segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Provo-te......

Provo-te
Intensamente
Sinto o teu sabor
O teu elixir de amor
Seduzes a minha boca
Que te devora
Me deixa louca
Quero-te em mim
Agora

nu, BDSM, foda brutal, sexo oral, sexslave, vagabunda
.........
Provo-te
Quero-me em ti perder
Me saciar
Entregar-me
No prazer
Nas sensações me arrepiar
No sentir... Na paixão
Teu sexo saborear
"morrer" de tesão
.

5 comentários:

  1. Que delicia ao deitar da cama. kkk :-)

    Bjos

    ResponderEliminar
  2. Essa inagem é o que chamo selvajaria deliciosa! Puxar os cabelos e impor a sua força sexual...hummmmm....que tesão e poema "mui caliente" e apelativo

    ResponderEliminar