segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Entregámos nossos sexos... Saciámos a nossa carência.

Queria resistir-te. Mas ver-te nu foi a minha perdição. O teu pénis deixou-me louca de excitação. Estavas calmo, ofegante. Deixei vaguear a minha língua pelo teu pau erecto, duro como pedra, altivo como um guerreiro, doce como uma framboesa, sedutor como uma canção em doce melodia. 
Entrei em alucinação sensual. Não era eu que estava ali. Era sim a minha excitação, sensualidade, prazer e loucura por ti. Era a tua escrava. Eras o meu dono. Estavas irresistível. Perdi a noção do tempo, no desejo que geravas em mim.
Ofereci o meu sexo ao teu sexo. Ambos pulsavam de desejo. Queriam ser um do outro. Entregámos-nos às delicias da nossa excitação. Tu eras eu, eu era tu, na vontade de nos possuirmos, sermos donos do corpo um do outro. Desfrutámos de nós. Saciámos a nossa carência. Fomos unos.
.

10 comentários:

  1. Que delicia maravilhosa!
    Adorei

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Até fico alucinada com tanta excitação!! Bom demais!!

    Sussurros doces

    ResponderEliminar
  3. Um post bem caliente e maravilhoso!!

    Estou aqui:-->http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/
    Beijos e boa semana

    ResponderEliminar
  4. O texto é muito bom, mas a imagens, ui.. arrepiantes!!

    ResponderEliminar
  5. Jesus Cristo, fiquei fora de mim... tesão!!
    Ai Silvinha, dás cabo de mim, rapariga
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Adoroooooooooooooo Hummmmmmm deliciaa :-)))
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Vocês são excelentes a cada dia que postam..... sempre com excitantes artigos e imagens muito provocadoras, mas as nossas mentes, kkkkkk. Muito bom!!!!!!!!!!!!

    Beijocas

    ResponderEliminar
  8. Que Delícia!!!

    É assim que desejo ver as namoradas do meu Marido!!!

    Beijos da Améllia

    Me visitem: sexyamellia.blogspot.com.br

    ResponderEliminar