terça-feira, 8 de setembro de 2015

Lesbianismo, doença/tara ou orientação sexual?

.............................................
Ser lésbica não é uma doença. É simplesmente uma orientação sexual. Uma mulher lésbica é uma pessoa que sente atração sexual, afectiva e física,  por outra do mesmo sexo. 

As mulheres são muito mais afectivas uma com outra que com um homem. São muito mais meiguinhas, amorosas e, existe até quem diga que, não precisam de homem, visto que existem "brinquedos = Strao-one" - como mostra a imagem -  que as satisfazem. Chegam a atingir orgasmos tão fortes e duradouros que quase fazem sentir dor...de prazer.

strap-on lésbica

A mulher sabe quais são os seus pontos mais sensuais e, norma geral, deliciam-se umas com as outras de uma forma frenética, luxuriante, fazendo do erotismo, a mais alta das performances sensuais.
A mulher gosta de dar e receber de uma forma carinhosa, como nenhum homem sabe dar, embora goste de receber.

O  lesbianismo existe e está cada vez mais enraizado nas sociedades modernas, onde o amor é “mais livre”, havendo inclusive muitos países que já aceitaram os casamentos gay - mulheres com mulheres - homens com homens - o que, para quem tem uma mente aberta, livre e saudável, só pode elogiar e louvar.

Qual a sua opinião sobre o lesbianismo?
.........

15 comentários:

  1. Gosto de tudo o que há no sexo...Gosto de tranzar com homem e com mulher. Não tenho nada contra as lésbicas ou gays aliás acho-os muito corajosos perante uma sociedade que viver a denegrir as pessoas.

    Não é nenhuma doença, muito menos tara, é apenas uma opção de vida, que todos deviam estar preparados, de mente aberta para saber lidar com a situação. Mas infelizmente estamos num "Mundo" de falsas politicas onde fodem tudo e todos, e todos se calam... Quando vêm uma Lésbica ou um Gay, credo cruzes canhoto, isto, ainda na mente de muita gente, embora tentem cobrir o sol com a peneira.

    Apoio, e apoiarei sempre os casamentos "gays"... todos temos direito à felicidade.

    Força aí às Lesbianas. Gostei das imagens
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Salomé Fonseca

      Obrigada pelo teu soberbo comentário. Mostras com esse pensamento ser uma mulher de mente sadia.
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Não tenho nada contra essas opções, cada qual segue a que quer e gosta. Considero-me uma mulher de mente aberta. Sou a favor dos casamentos com pessoas do mesmo sexo. Mas não sou a favor da adopção, por varias razões, mas é apenas uma ideia minha, pode ser que algum dia mude.
    Mas, adoro HOMEM.

    Gostei da postagem

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Aline Santos

      As orientações sexuais não é doenças, tara ou mania. É simplesmente uma vontade própria. Existem homens e mulheres Bi-sexuais, que não vêem qualquer problema em gozar o sexo de uma forma livre, espontânea, e saudável.
      Quanto à adoção será para uma futura publicação. É um tema interessante, reconheço
      Beijinho

      Eliminar
  3. Olhei as imagens e já nem consegui ler o texto, pois fiquei tão molhadinha que tive que, disfarçadamente - estou no trabalho -, ir ao wc para me limpar. Que imagens deliciosas.
    Bjos Vanessa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida Juliete Silves

      Que bom saber que ficaste assim louquinha de vontade. É prova que as imagens mexeram com o teu imaginário sensual.
      Beijinho querida

      Eliminar
  4. Vanessa... doença...???? Jamais....
    A Salomé Fonseca foi irretocável no comentário.....o Lesbianismo é uma doçura de situação.. o amor deveria ser sempre feito em 3......
    Aiiiii que delícia de chupadinha a primeira imagem...
    POST NOTA MIL!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá bom amigo PEQUENOS DELITOS RENOVADOS

      Grata pelo comentário que amei ler. Grata pela nota exagerada ao meu tema
      Volte mais vezes

      Eliminar
  5. Pois, embora goste muito de Homem, tenho perfeita noção desta situação, encaro na normalidade. É uma opção de vida e de gosto, Cada qual segue a vida que gosta e quer.
    Como mãe, prefiro uma filha lésbica, do que uma drogada, ladra ou assassina. Já o tenho dito muita vez, quer seja filha ou filho. Já muita gente tem metido as mão à cabeça por criticarem Lésbicas ou Gays, depois deparam-se com este caso portas a dentro.

    Parabéns Vanessa Flor pela postagem. Gostei e é sempre bom trazer estes temas.
    Obrigada.
    Beijoos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida amiga Anginha

      Gosto da tua forma de pensar. Estou contigo na opinião
      Beijinho

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Olá querida amiga chocolícia

      Já experimentaste sentir a doçura de outra mulher na intimidade?
      Respeito essa tua.....não vontade
      Gosto tanto de te ver aqui a comentar
      Beijinho

      Eliminar
  7. Há que encarar estas questões tão naturalmente como a sede, cada um opta pelo que acha melhor, assim como da fonte que bebe... ;)
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá bomamigo

      Este teu comentário prova que estás atento às coisas e factos relacionados com as questões sexuais. Concordo consigo na génese da questão
      Volte sempre
      Bjo

      Eliminar
  8. ACABEI DE CRIAR UM BLOG PARA CONTAR MINHAS EXPERIENCIAS SEXUAIS, FAVOR VENHAM CONFERIR http://contosdocesangel.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar