segunda-feira, 7 de maio de 2018

FROTTEURISMO: A Parifilia Sexual dos ajuntamentos.


Existem muitas Parafilias. Hoje destaco delas o … FROTTEURISMO

Nos ónibus, metro, determinados locais, onde se juntam muitas pessoas, como por exemplo entradas para os grandes espectáculos desportivos e/ou outros similares, existem pessoas que entram e saem desses recintos pela simples razão de se excitarem, esfregando os seus genitais, geralmente nas nádegas das mulheres, sem o seu consentimento. 

Isso denomina-se como FROTTEURISMO.

Acontece também quando frente a frente, nos transportes públicos, encostarem o peito aos seios da mulher e/ou meterem uma das pernas entre as pernas da mulher. Esta, por vergonha que vejam, ou por estar muito "apertada", acaba por disfarçar e nada dizer, sujeitando-se às sevícias do homem

Não são só os homens que se esfregam nas mulheres. Também existem mulheres que se excitam esfregando o sexo ou os seios - geralmente nas costas dos homens - nos corpos masculinos que, seguem à sua frente, muitas vezes totalmente apertados, sem se conseguirem mover, pelo excesso de pessoas juntas.

Acontece também outra forma de Frotteurismo que consiste em meter as mãos entre as pernas – normalmente homens – no sexo da mulher, ou nos seios, aproveitando o “aperto” entre as pessoas.

Tanto durante o trajecto como na estrada e saída, normalmente e com maior ênfase no Metro ou nos espectáculos desportivos e/ou outros.

Nesta questão do Frotteurismo nunca existe consentimento da pessoa que é objecto do abuso podendo inclusive constituir crime por atentado ao pudor ou assédio sexual.

Estes factos muito difíceis de provar em tribunal, razão pelo qual, a mulher muitas vezes sente as mãos do homem a acariciá-la, nos seios, "rabo", sexo, ou até o sexo desse (pénis) duro junto ao ser rabo/ânus e, embora se mexa ligeiramente, não consegue mais que excitar ainda mais o homem. Uma grande maioria das mulheres acaba por nada dizer e "aguentar".

Acontece também que muitos gays/homossexuais, também procuram estes meios de transporte em horas de ponta - super cheios - a fim de se roçarem e se apalparem, nos sexos dos homens que estão à sua retaguarda.

Será um fetiche de ocasião ou será mesmo um DESVIO SEXUAL e comportamental?

Espero que tenha conseguido elucidar quem não conhecia a denominação de um acto tão "habitual" no nosso dia a dia.

28 comentários:

  1. o nome deve ser um desvio de "esfregar a fruta". ou seja, frotteurismo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso seria Frutteurismo, rsrsrsrssr

      Mas sabia o que é o Frotteurismo? Isso é que eu gostava que dissesse.
      Abraço

      Eliminar
    2. não fazia ideia. não costumo chamar os bois pelos nomes

      Eliminar
  2. Olá!
    Mais um nome técnico que Desconhecia...Porém, já fui bem " tocada" no metro...
    Adorei o artigo!

    Bjus querida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana
      Fico feliz por ter contribuído para um teu melhor conhecimento sobre ...
      Beijinho

      Eliminar
  3. Bem, uma coisa é certa, durante a semana, comboios, metros, autocarros, vão super cheios. É um safe-se que puder! Odeio ir de pé. O facto de eu gostar e namorar com mulher não quer dizer que me identifique com as apalpadelas e roçadelas da confusão. Mas acredito que haja quem goste. Também não conhecia o nome, obrigada Vanessa pela "aula didáctica". :)))

    Beijinhos molhados e melados :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vanda Nicole

      Também existem mulheres que aproveitam para se encostar/roçar noutras mulheres.

      Beijinho

      Eliminar
  4. Confesso a minha ignorância mas não sabia o nome específico. Mas ir sossegadinho e uma senhora se encostar a mim e começar no roça roça já me aconteceu. Quanto mais excitado eu ficava mas ela se roçava, lol
    Mas que foi bom... foi.

    ResponderEliminar
  5. Tb não conhecia o termo...mas que há muitos e muitas que gostam do esfreganço lá isso há
    Bjs
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Kique

      Existem mesmo. E não são assim tão poucas pessoas como isso.
      Beijinho

      Eliminar
  6. Desconhecia o termo mas que ja fui vitima fui diversas vezes. Senti me mal com a situacao numa delas chegaram ao desplante de me levantar a saia e rocarem se no meu rabo desviei me e sai sem fazer alarido uma das vezes era ainda garota vinha com a minha mae e um anormal rocou se no meu braco a minha mae apercebeu se e pegou me ao colo mas deitou lhe um olhar que o tipo acabou por sair na paragem seguinte. Certo e que nunca mais o fez. Parabéns pelo tema Vanessa bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Paula Silva

      Muitas mulheres que viajam em transportes públicos já foram vítimas de alguns tarados sexuais.

      Beijinho

      Eliminar
    2. E verdade sim sem duvida.bjinhos

      Eliminar
  7. Grande amiga Vanessa Flor, sempre com temas encantadores e que suscitam interesse aos nossos leitores. Adoro-te rapariga
    Sei muito bem do que trata o tema. Não sabia assim tão mim o nome especifico, lol

    Beijuuuuuuuuuuuuuu

    ResponderEliminar
  8. Pois. Para tudo existe um nome técnico. É que roçam o pepino e roubam a carteira, lol. Pensam que não?

    Bjocas

    ResponderEliminar
  9. As coisas que aqui se aprendem. Agora quando eu viajar no metro e se uma menina se encostar a mim, digo-lhe ao ouvido, assim baixinho:

    Sabe que está a praticar Frotteurismo comigo? Sempre quero ver a carinha dela, lol

    Beijinho amiga Vanessa

    ResponderEliminar
  10. Boa tarde. Já me aconteceu estar a ver os XUTOS e sentir que se estavam a roçar em mim... Existem pessoas taradas, mas existem também pessoas que gostam. :))
    Muito boa esta publicação.


    Hoje:- Procurei os caminhos do mar...

    Bjos
    Votos de uma boa terça - Feira

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde, desconhecia o nome técnico, sem duvida que o mesmo é todo pomposo para definir a loucura e a falta de respeito por quem não se conhece, frotteurismo não é mais nem menos que um trauma ao quadrado que tem que ser tratado.
    Feliz semana,
    AG

    ResponderEliminar
  12. Nossa que conteúdo maravilhoso e bom ter essas informações

    quero meu amor de volta. Sucesso

    ResponderEliminar
  13. Gostei muito de ler e ficar a saber algo mais
    Muito bom tema

    ResponderEliminar
  14. Quando ando de metrô, vou sempre no primeiro vagão destinado às mulheres porque gosto de viajar sossegada e sem me aborrecer!

    ResponderEliminar
  15. Por serem situações onde não há consentimento, não acho apropriado praticar. Porém, se o transporte está lotado, não há como evitar situações em que um obtem prazer sem praticar abuso. Só pelo contato quando não há condições de afastamento.

    ResponderEliminar

Deixe a sua opinião sobre o que acabou de ver e ler mesmo que seja menos positiva. Essa, nos ajudará a sermos cada vez mais exigentes nos textos que escrevemos e temas que abordamos.