terça-feira, 19 de maio de 2015

O mais forte e doce orgasmo...

Image and video hosting by TinyPic
.......................
Entraste em mim
Senti o teu vai e vem
A tua respiração ofegante
No nosso êxtase total
Palavras sussurradas
Doces, meiguinhas
Senti teus beijos quentes
Apaixonados, ardentes
Voz sensual, atrevida
Delírios, suores de paixão
Entrei em explosão
Arrepiada, rendida
No orgasmo mais sedutor
Forte e arrebatador
Que já tive na minha vida
...........

9 comentários:

  1. Bom dia, arrebatador e intenso, adorei demais.
    :-)

    ResponderEliminar
  2. No "entra -e sai" do amor.... o orgasmo vem forte, inenso e nessa entrega, nós explodimos de amor....
    Belo poema!!!

    ResponderEliminar
  3. Um orgasmo delicioso.. que me deixa com saudades!
    Maravilhoso post.

    Bjos

    ResponderEliminar
  4. Hummmmmmmmmmmm voltei mesmo num momento bom...Ouvi dizer que precisam de ajuda? :-) Óh Silvia que maravilha de poema e imagem. Fez aquecer!

    Deixo-nos uma beijoca

    ResponderEliminar
  5. Belo texto e imagem! Quando estamos com a pessoa certa...acontecem orgasmos loucos e delirantes que nem damos conta da cara que fazemos, digo mesmo, ás vezes parece que desmaio... é simplesmente, DIVINO DE BOM!!!

    Beijoos

    ResponderEliminar
  6. Sabe tão bem sentir uma mulher a ter um orgasmo intenso. Amo

    ResponderEliminar
  7. O sexo não faz sentido se não for completo e esse completo inclui o orgasmo que deve ser sempre demorado e profundo. Adorei a imagem e o poema que são muito sedutores
    Boa publicação

    ResponderEliminar
  8. Que todos sejam assim e não o único "forte e arrebatador que tiveste na vida",pois a vida deve ser uma sucessão deles, e todos intensos e arrebatadores,adorei o poema,Parabens.

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  9. Orgasmo...a meta da chegada à galáxia! O expoente máximo do prazer...se forem múltiplos será divino! Pena nem todos conseguirem sentir essa divindade sexual...está provado que 30% das mulheres nunca o sentiram e acredito que muitas vezes seja por falta de estímulo do parceiro.

    ResponderEliminar