quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Muitos homens são " CUCKOLs" na vertente sexual. Você sabe se o é? Quer ficar a saber?

Penso que é da sabedoria popular que a ave CUCO não faz o seu próprio ninho. A Cuca vigia os ninhos feitos por outras aves e assim que essas começam a pôr os seus ovos, a Cuca vai a esse ninho, tira o ovo que lá está, atirando-o para fora do dito ninho, e deixa o seu. 

Vai fazendo isso diariamente até a ave dona do ninho comece a incubação. Assim, essa ave vai fazer nascer, não os seus filhos legítimos, mas sim, os filhos da Cuca, alimentá-los e criá-los. A essa faceta foi dado o termo inglês de CUCKOO. Esta palavra foi adaptada a essa situação, pois na sua origem significa CORNO, ou seja, homem traído pela mulher/esposa.

Como muitas palavras, ao longo dos tempos, têm sofrido várias alterações e derivações, da sua origem, foi a referida elevada a CUCKOLD, a fim de se adaptar ao ser humano. 

Resultado de imagem para sexo com a esposa, com homem a ver, gifsDessa forma, designou-se que, uma pessoa “cuckold”, é aquela que gosta de ver, inclusive de saber ou imaginar, o seu companheiro ou companheira – com maior ênfase naqueles que fazem vida em comum – a ter prazer sexual com outra pessoa, ou até no plural, pessoas, sendo que, também eles, a seguir, e em complemento, são intervenientes na acção, ou seja, no ato sexual.

Existem muitos homens que, sem o saber, são CUCKOLDs. Gostam de - claro que sempre em comum acordo com a mulher/companheira/esposa -, convidar outros homens, a estarem consigo e com a dita, na intimidade, sendo que esses ( amigos) são os primeiros a penetrar sexualmente a mulher e só depois eles ( os maridos) as penetram.

Resultado de imagem para sexo homem a ejacular nos lábios vaginais, gifsO homem CUCKOLD é também um amante da vertente CREAMPIE – esta vertente consiste em um amigo desse, penetrar a sua esposa e ejacular dentro da vagina, ou junto à sua entrada, entre os lábios vaginais – onde depois o referido CUCKOLD, mostrando todo o seu prazer, faz SEXO ORAL à esposa, saboreando dessa forma o elixir do outro homem, conjuntamente com os líquidos orgásmicos da sua amada. 

Diz quem gosta que é um sabor “explosivo” de causar uma volúpia de levar um homem às nuvens mais sedutoras do firmamento imaginário.


Imagem relacionadaEsta prática já foi mais usual. Actualmente tem que se conhecer muito bem o amigo, visto que, as doenças venéreas não acontecem só aos outros e existe sempre o perigo de o homem ser contaminado pela HIV/SIDA. 

Hoje, embora essa vertente exista, o homem, regra geral, usa preservativo e daí já não ejacular directamente nos locais acima referidos.

Querendo, clique na imagem para a ampliar. Espero que, com esta publicação, tenha ajudado de alguma forma a que fique com maior conhecimento sobre do que se trata de um HOMEM CUCKOLD. Comentem se o acharem por bem, mesmo não concordando com o que escrevi.

Digam da vossa justiça,
.

24 comentários:

  1. Definitivamente , não sou um homem cuckold. Desconhecia por completo o termo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou cuckold tradicional,gosto apenas de olhar outro pegando minha deliciosa princesa.

      Eliminar
  2. Uma forma chique de "falar". Não conhecia. As coisas que aqui aprendo! Obrigada, gostei de ler.

    Bjus, querido.

    ResponderEliminar
  3. Conclusão: homem que gosta de sentir o cheiro e gosto de outro macho na mulher! Muito"homem" mesmo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não é? Saborear aquele cremezinho não é tão gostoso? É macho mesmo, mas é que é mesmo.

      Eliminar
    2. Chocolícia

      Concordo na integra contigo. Macho? Mas onde é que o tipo é macho, lool

      Fica feliz

      Eliminar
    3. Fausto Migues

      Penso como a Chocolícia, mas admito que haja quem goste e na verdade existe e muito essa vertente sexual.

      Abraço

      Eliminar
  4. Gostei da definição da palavra (corno).Não sou, porque sou solteiro. Também não gosto de dividir a mulher.Portanto, não serei cuckold.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não sou. Também sou solteiro, lool

      Abraço amigo Jonny

      Eliminar
  5. Gosto tanto de saborear aqueles cremes tão saborosos. Só não sabia que tinha um nome tão pomposo, Cuckol. Gosto do inicio da palavra, do resto também gosto, ahaahahaha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se ñ me engano tu dissestes em outro post que não gosta de viadagem(homo) nenhuma e agora me vens com essa! af

      Eliminar
    2. Querida amiga chocolícia

      Mas não gosto mesmo de viado. Se leres bem repara que escrevi cheio, e dentro, da ironia simples e pura.
      Mulher sim, só minha, fazer dela uma rainha na rua e uma puta na cama. Isso sim, é o meu negócio. Lamber a porra de outro homem? Nem que estivesse a morrer e esse fosse o sedativo da minha salvação. Nada com maricas ou viados como se diz aí no Brasil. Apenas brinquei com a situação e com o tema da publicação.
      Mas qual Cuckol qual quê. Sejamos homens e machos.

      Eliminar
  6. Porra, chiça, penico, ir lamber a porra de outro gajo, porra, mas não quero, não aceito, nem quero ser cuckold porra nenhuma, mas querem lá ver , mas que cena caro Nuno Filipe, mas que que chiça esta. Quero mulher e lambê-la todinha mas não com os leites de outro cara, porra

    ResponderEliminar
  7. Ola Nuno bom dia que bela explicacao a tua desconhecia o termo e de onde vinha. Bjokas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paula Silva

      És um amor de amiga. Admiro-te, simplesmente

      Jokas

      Eliminar
    2. E eu a ti tbm te admiro meu kerido amigo.bjokas

      Eliminar
  8. Achei engraçado a comparação ao CUCO, mas é mesmo. Confesso desconhecer o nome do acto :). Mais um texto didáctico que só nos enriquece. Obrigada.
    AMEI.

    Beijoos

    ResponderEliminar
  9. Eu sou corno. Melhor dizendo, nunca fui (que o saiba), mas me excito muito com isso. Mas isso de lamber porra, não. Até da minha tenho nojo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Velas Variadas

      Eu da minha porra, no sentido de a olhar, não tenho nojo mas também jamais a provaria, lool

      Fica bem.

      Eliminar
  10. Prazeres e gostos não se discutem. Se gostam porque não gozar com todo o delírio?

    ResponderEliminar
  11. As coisas que aqui se aprendem. Actualmente agora usam nomes chiques/técnicos, para tudo. Não condeno quem goste. E, calo-me kkkk. resta-me dar-te os parabéns pelo brilhante texto tão elucidativo.

    Bjos em TU

    ResponderEliminar
  12. Lindo e cativante texto, esclarecedor de tesões, se é que é necessário isso...rrsss
    Li teu poema em meu blog, no post Delicias Imperiais e fiquei bastante feliz e excitada com ele. Algo que me fez masturbar sem qualquer apelo vulgar, numa perfeita compreensão do sentido dos meus poemas, que usam a vulgaridade como uma forma de perfeição. Nunca peça desculpas para mim quando publicar coisas assim. É desnecessário que me peça autorização para postar coisas tão belas, portanto considere-se meu convidado desde já.

    Bijo sáfico

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mariangela

      Agradeço e retribuo tão simpáticas palavras que me diriges. Considera este blogue como NOSSO.
      Sem dúvida que admiro a tua forma de fazer poesia. BRILHANTE dentro do tema sexológico. Merece ser visitado por TODOS os que apreciam estes temas.

      Beijinhos para ti

      Eliminar
  13. Qualquer relação deve ser assessora de amplos zelos, cuidados e responsabilidades. Por isso é imprescindível a clareza, verdade, confiança e conhecimento um do outro. Seria irresponsabilidade sair por ai com qualquer um/uma! Prazer e perigo também andam juntos.

    ResponderEliminar