domingo, 30 de abril de 2017

Quando o desejo sexual é sentida através da suavidade da pele. ( Poema)

Imaginando suas mãos me acariciando...Me tocando...

Quando beijo o teu ser, confesso, estremeço
Sinto a suavidade da tua pele que me afaga
Carinhos teus que tanto quero e não esqueço
Teu cheiro a rosas bravas, que me embriaga

Toca cada parte de mim com muito carinho...

És o brilho que ilumina meu sentir e desejo
A estrela que esvoaça pelo meu pensamento
A flor cálida com o sabor de um doce beijo
Que me faz vaguear através do sentimento
.....................................................................
Imagens de carinho quem não gosta?
.....

5 comentários:

  1. Nuno Filipe lindo poema o cheiro re uma mulher e a paixao traduzidas nestas belss palavras. Amei. Biokas bom domingo

    ResponderEliminar
  2. Pura beleza tanto em imagens como no poema. Fiquei, mais uma vez, fascinada

    Beijo, bom domingo

    ResponderEliminar
  3. Hummm nota 20 para este poema tão intenso!

    Beijoos

    ResponderEliminar
  4. Como sempre, és maravilhoso meu querido. Muito bom.

    Bjos ;-)

    ResponderEliminar
  5. Nuno, que belo o teu poema!

    Beijinhos

    ResponderEliminar