quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Viajei em ti ... molhando tua pele suave e libidinosa

Deixei em teu corpo meu creme indolente  
Como oferenda do teu modo de me querer
Quando o sexo é tudo o que une a gente
Espalho em ti todo o delírio desse prazer

1000et1nuits-plancul:
“Plan #cul
”

No libertino desse teu lindo corpo desnudo
Viajei pelos contornos e suaves montanhas
Perdi-me e em tua pele quente deixei tudo
Depois de em gozo, molhar tuas entranhas
.

10 comentários:

  1. Hummm senti-me envolvida neste maravilhoso momento. Lindo de mais.

    Bjos

    ResponderEliminar
  2. Oláaaaaaaaaa :)))

    Beijinho melado da bunda dela..

    ResponderEliminar
  3. Nuno: Mataste-me com este poema arrebatador, sensual, excitante... Hmmmmmmmmmmmm ai Nuno, Nuno...

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Lindo! Permite-me!!
    .
    Num corpo ardente como o meu
    Onde o desejo é constante
    Imagino-me em viajem excitante
    Em fogo que explode o corpo teu

    Se nesta viagem eu te apetecer
    Aproveita, vai até ao fundo
    Contigo nada é tão profundo
    Que este mel jorrado com prazer.

    Um sussurro.

    ResponderEliminar
  5. Não há nada como um excitante e óptimo término... Excelente imagem

    ResponderEliminar
  6. Carolina, sentí meu corpo arder com o teu sussuro.

    Um beijo

    ResponderEliminar
  7. Linda a conjugação do poema/imagem. Delirante mesmo

    ResponderEliminar
  8. Perdi-me...nesta viagem pelos caminhos do prazer...
    Que caliente e provoca uma erupção mental em segundos!
    Muito bom Nuno Filipe!Até a imagem é qualquer coisa...

    ResponderEliminar