domingo, 31 de julho de 2016

O uso de Strap-one usado entre meninas será um bom pronuncio de prazer ou nada pode substituir o homem na relação sexual?

Quando duas mulheres se amam ou querem estar juntas sensualmente nem que seja de forma ocasional, diz quem já passou por essa situação que, são momentos de carinho, ternura e amor, como não existe igual, falando inclusive de relações heterossexuais. 


No amor lésbico existe regra geral um dos parceiros que se assume mais "macho", mais "másculo", e a outra pessoa mais feminina, mais submissa.


Não é raro que a presença do homem seja substituída pelo cinto chamado de Strp-one, entre outros vibradores, composto por um pénis de borracha entre outros materiais suaves e macios. Alguns estão equipados com sistema vibratório, veias sobressaídas, a fim do prazer ser maior. Pode ser usada por ambas as parceira como é lógico e evidente.


Para quem não quer estar com um homem e adora estar com uma mulher, nunca esquecendo a parte que faz lembrar a acção masculina, mas sabendo que a acção está a ser praticada pela gene feminina, é um bom tónico para que o prazer entre ambas seja de um erotismo maravilhoso.


Pela imagem mostra que o prazer é intenso, fantástico, quase insuperável.

O que pensam as minhas amigas sobre o tema e imagens em questão?
E você que é homem o que me diz sobre o que escrevi e o uso de strap-one pelas meninas?
. 

sábado, 30 de julho de 2016

Quando o despir é o ex-libris do prazer sexual que, lascivamente, se seguir a essa acção tão sensual e libidinosa.

Mais uma vez de forma atrevida mas muito carinhosa para com os meus leitores e leitoras - que acredito já estejam fartos/as de me aturar - vos deixo algumas imagens que, considero, de uma sedução e empolgamento sexual ímpar.


A mulher que toma a iniciativa perante o homem. Pode haver quem não aprecie, não sendo esse o meu caso. Contrariando se calhar algumas das minhas considerações, a verdade é que, um pouco de virilidade no que concerne à forma e conteúdo nunca fizeram mal a ninguém numa relação sexual.


O atrevimento da mulher mostrando ao parceiro o quanto deseja que o momento aconteça é simplesmente encantador. Estão a ver o que é num dia de calor, uma pessoa estar a"morrer" de sede e alguém lhe oferecer um copo de água fresquinha? Pois a sensação ao nível que lhes mostro será, quiçá, igual.


Depois de despir a cueca ou objecto análogo do homem, uma mulher que com um olhar malicioso, agarre no pénis e o acaricie com a boca, ao nível de lábios, língua, é de deixar um homem quase " moribundo" e completamente vencido e submisso. Não existe volta a dar.


Qual o homem que recebendo tais carinhos não retribue à parceira, que consigo desfruta, de um momento tão sexy e luxurioso?


Após os preliminares qual a mulher e homem que não gostam de se encaixar sexualmente deixando os seus sexos vaguearam por entre montanhas e vales de concordância libidinosa? Quem não gosta de ser presenteada/o com um beijo cheio de carinho e sensualidade?


Qual a mulher que não gosta de ficar por cima do homem, comandando a acção de forma lenta ou outra, ao sabor do olhar do homem e sentindo os seus trejeitos faciais de que o prazer está a ser intenso?

Digam da vossa justiça e deixem em comentário bem expressa a vossa opinião sobre as imagens e texto que tão carinhosamente os ofereço.
.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Caricias Sensuais feitos através de lábios e língua. Quem não gosta?

Hoje não me vou alongar muito em palavras de pormenor. Vou antes deixar algumas perguntas que sei muitos dos meus leitores e leitoras vão querer e gostar de responder. Por isso olhando a imagem ...


Digam sinceramente, seja homem ou mulher.

- O que pensa desta imagem?
- Acha que a sedução está presente na acção do homem?
- Acha que todos os homens fazem carinhos assim às suas amadas?
- Sendo homem já fez e/ou faria um carinho assim tão sedutor à sua parceira?
- Sendo mulher gostaria que o seu parceiro lhe fizesse tal carinho?
- Sendo homem gosta de chupar o/s mamilo/s da sua parceira?
- Sendo mulher gosta que o parceiro lhe chupe e/ou acaricie o/s mamilo/os com os lábios e/ou língua?
- Sendo mulher já teve alguém que lhe fizesse um carinho igual ao da imagem?
- Algo mais que queira dizer sobre a imagem
.

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Sexo Anal no esplendor da sedução humana. Lubricidade em Malícia Sensual.

Existem imagens sobre sexo que quase dispensam palavras de admiração, gosto e/ou de arrebatamento. As próprias falam por si.


O sexo anal é hoje em dia uma acção sexual dita normal entre os seres humanos mais jovens. Nos mais velhos também acontece mas, na minha humilde opinião, não tão regularmente.


Poucos homens existirão que não gostem de sexo anal. Dizer que as mulheres estão em igualdade de circunstâncias talvez seja um exagero. Muitas gostam mas não em igual número que os homens.
Um homem ter o privilégio de poder expelir o elixir do seu orgasmo sobre o corpo feminino ( ou outro caso esse seja o seu prazer ) é de facto um momento único e inolvidável.


Como é bom, luxuriante, voluptuoso,  um homem abrir as nádegas de uma mulher, e ver, como são tão sedutores os caminhos do prazer, quais grutas por explorar, que são "oferecidas" ao explorador, pénis, língua, lábios, dedos do homem. Estas imagens são de um carinho exemplar. 

Não concordam comigo?
.

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Lavar a louça... momento de serenidade ...chegada do marido e... a luxuria acontece. ...

Luís e Vera são casados de fresco. Casa nova. Ainda se encontram em férias nupciais. Após o jantar Luís vai à rua beber café. Vera não quis ir, preferindo ficar em casa a preparar a louça para colocar na máquina de lavar.

Apenas o momento existe...

Mês de Julho. Vera lava um prato utilizando água fria a fim de se sentir mais fresca. Ouvia-se apenas o latejar da água corrente.



Luís regressa do café. Quando entra em casa sente nas narinas aquele perfume que só a sua mulher usa. Cálido, aroma de rosas, inebriante, libidinoso, lascivo.



Vera ouve os passos da sua chegada. Sente como o marido se encosta a ela. Vira-se para ele. O beijo acontece.



Luís desaperta o colchete da saia de Vera. Essa (saia) desliza pelo seu corpo esbelto, lindo, suave, maravilhoso. Luís mete a mão na calcinha, tocando o sexo da sua amada. Momento de glamour que os deixa "loucos" de prazer.



Vera sente as mãos do marido saindo do abraço envolvente para aquele toque que já ansiava. Os sexos acariciavam-se um no outro. Luís vira-a fazendo com que o seu corpo se curve de forma a que Luís a pudesse penetrar. Desejavam-se.



Luís despe a camisa. O calor é intenso. A tesão também. Vera, com a mão apara a água fria que corre da torneira. Passa-a pelo seio e barriga. Refresca-se da intensidade da acção abrasadora, luxuriosa, arrebatadora.

A louça? Pois... talvez aquele prato fosse o último. Também quem se ia lembrar da louça num momento assim?
.
.

terça-feira, 26 de julho de 2016

Quando uma mulher mostra e "indica" ao homem, o seu desejo por ... sexo Oral.

Não são só os homens que gostam de carinhos, quando esses carinhos, especialmente quando não são ocasionais, mas sim, como ponto de partida, par algo mais pessoal, corporal e íntimo. 


A excitação pode acontecer através de um olhar, de um abraço, um afago, de um beijo. Qual a mulher que não gosta que um homem, que seja do seu agrado, não a beije no pescoço, local normalmente onde uma mulher mais sente e vibra ao nível erógeno? 


Existirá alguma razão para que uma mulher não indique ao homem aquilo que deseja? Qual o problema se no meio da excitação a mulher colocar a mão sobre a cabeça do homem e com uma ligeira pressão, lhe mostrar o caminho que ele deve seguir?


Tanto o homem como a mulher têm gostos e prazeres sexuais idênticos. Não são diferentes um do outro. Se um homem gosta que a mulher lhe faça sexo oral, a mulher será diferente?. Claro que não. Uma mulher delira com essa meiguice. Meninas não concordam comigo?


Um homem que delicie uma mulher com sexo oral tem tudo para que essa mulher o adore. Sugar o clitóris com os lábios, ou passar nesse para cima e para baixo com a língua molhada, é simplesmente o maior delírio que uma mulher pode ter em sexo. O resto? O resto são complementos...

O que acham meninas?
.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Quando um banho de banheira, a dois, é o ex-libris em afrodisíaco sexual.

Pleno verão. Marta 24 anos de idade. Recém casada com Norberto, rapaz de 28 anos. Uma banheira cheia de água. Ambiente libidinoso.



Marta está feliz. Acaricia o seu próprio corpo. Repara que o marido acaba de chegar a casa vindo de um dia cansativo de trabalho. 



Faz-lhe um sinal, lascivo, poderoso, sorriso nos lábios, charme e  malícia, para que se junte a si num banho retemperador.



Norberto acede de imediato. Despe-se e junta-se à sua amada. Um beijo carinhoso acontece.



Delicia-se e delicia a sua mais que tudo, acariciando levemente, com muita doçura, aquela vagina que tanto o inebria e deixa "louco" de tesão. Sabe o quanto a sua mulher o deseja.



Marta retribui os carinhos. Com os pés acaricia o pénis do marido, que entra em êxtase sensual pela sedutora acção da mulher.



Marta está em delírio sensual. Vira-se e oferece a sua bundinha ao marido que a afaga com ambas as mãos. Nota-se a cumplicidade existente entre os dois. Encosta o seu sexo ao sexo do marido.



Esse não se faz rogado e desfruta o momento de volúpia corporal. Marta "abandona-se" ao desejo do marido e à penetração que ambos tanto desejavam que acontecesse. 



O acto torna-se vulcânico. A lava efervescente solta-se escorrendo pelas "paredes" do "investigador" da gruta do amor. É verão. Apetece um banho de água fria, "aquecida" por corpos que se desejam. Que se desfrutam. Que se envolvem através do sentimento mais belo que existe. O AMOR.

Espero que tenham tanto gosto em ver e ler como eu tive em escrever em consonância com as imagens, cuja mensagem sensual e sexual, é divina.
.

domingo, 24 de julho de 2016

Olhares atrevidos perante imagens sensuais e provocantes. Como reagiria perante esses factos?

Hoje é domingo. Dia de missa, passeio até à praia, sentar numa esplanada, enfim, desfrutar do merecido descanso, em férias, ou de uma semana de trabalho. Por isso hoje não vos vou mostrar imagens de sexo mas sim de luxuria e sedução. Gostaria que respondesse com sinceridade às perguntas:


Pergunta 1 : Imagine que está chegando à praia e à sua frente está uma garota assim vestida com o vento a levantar-lhe o vestido. 

- Pára, ficando a olhar de forma fixa?
- Pára e fica a olhar de forma disfarçada?
- Não pára nem liga nenhuma?
- Se for acompanhado/a como acha que reagirá essa pessoa, caso se aperceba de algo?



Pergunta 2 : Imagine que está no Shopping, ou numa loja de roupa, e ao passar junto ao provador, repara que esse tem uma ligeira abertura, onde se vê imagem análoga.

- Pára, ficando a olhar de forma fixa?
- Pára e fica a olhar de forma disfarçada?
- Não pára nem liga nenhuma?.
- Alerta a pessoa para o facto da existência da abertura?
- Se for acompanhado/a como acha que reagirá essa pessoa, caso se aperceba de algo?


Pergunta 3 : Imagine que entra no metro, comboio, ou outro transporte público e à sua frente encontra-se uma menina assim vestida mostrando o seu dote físico mais belo.

- Pára, ficando a olhar de forma fixa?
- Pára e fica a olhar de forma disfarçada?
- Não pára nem liga nenhuma?
- Alerta-a para o facto da saia estar muito levantada?
- Se for acompanhado/a como acha que reagirá essa pessoa, caso se aperceba de algo?


Pergunta 4 : Sendo mulher, imagine que está no Shopping, ou numa loja de roupa mista, e ao passar junto ao provador, repara que esse tem uma ligeira abertura, onde se vê imagem análoga.

- Pára, ficando a olhar de forma fixa?
- Pára e fica a olhar de forma disfarçada?
- Não pára nem liga nenhuma?
- Alerta-o, ou alerta alguém da loja, para o facto da existência da abertura?
- Se for acompanhada/o como acha que reagirá essa pessoa, caso se aperceba de algo?
.............................
Gostaria de ler a vossa opinião seja de leitor ou leitora

Feliz Domingo.
.

sábado, 23 de julho de 2016

Sofá de Deleite: » Arte e Técnica Sensual...em luxuria Sincronizada.

A idade adulta, sexualmente activa, goza de certos factores a nível sensual que são únicos. A beleza de um acto sexual, tem muitas variantes, dependendo do gosto de cada pessoa, mediante uma forma ou outra.


Uma das situações activas que mais agradam aos envolventes é quando se faz amor sentados no sofá. Esse, não serve apenas para uma pessoa adormecer quando vê tv e os programas são chatos, aborrecidos, fazendo com que o zapping seja tão intenso, em nada melhorando os programas ao gosto. Namorar sentados no sofá é simplesmente uma delícia. O homem sentado, a mulher por cima...


Num ritmo cuidado, lento, apropriado ao gozo intenso que normalmente ambos os parceiros desfrutam. A mulher ficando por cima gera para si e para o homem, momentos de infinita ternura, relaxe, volúpia sensitiva, que não se explica, mas sim, se sente física, mentalmente, emocionalmente.


Nesta posição uma mulher consegue elevar ao máximo a sua técnica e sabedoria na arte da introdução controlada. Consegue sugar o pénis mais acima ou mais abaixo, conseguindo assim, momentos de prazer a dois de "enlouquecer" de tesão ambos os parceiros.


Ainda nessa posição a mulher controla toda a técnica mais profunda, como seja, o desfrute total do corpo do homem, ao nível do beijo, lábios com lábios, língua com língua. Os seus movimentos sincronizados mostram bem o quanto é sedutora a posição sexual que estão a usar para seu gozo, prazer e deleite sensual.

O que pensam sobre o que escrevi e as imagens que estão a ver?
........

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Prazer lésbico ... Luxuria Libidinosa no expoente mais emotivo e /ou Sensual?

Os carinhos sensuais e corporais entre duas mulheres é do mais sedutor que se pode imaginar ao nível da própria sexualidade. Não é que eu tenha experiência em lesbianismo mas, como curiosa que sou, permito-me brindar os amigos e amigas com imagens que considero deliciosas.



Olhos nos olhos, lábios que sugam o mamilo tornam o momento delicioso. É evidente que é discutível se duas mulheres que fazem amor são ou não lésbicas, na profunda acepção da palavra. É sempre discutível e um tema que nunca acabará na forma de discutir o assunto.



Na minha humilde opinião, o amor lésbico pode acontecer de uma forma esporádica, num momento de maior carência de uma, das duas, ou de outra menina. Por vezes um beijo fortuito, um afago, um carinho mais sedutor, pode despoletar em uma ou nas duas, desejos de estarem mais próximas, mais juntas, mais intimamente ligadas.



O roçar os sexos, a sedução e suavidade de pele com pele, um beijo nos lábios mais intimo, pode fazer com que amigas ou até conhecidas de momentos cheguem a fazer amor. São por isso lésbicas? Será apenas uma conotação do momento? É que uma mulher pode até ser casada e gostar de uma vez ou outra estar com uma mulher. Será nesse caso bissexual?



O que dizer do sexo oral entre mulheres? Diz quem já fez que é maravilhoso, puro e delicioso na vertente mais libidinosa. Pela imagem nora-~se como ambas as meninas estão a gozar o momento.

O que pensa você sobre o lesbianismo?
Seja sincera/o e deixe a sua opinião. É grátis.
......

Poema Sensual e Erótico ( A Luxuria do toque de língua)

Lasciva,  devassa, carente
Tua língua, luxuria e prazer
Sinto-te em mim, somente
Deixando-me feliz, a ferver



Entre  os teus seios, felicidade
Meu falo erecto de "loucura"
Volúpia,  desejo, lubricidade
Sentindo teu toque de ternura
....................

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Um WC ... UM homem e uma mulher ... Carinhos libidinosos e... o Delírio sexual acontece.

Um quarto de banho ( WC), um homem e uma mulher, o beijo sedutor, um carinho mais atrevido e sexy



É evidente que não falo de um WC público. Falo sim do quarto de banho de uma casa qualquer, familiar, ocupada por um casal que se ame, se deseje, que tenha dificuldade em resistir ao charme de cada um. Mãos atrevidas que despem, que afagam ...



Corpos nus, libido em alta, efervescência sexual, desejo corporal, sexos expostos, silêncio quebrado pelo arfar do desejo



Um homem, língua ávida pelo gozo, sedenta de "beber" da "fonte" mais sensual que a sua mente imagina, língua que saboreia, que "mata" a sua sede de prazer.



Sexo masculino erecto, língua feminina que o deseja, o acaricia, sorriso de vontade e tesão, olhar provocante e sedutor.



Sexos que se encaixam num vai e vem perfeito, ritmado em ondulações de corpo masculino, perante a liberdade sexual feminino que, abre as suas "fronteiras" num permitir que o encaixe aconteça.



O terminar da acção de volúpia em que o sexo masculino "descarrega" todo o seu poder feito de elixir cremoso na gruta do prazer mais infinito que a acção sexual possui.

Gostaram da sequência?
.