segunda-feira, 6 de junho de 2016

Vertente BDSM e ... Outra. Qual prefere? Existem diferenças comportamentais e Sensuais?

A administração deste blogue, aqui por mim representado ( não sei é se é ao mais alto nível,,,loool) tem a felicidade de ser visitado e comentado por pessoas, amigas e amigos ilustres, com quem se pode debater temas que, de certa forma, nem está totalmente abalizada dentro de certas variantes sexuais. Falo, por exemplo, da vertente BDSM - " "Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo",  já algumas vezes aqui falado. Mas como da discussão nasce a luz...

Imagem n.º 1


Aqui parece existir algo parecido com Preliminar erótico. A mulher balançando em cordas/tiras de pano e um homem com um artefacto que, sinceramente, não consigo deslumbrar o que é, dando-lhe "palmadinhas" na vagina. Talvez essa esteja muito quente e o rapaz a esteja a refrescar ...

Imagem n.º 2


A mulher em posição de quatro, atada com cordas, com os braços/mãos atrás das costas, sendo que o preliminar aqui consiste em dar-lhe "palmadinhas" com um objecto, tipo régua, nas nádegas. A mulher parece sentir alguma dor. Será que essa dor faz parte do prazer? ...

Imagem n.º 3


Uma mulher com uma coleira e uma bola metida na boca recebe um género de preliminar da vertente DBSM, penso eu, que consiste em levar umas palmadas no peito/mamilo. Acho atroz. Para além de prejudicar gravemente a mulher ao nível de lesão no peito, não vejo onde possa existir prazer nessa acção. Haverá romantismo nestas três imagens que vos apresento?????

Imagem n.º 4


Agora reparem na imagem n.º 4. A mulher parece estar "relaxada" fisicamente, enquanto o homem, lentamente, com carinho, passa o pénis pelo seu clitóris e vagina, até iniciar a penetração.

Este imagem é sem qualquer dúvida o meu " BDSM". Sem violência física, mental e/ou espiritual.

Respeito quem é apologista da vertente BDSM. Respeito totalmente e sem quaisquer reservas. Mas o sexo meiguinho, oh santo milagreiro, que é tão, mas tão...tão romântico e ...BOM.

Falem e digam da vossa justiça
.

25 comentários:

  1. Para mim, violência, em nada de nada!!
    Única e simplesmente respeito quem gosta.

    Um Sussurro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carolina

      As imagens não mostram violência. Digamos que são unas carinhos mais viris, lool

      Bjuuuuuuuuuuuu

      Eliminar
  2. A imagem 2 corresponde ao que gosto, acontece que gosto de vez em quando, não pratico com frequência.
    As pessoas, em especial as preconceituosas, confundem gostar com praticar assiduamente. Gosto de estar amarrada e de sentir alguma dor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Pink Poison

      Gostas de levar umas palmadinhas na bundinha?... deixaste-me curioso e com o imaginário a fervilhar. É que adoro dar umas palmadinhas na bunda/nádegas da mulher, digamos que, daquelas que fazem um barulhinho de enlouquece os sentidos.

      Beijo doce

      Eliminar
    2. Violência? Violência é teres que chamar as autoridades porque foste espancada pelo teu marido num contexto não sexual. E isso eu já vivi. Certas palavras devem ser usadas com precaução e nenhuma mulher é amarrada e leva umas palmadas sem o seu consentimento. A prática de BDSM é algo de consentimento mútuo. Ser vítima de violência é sem consentimento.

      Eliminar
    3. Desculpem meter-me. Mas neste caso, dou razão à Pink Poison, sobre a violência. Nada é mais terrível, que a violência Doméstica.
      Neste caso, quando existe é de mutuo acordo. Quem gosta, gosta :)

      Bjos, Amiga

      Eliminar
    4. Tudo está bem quando acaba bem.

      Penso que a Carolina não quis ofender ninguém. Imagino que ela não misture as coisas e saiba que nada é mais terrível nem existe comparação possível entre a vertente BDSM e a violência doméstica. Tenho a certeza disso

      As agressões entre um casal são terríveis. Jamais deveriam existir. São sem dúvida uma cobardia. Não gosta, separa, cada um segue o seu caminho e nada de violência física e/ou intelectual.... a não ser
      -
      Aquelas "palmadinhas" gostosas na bundinha, eheheheeheh

      Eliminar
    5. Mas não foi para ninguém que me referi, vi aqui a palavra violência mal empregue. E dei como exemplo, a minha experiência de violência doméstica que também é moral e psicológica.

      Eliminar
  3. Olá, Nuno.
    Em primeiro lugar quero reafirmar que, de minha parte, não faço apologia ao BDSM. Posto sobre o que vivo e não considero isto apologia, em absoluto.
    As imagens que vc mostrou não têm a ver com carinho e sim com prazer, é a finalidade do jogo e sim, essas pessoas estão sentindo prazer nessas práticas, por isso as estão praticando.
    São sádicos e masoquistas.
    Esclareço também que não há violência, repudiamos agressão, essas práticas são consensuais e é por isso que se diz que "BDSM é um jogo para adultos", uma frase que é clichê no meio.
    Gostar de BDSM não faz ninguém melhor ou pior, apenas diferente. O desejo humano é ilimitado e, inclusive, o universo dos fetiches é imenso, diria até que infinito e não existem apenas essas duas formas, a "normal" e a SM de praticar sexo. Existem infinitas outras formas como os que praticam age play, por exemplo, pet play, podolatria... e nenhum desses é necessariamente BDSMer.
    Outro esclarecimento é que vc mostrou imagens de castigos, não estão praticando propriamente sexo.
    Para vc uma semana de alegrias, luz, paz e amor.

    Beijos

    http://odiariodaescrava.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga Vita

      Queres saber uma coisa? ADORO OS TEUS COMENTÁRIOS E ENSINAMENTOS

      Beijinho doce

      Eliminar
  4. Não à violência!
    De todas prefiro a ultima.
    Bom post

    Bjo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Larissa

      Aquilo não é violência. São palmadinhas e toques de amor, lool

      Fica feliz

      Eliminar
    2. Dar pancadas na vagina, mas propriamente no clitóris, são toques de amor?...Pois, será de facto. São gostos.
      Até murchava mais rápido.

      Eliminar
    3. Brinquei... para mim sou sem dúvida apologista da última imagem. Das outras não, embora dar umas palmadinhas nas nádegas da garota, goste de dar... Ouvir aquele barulho seduz-me e excita-me , lool

      Eliminar
    4. Se as tais palmadinhas não provocarem dor a fim de que, a tesão se vá com ela, ainda vá...tá-se bem, vamos lá..

      Bjos

      Eliminar
  5. Não sou a pessoa mais indicada para comentar. Não gosto nem de palmadinhas suaves. Enerva-me. :) Não condeno nem critico os gostos de cada. Respeito, apenas.

    Adoro os carinhos, nem que seja assim, pelo canto da cueca.


    Beijos
    Semana feliz

    Prazeres e Carinhos Sexuais

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Dalila

      Nem de palmadinhas suaves... respeito os teus gostos... mas olha que umas palmadinhas meiguinhas são de uma volúpia e erotismo difíceis de igualar...mas pronto. Não gostas, não gostas...

      Bjuuuuuuuuu

      Eliminar
  6. Como tudo na vida, é preciso variar. E quando dois querem, os dois fazem! Muito bom
    As palmadinhas são o arranque para a coisa. :P

    Bjus querido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Juliana Marques

      Nem mais... nem mais

      Uma "palmadinha" gostosa em tu...

      Eliminar
  7. Já tenho dito...o sexo deve ser empático e vale tudo se estiverem os dois ou três em plena simbiose. Se a mulher gostar de palmadinhas na vagina porque não receber? Gostos não se discutem! Eu não gosto mas não condeno! A última é que me deixava KO em segundos! Humm que delícia e o Nuno "acertou na mouche" com esta escolha capaz de causar a erupção vaginal com a intensidade duma vulcânica!

    ResponderEliminar
  8. Gosto...gosto..goooostoo!!
    Amo as tais palmadinhas e mais alguma coisa...hehehe
    porém existem limites pra tudo.
    concordo com a PINK e a {Λїtą}_ŞT.
    beijos

    sublimefemalededomfa.blogspot.com.br

    ResponderEliminar