quinta-feira, 6 de outubro de 2016

És meu desejo, Volúpia, Tentação ( Poema Erótico )

És meu desejo, volúpia, tentação
Meu viver, minha vontade louca
Pernas que abres em provocação
És a luzência, auréola de ternura
No êxtase de minha língua pura
Beijo teu sexo com minha boca
No deleite da minha atroz tesão


Quero contigo ser homem louco
Sentir teu odor de fêmea, natural
Saborear de teu corpo um pouco
Ser devasso, ser teu doce querer
Beijocar teus lábios vermelhos
Ter teu sexo, limpo de pintelhos
Provar tua fonte quente de prazer


 Quero ser libertino em te desejar
Sentir teus mélicos lábios sugar
Ser teu apetite, açucarado enlace
Teu devaneio, delirio consciente
Com meu creme, teu rosto molhar
 “explodir” em delírio, pela tua face
Ser teu, meu amor, completamente
........

7 comentários:

  1. Fiquei fascinada com o poema, LIndo, Lindo, Lindo

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde Nuno.
    Meu desejo, é ficar bem acesa
    E pensar que te estou a ler
    É degustar como sobremesa
    E deixar fluir o meu prazer
    .
    Meu desejo, é exercitar a mente
    E ficar assim a morrer de tesão
    É pensar que me deixaste quente
    Ao ler teu poema com o coração.
    .
    Parabéns amigo, pelo sublime e sensual poema que me deixou babada :-)

    Bjocas

    ResponderEliminar
  3. Cá está o Sr Nuno Filipe no seu melhor. Algum dia teríamos este estofo? Muito, muito belo. Embora a minha praia seja outra :)))

    Beijo melado

    ResponderEliminar
  4. Uiiii...uiiiii..esses orais acompanhados por este poema tão sedutor e delirante, quem resiste??????
    Parabéns ao Nuno que já revelou a sua veia poética altamente.....
    Muito bom e deixa-nos "vidrados" com tanta tentação e volúpia

    ResponderEliminar