quinta-feira, 19 de maio de 2016

Uma banheira meia de água ... Alva espuma ... aquela mulher que nos preenche os sentidos ... e o amor acontece.

Escrever sobre sexo não é fácil. Existe quem goste que se fale no profundo da questão, apresentando nome e factos relacionados com doenças venéreas, entre outras sequências e/ou consequências do próprio sexo. Acho normal e aceitável. Mas, mais uma vez, lhes vou falar de carinho, meiguice, romantismo, ou não fosse eu, um poético sonhador, por genes e natureza humana

Lust Cinema - Life Love Lust - chp2 (16)

Por isso decidir falar-vos um pouco de um carinho tão vulgar como é o banho. Uma banheira meia de água, sais de banho em farta espuma e... aquela mulher que nos preenche a alma, o coração, os sentidos.

Lust Cinema - Life Love Lust - chp2 (18)

Poder-se-á dizer que nessa conjugação de elementos e valores está inserta a SEDUÇÃO em movimento. Acontece o Beijo, o toque pele com pele, a lubricidade do pensamento, o erotismo do imaginário, a emotividade da acção corporal.

Lust Cinema - Life Love Lust - chp2 (17)

O acariciar lenta e levemente o corpo feminino, sentir os seus seios hirtos e duros, os seus mamilos cor de purpura, a suavidade da sua pele, são "imagens" que "ferem" os sentidos do homem de completa volúpia sensual.


O sair da banheira, o enxugar, o beijo de sedução, qual volúpia de algo mais que, regra geral, ocorre quando esses banhos acontecem entre pessoas que se querem, se amam, se entregam, se desejam...


Chegados à cama, local de todos os sonhos e prazeres, o epílogo acontece, Sempre entre caricias, toques labiais de infinita excitação. O gesto, a penetração, o amor, no mais cálido e sensual arrebatamento corporal. A seguir... o sono retemperador ...

O que pensam sobre um banho assim?
.

10 comentários:

  1. 21h45. A chave que acaricia a fechadura confirma uma chegada tardia. A porta fechada, a gravata tirada e uma mala cansada, pousada lentamente no chão, denunciam o seu regresso a casa depois de mais uma maratona de fracassos e conquistas. Os seus passos parecem gritos, amplificados pelo desejo de um corpo nu sedento de afeto e prazer. As fotografias, penduradas nas paredes brancas do corredor, testemunham um atravessar pesado, escurecido e com muitas emoções contidas. Porta aberta. Um sorriso. Dois sorrisos. A acordar a visão, uma banheira cheia, uma espuma branca, e uma lista infindável de desejos que gritam em silêncio. Mais próximo, uma perna fora da banheira num convite irrecusável ao delírio. No meio da espuma, o altruísmo de dois mamilos que não conseguem (nem querem) esconder a excitação. Roupa tirada e a magia acontece. A fusão de línguas denuncia a união das almas. A adição de peles testemunha o descontrolo dos corpos. Na matemática do segredo, 1+1 é igual a 1. O barulho da água, qual mar tempestuoso, marca o compasso da paixão. Dois corpos. Uma alma. Despidos, num baloiço de gestos, de beijos e de ternura que se partilha. Dois corpos. Molhados pela água que acalma e exige um presente a dois... fresco, revigorante e sedutor.
    Banhos de espuma? Adoro! Beijo. Laura A.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Laura

      Leio calmamente ... interiorizo cada palavra, cada frase...e penso ... e penso ... e penso .... simplesmente, penso.

      .... comentário de uma excitação maravilhosa, qual conto de fadas, num imaginário a ... dois...

      Beijo Laura A.

      Eliminar
  2. Uma delíciaaa!! corpos desnudos em água já afloram desejos, atrelados a carinhos tão gostosos como os aqui relatados então uhh!! Já me foi dado este prazer e é muuuito bom!
    Bjs

    sublimefemalededomfa.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga {sublime female}_DOM FA

      Por vezes existem prazeres tão simples que... simplesmente pela sua simplicidade, nem são lembrados e por isso não apreciados, pelas pessoas adultas. Confesso que amo um banho assim como descrevi no texto

      Bjuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

      Eliminar
  3. Uma delícia, com toda certeza!
    Quanto a falar em sexo, as pessoas é que complicam, Nuno.
    Quem escreve geralmente fala para despertar a fantasia, como seu texto acima que descreve um banho de banheira que desperta no leitor o desejo desse banho.
    Na fantasia não cabem detalhes "técnicos" do tipo então ele parou para colocar o preservativo a fim de preservar doenças...
    Outrossim, às vezes vc lança debates sobre esses assuntos, fora dessas fantasias e é assim mesmo que deve ser, ao que, pela forma como trata, vc merece os parabéns.
    Fiquei uns dias ausente mas foi apenas o tempo que correu mais que eu... rs.
    Tenha uma linda quinta-feira.
    Deixo meu beijo para vc.

    http://odiariodaescrava.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga {Λїtą}_ŞT

      Sempre uma adorável simpatia...um encanto de comentadora e de mulher...Sem outras palavras

      Bjuuuuuuuuuuuuuuuuuu

      Eliminar
  4. Não tenho palavras para descrever tão soberbo artigo!
    Até me fogem os olhos só de apreciar as imagens, sonhando!

    Adorei
    Beijinhos, Nuno Filipe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Filipa Silva

      Fico feliz por gostares. Beijinhos para ti também.

      Eliminar
  5. No inicio de uma relação, emprestaram-me uma casa com uma banheira redonda. Rapidamente fui procurar um gel duche com cheiro de canela, não encontrei foi mesmo pêssego-manga...
    Estávamos tão cansados "do que tínhamos feito "durante a tarde que adormecemos no banho!
    É que nunca mais!

    ResponderEliminar