, adorei, adorei, adorei

    ResponderEliminar
  3. Nuno Filipe... teus poemas são sempre excelentes!!!
    Tesudo e provocantes... !!! Mas hoje, você usou uma expressão sensacional: "creme da vontade alucinada!"
    Ao beber o orgasmo do homem, a mulher se entrega de corpo e alma.
    A Nikita Flor expressou-se muito bem!! O creme do homem que ama completa a mulher!!!
    Obrigado amigo Nuno, pelas visitas e pelos comentários de todos da casa!!!

    ResponderEliminar
  4. Ai meu docinho de mel. Deixaste-me excitada, com vontade de algo assim, tal como nos mostras. Daria-te também meu corpo para hidratares, :))))...Poema estupidamente sensual e muito BOM!!!!

    Um sussurro ao teu ouvido.

    ResponderEliminar
  5. Meu lindo: Defino-te em 3 palavras...
    BRILHANTE POETA, ERÓTICO!

    Parabéns
    Bjos ;-)

    ResponderEliminar
  6. Que delícia! Parece que meu amigos d'além mar resolveram focar no oral hj, o que me prova que não é apenas preferência nacional; é internacional tb LOL
    Que a terça-feira lhe reserve deliciosas surpresas.

    Beijos

    http://odiariodaescrava.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que é uma das preferências das sociedade ocidental em geral (acredito que os franceses tenham incentivado os costumes de muitos outros países).

      No Oriente, dentro dos princípios do sexo tântrico, ao que parece o sexo oral feito no homem não costume ser consumado, ainda que não seja proibido. Talvez os chineses e indianos tenham uma menor frequência em ejacular na boca enquanto aceitem com maior abertura o contrário. Isto é, a mulher ter um ou mais orgasmos ao receber o sexo oral.

      Por razões diferentes, acredito que árabes e judeus pratiquem o sexo oral feito no homem com restrições por motivos religiosos muito embora o sexo tântrico também possa ser considerado de algum modo religioso.

      Eliminar
  7. Tu e o PDR andam a dar na poesia erótica :) escrevam um livro juntos :)

    ResponderEliminar
  8. Ui…Ui…Ui…até a minha mente fica alucinada…com este vislumbre…este elixir delicioso, caliente e efervescente zorrando e provocando um tsunami de prazer!!!!! As imagens altamente excitantes e esta explosiva poesia provocam uma ebulição da líbido e faz fervilhar os sentidos! Sinto os meus assim! Parabéns ao Nuno Filipe pelo poder poético que arrasa mentes e provoca um ciclone de tesão.

    ResponderEliminar
  9. Sem querer parecer "do contra", mas não gosto! Acho que sou a única seguidora de blog erótico que não topa!

    ResponderEliminar
  10. Realmente é algo que as pessoas devem fazer quando há entre elas maior intimidade e um nível de compromisso. Ou seja, entre um casal. Justamente por causa das doenças que podem ser transmitidas como foi bem colocado acima. Particularmente, não me interesso tanto por receber o sexo oral. Gosto mais é de fazer na mulher.

    Entretanto, antes de me asar, quando estava passeando na cidade de Foz do Iguaçu, bem na fronteira do Brasil com Paraguai e Argentina, saí com uma jovem e incluí na nossa brincadeira uma daquelas capas plasticas de chuva que vendem para o turista visitar as cataratas do rio Iguaçu. Há dezoito anos atrás, teria custado o equivalente a um euro hoje e, por ser algo transparente, permitia que fizesse sexo oral seguro com uma pessoa desconhecida, nutrindo uma fantasia. E a mulher, que no começo estava com medo de que pudesse ser vítima da alguma atitude maldosa, gostou da brincadeira.

    ResponderEliminar