domingo, 18 de setembro de 2016

A fidelidade de uma mulher em masturbação luxuriante e ao seu amor distante... dirigida.

Através de imagens vou tentar descrever um pouco um dia, de muitos dias, da Sofia Paiva. Diz ser fiel ao seu namorado, Raul da Silva, o qual, passa largos meses na pesca do bacalhau por terras da Noruega, entre outras águas territoriais de outros países.


Namoram há 10 anos. Sofia confia cegamente no namorado. Daí ter feito este pequeno filme a fim de lhe enviar para que esse, ao vê-la, se sentisse feliz, e poder desfrutar um pouco, ainda que visualmente, do seu corpo.


Assim, aproveitando, esses dias infernais de calor de Agosto pp, aproveitou para, de forma sensual, se despir de preconceitos, mostrando o quanto é belo o seu corpo de deusa.


Sempre pensando no namorado sentiu como estava "fervendo" o seu corpo em geral e a sua vagina em particular. Fixando o além - lugar imaginário onde Raul se encontraria - começou por massajar levemente, em círculos ritmados, os seus lábios vaginais e clitóris. Sentia-se húmida de tanto prazer.


Suando de excitação, despe o soutien, atirando-o para o lado,  a fim de a sua pele poder "respirar" os fluidos eróticos da sua mente. Deixou à vista uns seios lindos, maravilhosos, super bem torneados.


Desviando a calcinha não se inibe de meter  dois dedinhos sobre o clitóris, o qual, se apresentava "inchado" de tanto gozo, seguindo-se  os mesmos dedinhos dentro da vagina, o que lhe ia originando arrepios e vertigens quase indecifráveis por palavras.


Não aguentado mais o desejo, utiliza o seu brinquedinho, que tinha sempre à mão, e que sabia, o seu namorado apreciar, pois esse, gostava de a ver a masturbar-se com o dito. Sabia ser uma infinita excitação.

- Gostaram da história?
- Querem dizer algo sobre a mesma?

Nota: " Existindo algo no tema ou nos nomes escritos que se pareçam com a realidade é pura coincidência "
.........

12 comentários:

  1. já me chamaram toy boy, rapaz brinquedo

    ResponderEliminar
  2. Estoria linda, Cada "um", consola-se como pode!
    Tenho um amigo meu, a quem eu tinha O PRAZER de me masturbar para ele através da ueb. Foram momentos inolvidáveis. Comprei para isso, uns quantos brinquedos. Foi muito bom! (SAUDADES)

    lindo
    Um Sussurro

    ResponderEliminar
  3. Interessante... a fidelidade se transforma em momento de amor!!!
    Belo texto com imagens deliciosas...
    A moça é realmente fiel a ele e ele deve ter ficado feliz!

    ResponderEliminar
  4. ...então...difícil crer que tão fogosa mulher fique meses na "seca" só na masturbation!!!

    ResponderEliminar
  5. Gostei muito de estoria. Quantos não existem iguais a este? É preferível brincar assim do que trair. É o que penso. Parabéns.

    O Nosso blogue espera-vos!

    Bjocas

    ResponderEliminar
  6. Olá Lenita
    Gostei muito, pois felizmente que agora existem coisas com que nos podemos entreter. Já o fiz. É maravilhoso. E mais não digo :-)

    Bjos

    ResponderEliminar
  7. Fiquei fascinada com as imagens que nos mostram uma sensualidade encantadora

    ResponderEliminar
  8. Doçuras e carinhos que eu adoro ver ao vivo. Nem digo mais nada tanta é a excitação que sinto

    Bjuuuuuuuuuuuu

    ResponderEliminar
  9. O que tenho a dizer é que esta é minha história, enquanto espero pelo Dono LOL
    Adorei!
    A vc, uma semana totalmente iluminada.

    Beijos

    https://odiariodaescrava.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  10. COm a distancia é bom que haja muita confiança de ambas as partes.

    ResponderEliminar
  11. Momentos tão sensuais e tão "nossos" podem ser igualmente altamente vulcânicos, basta estar com a líbido ao rubro.
    Podem ser gozados em frente a uma cãmara por puro prazer ou para matar saudades a alguém.
    Gostei muito Lenita, são momentos altamente sensuais

    ResponderEliminar