domingo, 24 de julho de 2016

Olhares atrevidos perante imagens sensuais e provocantes. Como reagiria perante esses factos?

Hoje é domingo. Dia de missa, passeio até à praia, sentar numa esplanada, enfim, desfrutar do merecido descanso, em férias, ou de uma semana de trabalho. Por isso hoje não vos vou mostrar imagens de sexo mas sim de luxuria e sedução. Gostaria que respondesse com sinceridade às perguntas:


Pergunta 1 : Imagine que está chegando à praia e à sua frente está uma garota assim vestida com o vento a levantar-lhe o vestido. 

- Pára, ficando a olhar de forma fixa?
- Pára e fica a olhar de forma disfarçada?
- Não pára nem liga nenhuma?
- Se for acompanhado/a como acha que reagirá essa pessoa, caso se aperceba de algo?



Pergunta 2 : Imagine que está no Shopping, ou numa loja de roupa, e ao passar junto ao provador, repara que esse tem uma ligeira abertura, onde se vê imagem análoga.

- Pára, ficando a olhar de forma fixa?
- Pára e fica a olhar de forma disfarçada?
- Não pára nem liga nenhuma?.
- Alerta a pessoa para o facto da existência da abertura?
- Se for acompanhado/a como acha que reagirá essa pessoa, caso se aperceba de algo?


Pergunta 3 : Imagine que entra no metro, comboio, ou outro transporte público e à sua frente encontra-se uma menina assim vestida mostrando o seu dote físico mais belo.

- Pára, ficando a olhar de forma fixa?
- Pára e fica a olhar de forma disfarçada?
- Não pára nem liga nenhuma?
- Alerta-a para o facto da saia estar muito levantada?
- Se for acompanhado/a como acha que reagirá essa pessoa, caso se aperceba de algo?


Pergunta 4 : Sendo mulher, imagine que está no Shopping, ou numa loja de roupa mista, e ao passar junto ao provador, repara que esse tem uma ligeira abertura, onde se vê imagem análoga.

- Pára, ficando a olhar de forma fixa?
- Pára e fica a olhar de forma disfarçada?
- Não pára nem liga nenhuma?
- Alerta-o, ou alerta alguém da loja, para o facto da existência da abertura?
- Se for acompanhada/o como acha que reagirá essa pessoa, caso se aperceba de algo?
.............................
Gostaria de ler a vossa opinião seja de leitor ou leitora

Feliz Domingo.
.

8 comentários:

  1. As 3 primeiras imagens eu fico o olhar, mordo os lábios, passo a língua nos lábios e fico olhando até a imagem ir embora ou fechar a porta do provador....
    A última imagem.. eu não entro em loja de roupa mista.... kkkkk
    Mas a terceira imagem (da menina no metrô) é deslumbrante.. eu chegaria perto dela e elogiaria teu belíssimo "dote vaginal"...
    Belo post!!!

    ResponderEliminar
  2. Pergunta 1:
    Não paro, talvez olhe de passagem. Praia combina com pouca roupa e corpos sensuais...a imagem estaria no contexto do local. Até por que, estando acompanhado, minha companheira iria me vigiar ao extremo percebendo tamanha gostosura.

    Pergunta 2:
    Paro e olho de forma disfarçada. Espero a moça terminar de se vestir, e então dou uma ligeira batida na porta para avisá-la, com uma piscadela sacana, que ela precisa ser mais "cuidadosa". Aqui é melhor estar desacompanhado.

    Pergunta 3:
    Paro e olho de forma fixa. Quem sai da casa vestida assim quer mesmo é intensidade na vida. Vou além, elogiando sua beleza e ousadia, e arremato com um convite para um café. Obviamente estarei desacompanhado.

    Pergunta 4:
    Não paro, pois tenho que ir correndo chamar a polícia....atentado ao pudor...kkkkkkkk

    ResponderEliminar
  3. Bem, mulheres não são tão visuais quanto homens mas eu olharia em todos os casos, disfarçadamente, até pq há imagens muito sensuais aí que com toda certeza me chamariam a atenção.
    Mas, falando francamente, enquanto exibicionista eu estaria muito melhor na posição dos modelos fotografados e adoraria que olhassem ;)
    Que sua semana seja grandiosa em alegrias.

    Beijos de {Λїtą}_ŞT

    http://odiariodaescrava.blogspot.com.br/


    ResponderEliminar
  4. Directamente da praia e torradinha, nem de propósito!

    A) Temos sempre tendência a não disfarçar, mas quando pela mesma somos olhadas(os) nem sabemos para que lado olhamos, kkkkkkk impossível não olhar sem disfarçar...
    .
    B)- O cenário é o mesmo. Quando vou ao provador, olho para todo o lado, não vá haver comeras escondidas. Todo o cuidado é pouco. Mas estas cenas aos olhos dos homens, ai minha nossa senhora.. kkkkkkk

    C)Ou seja, podia a moça ter ido ao WC e ter-se esquecido de puxar o cinto para baixo. Sim isso é um cinto e não uma saia. O que vale é que estava de costas. kkkkkkkkkk impossível ficar indiferente.

    D) O gajo todo jeitoso, foi aos Pokémons, como não tinha onde os levar, meteu-os nas cuecas... Já pensaram o que lhe podia acontecer?
    É que com a febre dos pokémons e afins, podia ele ficar sem nada, ou seja ser caçado. kkkkkkkkkkkkk ... Não olhar? como não olhar? quem consegue disfarçar??

    Por fim; Se formos acompanhadas(os) olha tentamos distraí-los com outras coisas, kkkkkkk

    Nuno Filipe. Desculpa a brincadeira... atrevia-me a dizer que a foto era tua! :-)

    Bjos. Parabéns pela postagem, como sempre.

    ResponderEliminar
  5. Óh Nuno, tu metes-nos em cada alhada!! :))
    Então, é claro que o ser humano é curioso, e tende a olhar sem disfarçar. Eu pelo canto dos óculos de sol gosto de olhar.

    Aquelas dos provadores, é preciso cuidado. Uma coisa eu sei, as roupas intimas, não se experimentam. hehhe Mas Imagina que é surpreendida, olha que, nos provadores fazem-se coisas lindas.

    A mim já em aconteceu ir à casa de banho e a saia ficar presa, mas da parte de trás. Neste caso, ela só podia estar calor.

    A última, may good o que é aquilo?? É um jovem cheio de vida! Parabéns. Não tenho sorte nenhuma, nunca encontro assim um monumento hehhehe

    Beijinhos gostei muito!

    ResponderEliminar
  6. Pergunta n.º 1: Certamente que eu olharia e tentaria descobrir algo além dos vestidos. Tenderia a uma discrição que poderia ser maior ou menor conforme o ambiente do lugar.

    Pergunta n.º 2: Por mais atrativo que seja olhar (não nego que tentaria ver), vejo aí uma questão de ordem ética. Pois, levando em conta os valores sociais ainda vigentes quanto à nudez e que, a princípio, a pessoa esteja se despindo sem qualquer intenção de exibir-se, considero que teria o dever de alertá-la quanto ao mau fechamento da porta. Claro que pode haver a hipótese de ela querer se exibir e, recordando o psicanalista Sigmund Freud, cabe a indagação se um eventual esquecimento não teria sido intencional? (rsrsrs)

    Pergunta n.º 3: Certamente que iria olhar por considerar aí uma intenção maior de ela querer se exibir mais do que na primeira imagem que se passa numa praia onde, independente de ser lugar oficial de naturismo, o despir-se para banho tem um sentido muito diferente de um local urbano movimentado tipo os transportes públicos. Dentro do nosso contexto cultural, ali ela estaria mesmo pedindo para ser vista e, obviamente, aumentaria a minha discrição se estiver acompanhado por quem se sinta desrespeitado pelos meus olhares.

    Perguntas n.º 4: Prejudicado (termo usado nas perícias nas respostas aos quesitos) rsrsrsrs

    ResponderEliminar
  7. O meu agradecimento geral a todos os visitantes e em particular a todos os comentadores/as que tão brilhantemente esmiuçaram o tema.

    Una mais atrevidos, outros mais tímidos, mas todos uns bons "marotos/as", lool

    Abraço a quem for de abraço
    Beijo a quem for de beijo

    ResponderEliminar
  8. Em qualquer dos casos avisaria a pessoa, para o caso de não estar a contar com o que se estava a passar :)

    ResponderEliminar