sexta-feira, 15 de julho de 2016

Quando uma Oleira trabalha o "barro" e se acaba o óleo, o milagre da olaria, acontece.

Hoje vou cantar-vos uma pequena estória de Olaria/cerâmica. Olga Rufes é Oleira. Trabalha o barro, criando peças de cerâmica. Certo dia surgiu-lhe, em encomenda privada, uma peça em "bruto" a fim dela a trabalhar no intuito que, dessa surgisse, uma obre de pura arte.


Era um "barro estranho" que, disse a alguns amigos, lhe pareceu ser uma peça praticamente feita, só precisando de uns toques de manutenção. Dessa forma e na sua qualidade de Oleira, colocou sobre a dita peça, a mão, a fim de poder aquilatar da qualidade do "barro".


Vestida a rigor, untou as mãos de um óleo especial, normalmente usado pelos oleiros/as e começou a trabalhar o dito "barro" de forma a que, desse, pudesse sair uma ( mais perfeita) obra de arte.


Oleira experiente logo começou a trabalhar a "peça de cerâmica" com as duas mãos, mostrando toda a sua mestria na arte de bem trabalhar as "obras" que se propunha fazer.


Experiente como era na arte da olaria rapidamente entrou nos últimos pormenores ou seja nos acabamentos finais.


E daí passar a utilizar apenas uma das mãos visto que a peça pedia uma maior velocidade de acabamento a fim dos contornos ficarem no pico da perfeição.


Reparou então que o óleo usado na peça tinha secado. De repente, perante o seu espanto, constata que se havia dado o milagre do "barro". É que a peça, quase por magia, expele fartas gotas do dito, o qual, apenas derivava no género: - mais branco e mais espesso.

Há coisas fantásticas, não concordam?


34 comentários:


  1. Bom dia meus amigos. Em especial para o Nuno, autor do post.

    Antes de mais agradeço por me deixarem feliz logo de manhã, sim, a rir, mas com vontade. A maneira como este post está escrito é, de pura e fina ironia.Nem aproposito à que às 13 anos atrás trabalhei numa cerâmica e sei como o barro era trabalhado. O óleo tem de ser de qualidade. As oleiras têm que trabalhar a peça com carinho. O toque final é sempre o mais importante, para que não rache.
    Claro que não trabalhei na cerâmica das Caldas, mas poderia ter sido. Gostava.
    É que fazer " bonecos" destes não é para qualquer pessoa, aperfeiçoá-los muito menos. Olga, nota-se, que o que faz é com amor. soube muito bem tornear a peça. Talvez, na minha maneira de ver, tivesse utilizado óleo a mais. Peça pronta, explodiu o que tinha a mais. Significa que a peça ficou na perfeição.
    Gostei do colete dela. Por vezes as peças partem e a pessoa tem o azar de levar com elas. Nada como um colete assim :P :))))

    Gostei tanto, que me deu vontade novamente de ser oleira.
    Um bom fim de semana

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Salomé Fonseca

      Como fico feliz de saber que ficaste feliz com a visualização da publicação

      beijinho em tu.

      Eliminar
  2. É quase a história do Pinocchio que, em lugar do nariz grande...
    Bem, muito divertida além de excitante. Dá para fantasiar uma "criação" dessas, o que seria uma verdadeira delícia! Grande inspiração, Nuno!
    A vc, uma maravilhosa sexta-feira.

    Beijos

    http://odiariodaescrava.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga Vita

      És um amor de amiga. Sempre presente, irradiando simpatia.

      Beijo doce.

      Eliminar
  3. Uma trabalhadora exemplar. Uma postagem de luxo.Parabéns

    Bjus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aline Santos

      Uma mulher linda que sabe reconhecer o trabalho sábio de uma Oleira

      Beijo Oleirado, lool

      Eliminar
  4. Olá!

    Assim como a Salomé também gostei do colete dela. Bem inspirador.

    Pelo que observei nas imagens, o homem estaria amarrado e "indefeso" diante da poderosa mulher (rsrsrs)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva caro Rodrigo PH...

      Um forte abraço para um grande amigo deste cantinho

      Confesso que nem tinha pensado que o homem estaria amarrado e indefeso. Mas se calhar até tem toda a razão. Coitadinho deve ter "sofrido" tanto, lool

      Abração

      Eliminar
    2. O que a experiência deve instigar no homem que se deixa dominar pela mulher tal como nas fotos, aponto de ser amarrado, seria deixar que ela possa satisfazer-se com ele e determinar como e quando irá lhe proporcionar prazer. Pode haver algum "sofrimento" na espera ou então se for usado método sádico que cause dor física (aí já não curto). Porém, havendo confiança na pessoa e acordo prévio sobre o que não fazer, a experiência parece ser gostosa.

      Abraço.

      Eliminar
  5. Meu amigo, que grande inspiração! Que grande boneco. Que belas mãos. Quem não queria assim ser assim, numas mãos belas e deliciosas? Hummmm excelente!

    Aquele abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João Pedro

      Pois quem de nós homens não gostaríamos de ser o "barro" que aquela linda e habilidosa Oleira sabe trabalhar, não é verdade?

      Aquele abraço

      Eliminar
  6. Há coisas realmente fantásticas! Não é que a obra ficou mesmo perfeita! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. loveyouzizi

      Chama-se a isso: A Arte de bem trabalhar o "barro", lool
      Grato pela visita que já retribui

      Fique feliz

      Eliminar
    2. Nuno, em relação aos nomes aparecerem em branco no meu blog, não estou a ver o que será porque ver fiquei em vários suportes (PC e outros 2 telemóveis) e aparecem a preto. O meu Zizi disse que, assim que pudesse, pelo sim pelo não, iria verificar as definições.

      Eliminar
    3. Nuno, em relação aos nomes aparecerem em branco no meu blog, não estou a ver o que será porque ver fiquei em vários suportes (PC e outros 2 telemóveis) e aparecem a preto. O meu Zizi disse que, assim que pudesse, pelo sim pelo não, iria verificar as definições.

      Eliminar
  7. Aqui no Brasil "barro" é outra coisa...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chocolicia

      Conta-nos tudo. O que quer dizer "barro" aí no Brasil?

      Eliminar
    2. 0s gays fazem a chuca - introduzir a mangueirinha no reto e fazer a lavagem estomacal - assim evita o "acidente" não muito limpo que é denominado barro!
      Não só os gays, como também as mulheres! Coisa mais trabalhosa é dar o ânus!

      Eliminar
  8. O google desativou a minha conta dizendo que violei os termos (nunca compartilho nada, não entendo), mas não importa mais.
    Perdi mais de 3 anos dedicados com carinho.
    Estou a começar do zero.
    Me aguardem, nos veremos por aqui...
    Bjks da Leoa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente a internet estabelece uma espécie de ditadura em relação aos usuários da rede que podem ser vítimas de denúncias vazias ou mesmo de vírus que passam a usar sua conta sem que haja permissão. O que expôs leva-nos a refletir sobre a necessidade dos blogueiros começarem a armazenar cópias das postagens feitas.

      Eliminar
    2. Overdoses Of Orgasms 2

      Por vezes acontecem coisas extraordinárias. Aconselho-a, caso não tenha, a colocar o blogue com um alerta de que o blogue contém textos sobre sexo. Se estiver assim a Google não fecha os blogues. Não tendo, mais cedo ou mais tarde, fecha-os... Deixo o alerta.

      Grato pela visita.

      Eliminar
    3. Overdoses Of Orgasms 2 ( tentando ajudar )

      Querendo, clique em design... depois definições ... depois em baixo, em OUTROS. A seguir vai aparecer .. Conteúdo para adultos. Clique na setinha e depois clique em SIM.....Fica visivel o ... SIM..

      Desta forma nunca mais lhe vão fechar o blogue. Caso contrário... mais tarde ou mais cedo, fecham-no

      Eliminar
    4. Obrigado querido, mas pior que tudo isso foi feito!!
      Mas vamos recomeçar aos pouquinhos...
      sem pressa... Como o SEXO!!!!!

      Bjs da Leoa

      Eliminar
  9. Eu preciso encontrar essa olaria e essa oleira!!!
    EU ia adorar ser trabalhado por uma oleira dessas!!!!
    Que mãos hábeis e laboriosas... adorei !!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. PEQUENOS DELITOS RENOVADOS

      Também eu a queria encontrar meu amigo, lool
      Penso que estará algures em ... algures por aí, lool

      Grande abraço

      Eliminar
  10. Uma cerâmica que fabrica assim estas coisas e tem pessoas como esta oleira, só pode ter o certificado de qualidade.
    Nuno, este post está o máximo, tem tanto de belo como de divertido. PARABÉNS

    Beijinhos

    Prazeres e Carinhos Sexuais

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dalila Lopez

      Sempre uma simpatia, deixando palavras de carinho

      Beijocas.

      Eliminar
  11. Claro que há coisas fantásticas:Acabo de chegar da praia, e entrei aqui, preguei os olhos ao ecrã, a apreciar quão belo é trabalhar "o barro" Óleo de uma qualidade, que, como tudo, tem uma medida certa, quando a peça tem óleo a mais, a Oleira pode ser surpreendida, como foi.
    Divertido...excitante...provocante a ponto de nos acelerar a libido e faz muito bem aos olhos, o teu post! Amei.

    Bjos ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Larissa Santos

      E hoje esteve um dia de praia fantástico. Imagino-te bronzeadinha...

      Beijo

      Eliminar
  12. Mãos de fada que manejam obras de arte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Raquel Pinto

      Não haverão outras mãos assim?

      Beijinho

      Eliminar
  13. Oh Nuno: Foste às massagens? kkkkkkkkkkkk Olha que terminei à um ano o meu curso de massagista. Para amigos faço um jeito, é sem fins lucrativos. Belíssimo Post. Como alguém diz; Com certificado de qualidade. Olha, gostei muito, pronto!!!

    Um sussurro..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carolina Rodrigues

      Não, não fui às massagens mas... tenho aqui umas dorzitas que bem precisavam de uma massagem relaxante, quiçá erótica

      És linda. Beijinhos

      Eliminar
  14. Uiiiii que conto mais original e sedutor! A olaria é uma arte que aprecio e os oleiros têm uma agilidade brutal como podemos ver nessas imagens!Que perícia e que toques vibrantes até chegar ao produto "final" e um milagre aconteceu! Um óleo natural zorrou do barro que até regalou a mente e não só!
    Parabéns Nuno Filipe, pela capacidade de improvisar e imaginar contos de arrasadores.

    ResponderEliminar