sábado, 12 de setembro de 2015

Incesto: Sexo oral entre mim e o meu tio

Hoje apetece-me contar-vos a minha primeira experiência sexual. Tinha 18 anos, feitos à dias, ainda virgem, estudante, muito tímida e nada experiente a nível de erotismo.
Natural e a viver numa vila pequena, mas muito bonita, sita nos arredores de Lisboa, fui convidada pelos meus tios - Rafael e Francisca - que viviam numa cidade, no Norte do País, os quais, não tinham filhos.

Como se encontravam sozinhos, decidiram como já disse, convidar-me a ir passar as férias com eles e assim conhecer outros lugares e outras gentes. Longe de mim imaginar o que me iria acontecer.
O meu tio Rafael, era o irmão mais novo da minha mãe (4 irmãos), tinha 41 anos de idade, alto, magro, praticava culturismo, técnico de computadores. Era um homem bonito.

Certo dia, quando saiamos da piscina, a minha tia, que era enfermeira, recebeu uma chamada telefónica, qual pedido de ajuda, para ir ver um casal de idosos que precisavam de serviços de enfermagem. A sua morada distava do local onde nos encontrávamos cerca de 10 kilómetros
O meu tio não quis ir e eu fiquei a acompanhá-lo em casa.
A dado momento passei junto ao WC e vi o meu tio a tomar banho tendo o pénis erecto, o que me deixou algo envergonhada mas muito excitada também. Quando o meu tido chegou ao pé de mim diz-me: Então sobrinha, gostaste de me ver a tomar banho? Fiquei sem palavras pois não imaginava que ele me tinha visto passar junto à porta do banheiro. Imagino como fiquei corada. Baixando os olhos, vi que o meu tido apenas vestia umas bermudas, de cor branca, um pouco largas, mostrando como estava excitado, pois notava-se que se encontrava de pau duro.

Notando a minha atrapalhação e acanhamento, começou a mexer-me no cabelo e a acariciar-me o pescoço com as pontas dos dedos, passando para os peitos - encontrava-me em bikini - cujos bicos se encontravam erectos e, até me doíam de tanta excitação, dizendo-me baixinho palavras de carinho, o que me excitava ainda mais. Disse-lhe então que era virgem pedindo-me  que parasse pois não queria perder a virgindade.

Olhou para mim, dizendo-me que, não tivesse receio que não me ia magoar. Senti que as suas meigas palavras me deram confiança e maior desinibição. Com muita meiguice põe a mão na minha cabeça guiando a minha boca até ao seu sexo incitando-me a meter a cabecinha do pénis, entre os lábios e a dar chupadinhas, num suave vai e vem, para cima e para baixo, tocando na glande com a língua, o que acedi e me deliciou e, reparei, o deixou louco de prazer.

Seguidamente, loucos de tesão, terminámos com o meu tio a chupar a minha "pardalinha" de forma deliciosa, usando a língua com uma perícia maravilhosa, levando-me a ter um orgasmo que até me fez doer pois nunca tinha feito nem sentido as doçuras do sexo oral
Conto Erótico - Incesto com o titio muito experiente
Depois de tomarmos banho  juntos, voltámos à piscina onde, divertidos, esperámos a chegada da minha tia, o que aconteceu algum tempo depois.

Por motivos de saúde da minha mãe, felizmente sem gravidade, tive que no dia seguinte voltar a minha casa e assim não mais tive qualquer contacto intimo com o meu tio. Ficou a lembrança de uma tarde maravilhosa que ambos proporcionámos um ao outro.
.

11 comentários:

  1. Que confissão fantástica!
    O teu tio parece ser um Homem culto, mas tu és safada, kkkk...
    Conclusão divertiram-se, sentiste o prazer do orgasmo, e não perdeste a virgindade.
    Mas toma nota, é com ele que a vais perder, se não a perdeste, já..

    Adorei a tua narrativa-muito bom.
    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que felicidade sinto por a minha amiga Anginha Sexy gostar do meu escrito
      A virgindade já era.
      Bjus

      Eliminar
  2. Boa descrição e excitante caso narrado. Parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grata Leo Simões pela visita e comentário
      Felicidades
      Volte sempre

      Eliminar
  3. Com todo o respeito ao seu tio, mas não me importava de estar no lugar dele, sou meiguinho com as meninas/senhoras

    Texto muito bom, que nos excita a mente ... Parabéns.

    Um beijinho Silvia Pinto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amigo Bernardo Sedutor

      Pois acredito que gostasses de estar no lugar dele.
      Grata pelo elogio ao texto
      Beijinho

      Eliminar
  4. Oi Sílvia gostei mt da tua história que sortudo o teu tio com tanto carinho que vocês passaram vocês... Mas também tenho uma sobrinha que não me tira os olhos de mim

    ResponderEliminar
  5. Menina Silvia, o texto está muito bom, mas me diz sendo teu tio de sangue, como tiveste coragem de te envolveres com ele, e ele contigo? Se ele tivesse cabeça, pensava que era sobrinha, mas podia ser filha. Desculpa a sinceridade. Ainda se e fosse tio apenas por afinidade, ainda bá, mas de sangue? Nossa, que grande incesto ... No entanto achei o momento lindo, e nem tudo é mau, pelos vistos não perdeste a virgindade com ele, isso é importante!
    Desculpa a minha sinceridade- mas pensa menina.

    Bjus

    ResponderEliminar
  6. Bem, quem somos nós para julgar qq tipo de relacionamento? Mas é um conto muito excitante!
    BJOS

    ResponderEliminar
  7. Delicia ser chupada pelo titio e gozar gostoso!
    LEO
    www.seximaginarium.net

    ResponderEliminar
  8. Não tenho coragem nem de trair uma amiga, o que dirá...

    ResponderEliminar