sexta-feira, 30 de junho de 2017

UROFILIA/CHUVA DOURADA: Tara/fetiche, ou simplesmente um acto de excitação sexual?

Hoje vou falar-vos um pouco sobre Urofilia, que defino como sendo e/ou consistir: " Na excitação sexual associada ao ato de urinar ou receber o jacto urinário do parceiro/a, sobre o corpo e/ou beber a dita"

Existe quem considere esse acto, uma Tara, um Fetiche, ou simplesmente uma forma diferente de excitação luxuriante e erótica, de estar e fazer sexo, com a parceira/parceiro.

Existem várias modalidades na Urofilia embora todas associadas umas às outras. 

A Urofilia consiste em o parceiro/a urinar para cima do outro, para o corpo, ou para a boca, pois existem homens e mulheres que gostam de beber esse liquido denominado urina.
Os ingleses chamam a esse acto water sports, ou seja banho dourado. Nós usamos mais o nome de: Chuva Dourada. 

É verdade que existem outras denominações, mas não me vou alongar muito, pois do que interessa falar, é da essência da acção, e não, dos vários nomes com que é designada.

Algumas pessoas, são de opinião que a Urofilia está ligada a práticas sadomasoquistas ou bondage (Fonte de prazer que consiste em amarrar e imobilizar o parceiro ou parceira).

Outras, não concordam e são de opinião que é apenas o prazer erótico que se consegue alcançar com o acto de urinar sobre a parceira/o.

Decerto que muitos leitores e leitoras perguntar-se-ão: Mas não existem PERIGOS com esse acto, para além de uma questão de higiene, sendo que esta ( questão-higiene) é simplesmente uma escolha dos intervenientes. Claro que sim, que existem perigos.

Perigos: 

Se a urina for espalhada somente sobre a pele, dizem os clínicos entendidos que, não causa qualquer perigo para a saúde dessa pessoa. Lavagem e... está como novo.

O mesmo já não acontece se, a urina for cair sobre alguma fissura ou ferida aberta. Isto porque a urina pode estar infectada com uma infecção bacteriana, e assim, essas bactérias em contacto com essas membranas mucosas ( feridas) podem causar infecções que devem ser de todo evitadas.

Existem homens/mulheres, que adoram que, urinem para dentro da sua boca. Gostam de beber a urina da parceira/o, acto que para eles/elas, é uma prova de amor e de entrega sexual total.

Também é verdade que, talvez, uma grande parte dos adultos sexualmente ativos, consideram a Urofilia, uma acção simplesmente BIZARRA, uma TARA, puro FETICHE dentro da vertente sexual.

Seja o que for, sou de opinião que, é de evitar beber a urina, ou deixar que essa toque os olhos, boca, uretra, ânus, garganta, etc. 

E porquê?:

Todos nós sabemos que a urina pode ser portadora de determinados fluidos corporais, que podem dar origem a infecções de transmissão sexual. 

A pessoa que recebe pode adquirir uma DST (Infecção Sexualmente Transmissível), ou outras doenças, pois existem infecções variadas, sendo normalmente catalogadas, de menor ou maior gravidade. Mas graves são sempre.

Claro que, se a pessoa que urina, NÂO estiver infectada com a SIDA ( Doença grave provocada pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH), o perigo é menor. 

Mas, e existe sempre um mas, evitar é sempre a melhor decisão a fim de que nada de mal aconteça. É que os problemas de doença sexual não acontecem só aos outros.

Não sou de ideias fixas. No entanto tenho a minha opinião - que venho dando através do texto - sobre a Urofilia, como sei e/ou imagino que, todos os meus amigos leitores e queridas leitoras, também têm.

É essa opinião que vos solicito que aqui deixem expressa. Faz? Não faz? Critica quem o faz? Alguma vez o faria?

Vamos nessa?
.

19 comentários:

  1. Bom dia Nuno

    Para mim é uma TARA sexual que nunca tive, não fiz, nem farei. Mete-me nojo essa vertente, mas sei que muita gente se delicia com essa prática. Um grande tema para discussão

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde Lenita

      Respeito a tua opinião, como não podia deixar de ser.
      Beijuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu em tu...

      Eliminar
  2. Nuno Filipe
    Este artigo brilhante deixa-me "incapaz" de o comentar como merece! Para mim, não passam de taras e manias, kkkkk. Realmente há gostos para tudo. Como diz a nossa Lenita, é um nojo. Digo eu.
    De qualquer forma, é um artigo que merece ser lido, reflectido e discutido, por quem, melhor que eu, o sabe!!

    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Larissa Santos

      E Taras e Manias quem as não tem?

      Beijinhos

      Eliminar
  3. Bom dia Nuno Filipe, demais administração deste maravilhoso blogue, visitantes sejam ou não comentadores. Permito-me dar uma opinião, pedindo desculpa por ser um pouco extensa mas penso que o tema, pela sua complexidade assim o exige.
    ........
    Sempre se discutiu e continuará a discutir o tema UROFILIA. O amigo Nuno Filipe traz-nos um assunto muito interessante que merece ser lido com atenção e requer muita reflexão. A Urofilia não é mais que um FETICHE Sexual, mais conhecido por CHUVA DOURADA. É uma fantasia que consiste em uma pessoa urinar sobre uma outra.

    Existe até quem considere a UROFILIA uma parafilia – categoria clinica na qual se inclui problemas psíquicos no que concerne à sexualidade, normalmente tendo como característica por uma certa obsessão de alguém por uma vertente sexual que não é aceite pela maioria dos adultos -.

    Estudos médicos, inclusive, a UROFILIA, até é inserida e complementada como sendo um distúrbio, como é, por exemplo, a pedofilia e a necrofilia ( atracção sexual por cadáveres)
    Embora não se possa considerar uma prática digamos que universal entre parceiros, a verdade é que existe, e pode ser praticada por todos os géneros de casais sejam heterossexuais ou homossexuais.

    É inaceitável que uma pessoa pratique a UROFILIA sem o consentimento do parceiro/a. Tal ato nunca deve acontecer pois se assim for entra na obsessão, dentro e inserta em qualquer outra parafilia. Fazê-lo sem a concordância prévia de ambos, pode levar ao términus de um relacionamento que, aos olhos e por verdade, até era lindo e maravilhoso. A concordância tem de ser total e do agrado de ambos.
    Acontece também que muitos clínicos consideram a UROFILIA um problema psicológico, cuja obsessão requer tratamento.

    O texto do amigo Nuno Filipe fala em perigo para a saúde para quem pratique a UROFILIA. Concordo na íntegra. Com a sua permissão, oferece-me dizer algo mais do que já foi – muito bem . explanado pelo amigo Nuno.

    Vamos então falar um pouco sobre os perigos da Urofilia,
    concretamente da urina sobre o corpo humano.

    Para além de causar graves problemas no relacionamento, quando praticada sem o mutuo consentimento, como em cima referi, torna-se necessário ter em atenção alguns aspecto muito importantes, que envolvem a génese: saúde

    Está cientificamente comprovado que a urina humana é estéril – não causa qualquer efeito maligno-. Mas isso é apenas quando está limpa e desacompanhada de fungos, vírus, bactérias, ou quando quem a expele não é portador de qualquer outra doença. A verdade é que raras são as pessoas que sabem que a sua urina está infectada com quaisquer das doenças que atrás enumero.

    Continua »»»»»»

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Continuando »»»»

      Alguns problemas que podem surgir quando se bebe ou é introduzida no corpo de outrem através de introdução vaginal ou anal.

      Hepatite B » Esta doença pode ser transmitida através da urina, caso essa não se encontre em estado estéril.

      Herpes Genital » Como se diz no texto do Nuno Filipe, pode acontecer que existindo feridas abertas ou outras fissuras corporais, a doença possa entrar através de molhado com urina. Pode também acontecer através do parceiro urinar sobre os órgãos sexuais da parceira, mesmo que não exista penetração.

      Clamídia » ( Doença sexualmente transmissível (DST) mais comum em todo o mundo. Essa DST muitas vezes é silenciosa e pode afetar tanto homens quando mulheres, não tem tratamento difícil)

      Gonorreia » (Gonorreia é uma doença sexualmente transmissível (DST) comum, que afeta tanto homens como mulheres. É causada pela bactéria Neisseria gonorrhoeae, também conhecida como gonococo.

      Qualquer indivíduo que tenha qualquer prática sexual pode contrair a gonorreia. A infecção pode ser transmitida por contato oral, vaginal ou anal )

      Clamídia e Gonorreia: essas são as duas doenças sexualmente transmissíveis mais comuns e ambas podem ser transmitidas caso haja ingestão de urina contaminada.

      Infecções Fúngicas » É uma doença grave para não a catalogar como gravíssima a fim de não assustar quem me lê. Mas a verdade é que esta doença pode levar o seu portador à morte. Esta doença pode ser transmitida atrás de urina contaminada.

      Pelo exposto considero que a UROFILIA uma vertente muito perigosa para quem a pratica. Como diz o Nuno Filipe no texto, as doenças não acontecem só aos outros.

      Espero ter contribuido para um melhor esclarecimento sobre os malificios que a prática da UROFILIA pode ter para os humanos que a praticam.

      Um beijinho para todos em especial para o meu querido amigo Nuno Filipe.

      Eliminar
    2. Boa tarde querida amiga de longa data, Vanessa Flor

      Fiquei tão feliz com a tua presença e comentário, qual texto elucidativo, que muito elogio e agradeço... de coração

      Beijinhos daqueles...

      Eliminar
  4. Bela explicacao a tua gostei do teu texto nunca fiz ou faria axo isso uma tara sei de quem o faz e adora mas so entre eles (casal). Ha perigos associados sim por issp quem faz tem de tar ciente com quem o faz.bjokas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde Paula Silva

      Também nunca fiz, e acredito, que nunca o farei, mas respeito quem o faça

      Beijinhos doces e ternos

      Eliminar
  5. Nunca fiz tal aberração e até nem acho graça nenhuma que alguém o faça. Mijar em cima de outra pessoa? É enxovalhante e intolerável.

    Mas adorei o texto e a explicação da Srª Drª Vanessa Flor.

    Abraço Nuno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E assim fala o amigo, Max Men...Mainada

      Grande abraço

      Eliminar
  6. Oi gente!
    Cheguei aqui através a Vanda Nicole. Embora não seja a "nossa" Praia, acho que é um assunto que interessa a todas as orientações. Muito bem escrito. Parabenizo o seu autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. OLá, boa tarde, Márcia Alves

      Muito grato pela visita e comentário. Agradeço também os elogios que, decerto, não mereço
      Volte sempre
      Beijinho carinhoso e amigo

      Eliminar
  7. Muito interessante este texto.
    Na minha modesta opinião é uma tara "de gente doente"hehhe. Nunca o o fiz, nem faço, nem admito sequer que brinquem com isso, num dos meus momentos íntimos.É uma ideia minha.
    No entanto, sabemos que isto existe sim. Não entendo é o prazer que retiram disto. Podem correr riscos sim. A Dtª Vanessa Flor explicou e muito bem.Gostei e fiquei elucidada.

    Parabéns Nuno Filipe pela coragem em fazer um texto destes que serve para "alertar" também dos perigos. Obrigada

    Beijoos

    ResponderEliminar
  8. Mijar para cima de mim? Beber o mijo? Mas está tudo doido ou quê?. Mas é que nem pensar, que nojo, ihhihihihhihi

    ResponderEliminar
  9. Concordo com as opiniões expressas, sobre a perigosidade da prática da "chuva dourada". Acho que os cuidados deverão ser os mesmo que utilizamos no sexo de uma forma geral.
    Um dia, quando fazia amor com a minha companheira, no auge do seu prazer, esguichou urina, de forma incontrolável, tendo eu próprio gozado com uma sensação agradável, provocada pelo facto relatado. Não é algo que façamos habitualmente. Acontece esporadicamente e quase de forma natural. Parabéns pela abordagem do tema

    ResponderEliminar
  10. Completamente fora de questão acho nojento nunca na vida mesmo , não crítico quem o faça porque mais uma vez cada um sabe de si mas eu não r não estaria com certeza com uma mulher se soubesse que ela tem estes fetiches , para mim é muito mau!!!!

    ResponderEliminar