sábado, 6 de maio de 2017

Sim, desejo-te ( Poema com imagens sensuais)

Mãos que alisam ,que tocam...

Sim, desejo-te
Quero acariciar-te com as minhas mãos
Oferecer o meu corpo ao teu
Sentir-te doce, suave, entregue
Ouvir o arfar do teu coração
Quero que o teu corpo seja meu
Tens a minha confissão

Calor do teu corpo junto ao meu,te provoco,te excito...

Sim, desejo-te
És o meu momento
Meu querer, meu tormento 
por não te ter
Toco a tua pele suavemente
Acaricio-te, docemente
Como quem acaricia o sentimento
Sim, desejo-te
.

6 comentários:

  1. Andas com os desejos à flor da pele. Muito belo e sensual poema. Até arrepia só de imaginar. :)

    Bjos, Nuno Filipe.

    ResponderEliminar
  2. Hummm! vou ler este poema à minha nova namorada, rsrsr. Um hino ao amor.

    Abraço meu Amigo.

    ResponderEliminar
  3. Está lindo o poema, Nuno.
    :)
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  4. Desejas-me? Ok, se o dizes, lol (brinco).
    Belíssimo e sensual poema!!

    Bjocas

    ResponderEliminar