quinta-feira, 9 de junho de 2016

Alva brancura entre sexos molhados

Desejos, beijos, carícias, introdução
Sexos húmidos, delicias, suor de tesão
Lábios vaginais, sussurros, gemidos
Elixir que transborda, ais incontidos
Espasmos sentidos, sexos atrevidos
Silêncio da noite, flamejante
Palavrões soltos em coito ofegante
Carne ardente, delírios desejados
Cai a noite sobre os gemidos entrecortados
Pela volúpia, sexos devassos
Ritmo, sorrisos, afectos, compassos
Elixir de prazer, gozação, endiabrados
Alva brancura entre sexos molhados


29 comentários:

  1. Bravo Nuno.
    Dizem que uma imagem vale por mil palavras, este escrito demonstra bem que assim não é!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva caro madagascar 2013

      Sempre um bom amigo com palavras simpáticas

      Aquele abraço do Nuno

      Eliminar
  2. Nuninho do meu coração, andas a ver se eu tenho AVC morri a partir dos palavrões, só li blá, blá, blá, portanto assumo que esteja muito bom!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Pink Poison

      És um AMOR de amiga. O resto é ... imaginário

      Beijo do Nuno

      Eliminar
    2. Tu... não sabes do que é capaz o meu imaginário...

      Eliminar
    3. Pink Poison

      É um facto. Não sei. Mas acredita que gostava de saber. Gostava mesmo.

      Beijinho sedutor

      Eliminar
  3. Poemas, palavras, imagens, prazer
    Vibrações, tesão, como assim tem de ser
    Lábios pulsastes, segredos, pedidos
    Poesia que inunda os desejos contidos
    Silêncio da manhã pecador
    Mãos vibrantes que exalam calor
    Carne transpirada, lençóis molhados
    Um relógio que bate entre os sons abafados
    Pela vontade, sexo ardente
    Velocidade, timbre, numa fusão potente
    Perfume de si, corpos cruzados
    E no fim, o que fica? Sexos molhados... Beijo. Laura A.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia LAURA A

      Como responder a tão fabuloso poema? Deixas-me "embriagado", sem reacção, lool. Mas pronto cá vai:
      .
      Corpos cruzados, nus, ofegantes
      Vivendo o momento, não o depois
      Sexos molhados,desejos delirantes
      Que pena não serem os de nós dois
      ..
      Um beijo do Nuno

      Eliminar
  4. Bom dia Meu lindo!

    Sempre arrebatadores os teus poemas. De nos deixar de cabeça perdida quando deixamos a mente vaguear pelos mais excitantes imaginários.
    Imagem sublime, qual roxa derretida em lava...

    Bjos. És lindo ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Larissa

      Eu não sou lindo...Os teus olhos sim. E o teu coração também..

      Beijo do Nuno

      Eliminar
    2. Lindos os meus olhos? Achaste lindos? Hummmm :))

      Esse beijo só poderia ser de ti!:) :*

      Eliminar
    3. Lindos e majestosos...encantadores, arrepiantes

      Eliminar
  5. Nuno Filipe....
    Um belo momento poético, emoldurado por uma imagem espetacular!!
    Foi capturado o momento máximo do amor... o gozo líquido e que irriga o amor entre um homem e uma mulher!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva amigo PDR

      Sempre presente com palavras amigas. São amigos como o PDR que incentivam a que cada dia possamos escrever melhor e mais cuidado.

      Aquele abraço desde Portugal

      Eliminar
  6. Ô delícia!
    Lendo imaginei uma sessão de sexo de horas.
    Muito bom e gostoso o poema.
    Uma ótima quinta para vc.

    Beijos

    https://odiariodaescrava.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se o Poema é uma delícia. Sei sim, que a presença e comentário de tão ilustre amiga ( {Λїtą}_ŞT ) é pura DELICIA

      Beijinho do Nuno

      Eliminar
  7. Poema altamente calórico tanto nas palavras como na imagem. BOM DEMAIS. E eu aqui, imaginei-me sentada em cima dessa tua vela bem acesa, a derreter-te! rsrsrs

    Um sussurro ao teu ouvido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carolina Rodrigues

      Deixaste-me em "fogo" com este teu comentário. Agora como me refrescar?

      Beijo do Nuno

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Olá amiga Chocolícia

      És linda, sempre presente, uma grande amiga.

      Beijo em teu coração

      Eliminar
  9. A passar para mandar um beijinho de fim de semana prolongado :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Miúda

      Agradeço e retribuo. Brinca muito. Goza bem estas mini-férias

      Fica feliz

      Eliminar
  10. O Poema é lindo. A imagem faz uma mulher ficar a suar

    Beijo Nuno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sílvia

      És um amor de miga. Adoro Tuuuuuu

      Fica feliz

      Eliminar
  11. Mygood.. que desatino!!
    Fico pela nossa imaginação! Tão bom, este quadro perfeito!

    ResponderEliminar
  12. Que poema mais vulcânico que deixa um simples mortal ofegante e com uma tesão brutal.
    My God Nuno, me mata com cada imagem! Que deliciosa provocação, que elixir transbordando da gruta do prazer, da cratera fumegante! Hummmmmm, não podia ter escolhido melhor para este escaldante poema, Nuno!

    ResponderEliminar