quinta-feira, 31 de maio de 2018

ENDOMETRIOSE: » Doença do Foro Feminino ou Alteração da Líbido?


Hoje vou falar-vos um pouco sobre um problema que afecta muitas mulheres embora nem sempre a própria mulher saiba do que se trata. Falo-lhe da  ENDOMETRIOSE

Do que se trata a ENDOMETRIOSE?

É uma doença que se caracteriza pela presença de um tecido denominado endométrico. Esse tecido reveste o interior do útero, fora da cavidade uterina. Explicando melhor: Esse tecido reveste as trompas, ovários, intestinos e bexiga

Acontece que o endométrico, também denominado por hiperplasia endometrial, caracteriza-se pelo revestimento uterino, numa forma mais espessa. Tal facto, provoca na mulher, hemorragias que originam um aumento da produção de estrogênicio no corpo, à menstruação irregular, bem como, à queda dos níveis de progesterona. (!?)

O que é a progesterona?

Não é mais nem menos que um hormônio produzido pelos ovários,  muito importante no processo de gravidez. É o responsável por um regular ciclo menstrual e preparar o útero para receber o óvulo fertilizado, evitando assim, que o dito óvulo, seja expulso pelo corpo.

Todos os meses o endométrio fica mais espesso a fim de que um óvulo fecundado se possa implantar nele. Dessa forma prepara-se para uma gravidez se fecundado por um espermatozóide. Se tal não acontecer, ou seja, não havendo fecundação/gravidez, o endométrio, que havia aumentado a espessura, dilui-se e é expelido pela menstruação.

Assim sendo, o que causa a lesão endometriótica?

O que acontece, em certos casos, é que um pouco desse sangre da menstruação, migra num sentido errado/oposto ao normal e vai cair/ofender os ovários, ou a cavidade abdominal, e daí a mulher sentir dores, muitas vezes de elevado grau do insuportável.

Não existe uma idade dada como concreta para que esta doença possa acontecer. Sabe-se que a partir da 1.ª menstruação, até à última, os riscos estão presentes. Geralmente o diagnóstico dessa doença acontece entre os 30 e os 40 anos.

Quais os principais Sintomas dessa doença?

Os principais sintomas da endometriose são a dor e a infertilidade.
Sabe-se contudo que muitas mulheres, embora tenham a doença, não sentem nenhum desconforto.

Enumero agora alguns sintomas mais comuns: 


-  Cólicas menstruais intensas e dor durante a menstruação;
-  Dor pré-menstrual;
-  Dor durante as relações sexuais;
-  Dor difusa ou crónica na região pélvica;
-  Fadiga crônica e exaustão;
-  Sangramento menstrual intenso ou irregular;
-  Alterações intestinais ou urinárias durante a menstruação;
-  Dificuldade para engravidar e infertilidade.

Os sintomas podem também manifestar-se como cólicas menstruais. ou dor pélvica, dor de barriga, dor nos intestinos aquando da menstruação. Pode também acontecer algum desconforto durante a relação sexual

Quando uma mulher sentir alguns sintomas do género dos falados deve imediatamente consultar um/a médico/a, o qual, a medicará, ou encaminhará, para um médico/a da especialidade.

Espero teu ajudado a ter/em um conhecimento mais profundo sobre a doença em causa.

5 comentários:

  1. Bom dia. Chamo a este artigo { Consultório médico } no qual me orgulhei ler, pois é sempre bom obtermos informações sobre a nossa saúde! Obgda
    =)

    Olhar as imagens com o coração.

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  2. Ola minha kerida belo tema esse. Eu em miuda antes de ser mesntruada passei dias horriveis com imensas dores que nao me permitiam ir sequer as aulas dois anos assim medico nada fez aos 14 fui menstruada pela 1 vez e as dores abrandarm muito ate desaparecerem. A 4 anos devido a perdas abundantes de sangue e varias anemias fui operada tirei utero e ovarios os quais se veio a verificar que eram quistos que me provocavam esse problema que felizmente foi resolvido. Infelizmente muitas mulheres vivem com esse problema e chegam a ser inferteis. Parabens pelos teus belos temas que nos ajudam imenso a entender o nosso corpo bjokas

    ResponderEliminar
  3. De facto tenho que dar os parabéns pelo artigo que é tão interessante para nós Mulheres. Mas convém que os homens estejam atentos também! Nunca fui de dores de barriga, no momentos da menstruação, nisso fui/sou uma felizardo. Contudo, há que estar atenta às doenças silenciosas.

    "Penso que se a pessoa tiver relações sexuais por fazer sem qualquer entusiasmo, causa desconforto, ou até dores. "

    Gostei muito do artigo!

    Bjocas Vanessa

    ResponderEliminar
  4. Vanessa

    As coisas quer me ensinas. Um texto que deveria ser lido por muita gente em geral e muita mulher em particular. Parabéns pela tua aula didáctica,

    Beijokas.

    ResponderEliminar
  5. Interessantíssimo texto. Muito obrigada Vanessa Flor!
    Nada como andarmos atentos/as. :)))

    Beijinhos molhados.

    ResponderEliminar

Deixe a sua opinião sobre o que acabou de ver e ler mesmo que seja menos positiva. Essa, nos ajudará a sermos cada vez mais exigentes nos textos que escrevemos e temas que abordamos.