sábado, 21 de outubro de 2017

Doce sabor do teu sexo, elixir do teu gemido.

A cada balanço do teu corpo...

Cada movimento teu, sedutor, que me domina
Gemidos rasgados pelo meus desejos ardentes
Beijo teus mamilos como luz que me ilumina
Deixo-me vaguear por tuas entranhas quentes


Vagueia minha língua em sedutora sensação
Partilha, desejo de amor e carinho incontido
Sintonia do movimentos corporal, qual tesão
Doce sabor do teu sexo, elixir do teu gemido

De repente surge uma vontade louca de me você...

Em melado  ritmo por teu corpo vagueando
Em que tuas pernas se abrem em convulsão
Dois corpos unidos, de carinhos desfrutando
Em que nosso amor é reflexo da nossa tesão
.

10 comentários:

  1. Sempre em grande forma o meu amigo Nuno Filipe

    Belas imagens e maravilhosas quadras poéticas

    ResponderEliminar
  2. Do mais lindo que já aqui li. Parabéns Nuno Filipe.

    Um beijo

    ResponderEliminar
  3. Maravilhoso de deixar um homem logo de manhã a ferver!!! k bom!!!

    ResponderEliminar
  4. Fiquei rendida ao teu poema! de ++++ :)

    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Post excelente!!!
    Poema. imagens, lay-out...!!!
    Nota dez!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  6. Poema e ilustrações da melhor qualidade!
    Abração Nuno!

    ResponderEliminar
  7. Intensa entrada, excitante.

    Un placer venir a leerte.

    Besos.

    ResponderEliminar