quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Fetiches e fantasias sexuais:- Serão iguais no homem e na mulher, perante o conceito da sociedade?


Dentro da vertente sexual muito se fala em fetiches e fantasias, mas regra geral, focando sempre o homem. E a mulher? Não pode ter fetiches e fantasias eróticas?

A verdade é que a mulher, muitas vezes contra o sua própria vontade, se reprime, e não "GRITA AO MUNDO" que também gosta de fazer sexo/amor algemada, atada por cordas à cama, sentir a virilidade do homem.

Ser ela a dominadora da acção, obrigar o homem a estar quieto enquanto ela o cavalga, ou seja, não é por ser mulher que tem que ser um oásis de fresca água, para o homem, e um deserto seco e impuro, para si.

Um homem que tenha fetiches sexuais é um machão, um “cavalo” latino, um touro de cobrição. Uma mulher que os tenha, é censurada, excomungada, apelidada de um ser menor, quiçá até de PUTA, na verdadeira acepção da palavra, como são consideradas as mulheres que, por uma ou outra razão, vendem o corpo, ao machismo e vontade do homem. Mas pode?

Por receio da descriminação, as mulheres tendem, regra geral e não como verdade absoluta, a serem mais românticas, mais carinhosas, mais pacatas na cama. A verdade é que, tantas vezes o que lhes apetecia, era saltar para cima do homem, a fim de que, esse, sentisse como se comanda um navio em alto mar.

A mulher, na sua maioria, quer queiramos quer não, ainda hoje, vive dentro de uma área de repressão sexual imposta pela sociedade. 

Sabe-se que existem diferenças orgânicas entre o homem e a mulher. Mas o gosto por sexo é precisamente igual. 

Se uma mulher se exprimir mais ousadamente é criticada por quem a ouve, enquanto que, o homem é elogiado, como se, os direitos românticos e sexuais não fossem precisamente iguais.

A própria sociedade permite que os homens exprimam livremente as suas fantasias, enquanto que, as mulheres, tendo as mesmas fantasias, as reprimem, as escondem, as guardam para si, fechando-as num compartimento maravilhoso que se chama…Coração.

Os pensamentos de um homem e de uma mulher são muito variáveis. Conhecendo-se, o homem pensa em “comer” aquela mulher. A mulher pensa em fazer amor com aquele homem.

Esta diferença é abismal dentro do comportamento social e sensual da sociedade humana.

Existem também grandes diferenças entre o FETICHE e a FANTASIA sexual. O fetiche, regra geral, implica o uso de objectos, cordas, pénis artificiais, ou outros, que levem à excitação.

A FANTASIA é algo muito diferente. Está relacionada com a imaginação: Fazer amor em uma cama de água, num avião, numa escadaria, dentro do WC de um bar, ou outro local que excite a líbido e conduza à volúpia e glamour de excitação

A própria mente feminina é “culpada” de certos actos considerados promíscuos pela sociedade. Talvez seja a sua admiração pelo sexo oposto que a não deixa pensar de outra forma.

Por exemplo:

Se um homem confessa a uma mulher que conheça recentemente mas que as conversas versem sobre hábitos sexuais, que gostas de ser amarrado à cama e sentir como a mulher o cavalga, a dita mulher o considera um macho latino, que a vai levar à loucura sexual e a orgasmos daqueles de a fazer “desmaiar” de prazer.

E se for a mulher a dizer ao homem que tem esse fetiche? Como é que a mente do homem a classifica? Se calhar de tudo menos de puritana, ou seja, de uma pessoa que tem fetiches e fantasias sexuais como ele tem.

Sei que têm opinião sobre o que acabei de escrever. Gostava de a ler.

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Desejo...sonho erótico...ou libertina realidade?

Como te conheci: 
Num bar, algures por aí, mas concretamente na zona de Mafra. Havíamos combinado um drink, a sós, numa sexta feira, em que ambos nos encontrávamos de folga.
Imagem relacionada
Apenas nos conhecíamos virtualmente. Nesse dia, foi como se me (nos) tivesse saído a sorte grande. A minha, (ou a nossa) empatia fisicamente foi imediata. Debaixo da mesa a minha inquietude era notável.   
Imagem relacionada
Depois de uma longa e divertida conversa eu continuava fascinada. O teu olhar sedutor era arrebatador, penetrante, capaz de aguçar a libido a qualquer mulher. Não resisti ao convite para ir até ao teu apartamento. As tuas mãos suaves, nas minhas, causavam-me calafrios...
Resultado de imagem para Gifs sensuais eroticos homen beijando o corpo da mulger
O cheiro da tua fragrância inebriava-me os sentidos. Fazia-me querer-te... Já em tua casa,  depois de uns carinhos e uns beijos esfuziantes, não resistimos à tentação. Despias-me lentamente. Sussurravas-me num tom ofegante. Beijavas-me o pescoço, o rosto, os lábios... A tua libertina língua percorria o meu corpo num frenesim que queimava de tesão. Estávamos famintos 
gif, gorące, sex
Resultado de imagem para Gifs sensuais eroticos
Querias-me, tal como eu te queria. Eras meigo, prudente e sabias como levar-me ao pico do Evereste. Já na tua cama, quiseste provocar-me e observar como me contorcia de excitação. Sabias que o meu ponto (fraco) seria ali mesmo. Sabias, que ao tocar-me, de imediato eu perdia o controle, qual vulcão em fúria...
Imagem relacionada

Depois dos fogosos preliminares, como só tu me soubeste proporcionar, fizemos amor de forma intensa, e aí, obedeceste-me a um pedido. A minha posição favorita. Para minha surpresa era também a tua. A nossa empatia foi de tal forma, que os nossos corpos pareciam dois vulcões, expelindo a lava em chama ardente.  

Não fosse, o teu olhar, a tua voz, o teu charme e o teu bonito coração, nunca este "sonho" em noite fria e chuvosa, teria acontecido...

Eu: Filipa. Bjocas. Não saia sem me deixar a sua "marca" :) 
Bom fim de semana.

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

A minha timidez sexual com a minha costureira ( Erótico, luxuriante, sensual )

Como já deveis ter reparado sou um rapaz muito tímido. Sei que pode ser um defeito mas o que posso fazer? Assim, como imagino que ninguém vai comentar, permito-me contar quando fui "violado" por:

Gifs Pornos - Sequencia de gifs com marmanjo comendo loirinha

Luísa é uma costureira de alta costura. Quando encomendei o meu fato de fim de curso, ela ordenou-me que me despisse a fim de me tirar as medidas. Quando o fiz, senti que ela se encostou a mim nos propósitos que a imagem mostra, dizendo que era para as medidas serem exactas. Estão a imaginar a minha aflição?

Gifs Pornos - Sequencia de gifs com marmanjo comendo loirinha

O local era fechado para o exterior. Nem percebi bem que local era aquele. Imagino ser o atelier de costura. Fiquei algo atrapalhado quando a Luísa me pediu que metesse a "fita métrica" a fim de a ajudar nas medidas corretas.

Gifs Pornos - Sequencia de gifs com marmanjo comendo loirinha

Mais atrapalhado fiquei quando ela se baixou um pouco a fim de apanhar o dedal que havia deixado cair. Ouvia-a sussurrar algo que penso que era de aborrecimento por não encontrar o dito dedal

Gifs Pornos - Sequencia de gifs com marmanjo comendo loirinha

Sem nunca perceber bem o que se estava a passar, ouvi a Luísa me ordenar que me deitasse pois queria ser ela a tirar as medidas finais. Senti um arrepio quando ela tirou aqueles pedacinhos de linha que se colaram às minhas partes intimas. E eu ali sem perceber nada, acreditam nisso?

Gifs Pornos - Sequencia de gifs com marmanjo comendo loirinha

Acabei por ter a consciência de que as medidas estavam a ficar bem tiradas quando ela sentada sobre a "fita métrica" me sussurrou ao ouvido: """ Querido Nuno, sentes-te confortável com a medida das "manga(s)" do casaco? """ Não consegui responder....derivado à minha timidez.

Também são assim tímidos ou tímidas como eu?

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Sexo Gay na vertente GOUINAGE. Será também praticado por homens/mulheres heterossexuais, casados?

Quando se fala em sexo, seja qual for a vertente, pensa-se logo na penetração. É fatal como o destino. A verdade é que, por vezes, a penetração não é a cereja em cima do bolo, mas sim, uma causa que se implementou na cabeça do homem, o qual, se julga menos MACHO se a penetração não ocorrer.

Em tempos idos, a pessoa, que se movimentasse um pouco diferente do chamado Macho Latino, era imediatamente considerado gay. Não tinha mulher, nem filhos, ( ou eram raros os que tinham ), numa percentagem muito elevada.

A verdade é que os tempos mudaram e o sexo na sua originalidade não foi excepção. Antigamente uma relação mais intima, e falo entre dois homens, tinha que acabar em sexo penetrativo. Raras eram as excepções. Hoje, não é bem assim.

Hoje existe o sexo chamado de … GOUINAGE 


Ora, meus queridos e queridas leitoras, do que trata efectivamente o GOUINAGE? Não é mais nem menos que, sexo sem penetração anal. (Pode acorrer mas muito esporadicamente). Falo no caso de homem com homem.

Vamos por partes: No GOUINAGE a penetração anal (ou vaginal) até pode existir. Mas não é esse o cerne do prazer entre quem gosta dessa prática. Os amantes do GOUINAGE elevam como principal e primordial, os carinhos chamados de preliminares.

O prazer propriamente dito, na está na penetração, nem inclusive no orgasmo. Nesta prática não existe o activo nem o passivo.

Existem sim, duas pessoas, que podem ser do mesmo sexo, que gostam de se beijar na boca, no pescoço, em outra qualquer parte do corpo, se acariciar languidamente, de se abraçar forte, trocando os carinhos através da pele, ou seja, formarem um só, dentro do âmbito sensual, sem que tenha que existir o final com penetração.

Hoje em dias existem muitos homens casados, com filhos, com uma vida sexual heterossexual activa, que gostam de praticar o GOUINAGE com um amigo, na cama ou dentro de um carro, é não se consideram gays, mas somente, pessoas que gostam de carinho sensual, interagir corporalmente com outros gostos e situações de luxuria e erotismo.

Sabemos que cada pessoa tem uma forma diferente de reagir às situações e ocasiões sexuais. Dessa forma permito-me ainda, indicar o seguinte:

Vantagens da prática do GOUINAGE

Falando ainda da comunhão corporal entre dois homens, poder-se-á dizer que, não existindo aquele final em que a penetração tem que existir, ou seja, atingir o ORGASMO através da penetração, esse, pode acontecer através dos mimos, inclusive apenas através do sexo oral.

Então o sexo oral deve existir?

Claro que sim. Deve existir e muito. O que é salutar acontecer é não fazer com que a pressa seja inimiga da perfeição. 
Depois de muitos beijinhos, incluindo o beijo de língua, e caricias em ambos os pénis, deve-se ir beijando o corpo do parceiro até que os lábios e a língua toque aquela parte íntima. 
Ligeiros toques na glande, depois meter na boca, sempre fazendo da lentidão, o ex-libris da acção. 

Devagarinho, embora acedendo ao contorcer do corpo do parceiro, ou seja, todo o ambiente emocional, deve ser explorado de forma lenta mas intensa, prolongando assim, o tempo da acção e dos complementos mais íntimos e sensuais do corpo, ao nível da tesão.

Disfunção eréctil – ou pénis mais flácido - pode inibir ambos, ou algum, dos parceiros?

Poder pode. Mas a verdade é que se houvesse penetração inibiria muito mais. Muitos homens casados ( e não só ) nesses momentos podem, por alguma timidez ou até ansiedade por ser a primeira vez. Pode acontecer que o sistema psicológico se liga ao sistema nervoso, causando a dita ansiedade, podendo causar algum tipo de disfunção eréctil e/ ou sexual. Nada que um beijo mais profundo, um carinho mais atrevido e sensual, não tire e “cure” todas essas “maleitas” momentâneas.

Será o GOUINAGE é cada vez mais praticado por homens heterossexuais, casados? 

Sim. É um facto real. Esses homens (casados) não querem, ou ligam menos à penetração, seja ele o penetrado ou ele a penetrar.

Estão mais carentes de carinhos corporais, privilegiando a prática do sexo oral, onde dizem, o homem ser, muito mais sedutor e carinhoso que a mulher. Inclusive praticar a posição de 69, que muitos homens (casados e não só ...) adoram fazer, não deixando de ter sexo com a sua mulher

O que interessa saber é que no GOUINAGE tudo, sexualmente falando, é válido, como por exemplo: Sexo oral, dar dentadinhas, lamber de língua molhada, acariciar, e até penetrar o parceiro, com aqueles brinquedos tão divertidos que existem à venda nas Sex-shoppings.

Esta narrativa é extensiva  a todas as mulheres de mente aberta, sem preconceito, que gostem de se divertir sexualmente, e de experimentar coisas novas, ao nível do sexo.

Goze o sexo. Seja de que maneira for.

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Sexo:- BDSM será prazer, fetiche, ou Tara Sexual? ( imagens)

Sexo na vertente BDSM

#broken #sexually broken

A CAVALGADA ( COM  SELA )

Como homem nada tenho contra quem gosta de fazer sexo dentro da vertente denominada BDSM ( "Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo" ). 

Sexually Broken teen

AGUENTA E NÃO CHORA

É um estilo de submissão da mulher perante o ser "DONO e SENHOR" em que, diz quem faz, tanto dá gozo ao homem como à mulher.

yes

GARGANTA FUNDA

A mulher sujeitando-se a um oral que, sinceramente, duvido que lhe dê algum prazer fazê-lo. Aquelas molas nos mamilos são uma diferente forma de ter prazer? E se fossem uns lábios e uma língua molhadinha?

SEXO FORA DO ÂMBITO DO BDSM

kiss cock

A DELICIA

Reparem nos olhinhos dela. Quanta doçura, quanta ternura, quanto prazer, é pelos seus lábios  e língua, transmitido. Terá esta acção alguma coisa a ver com o PRAZER DO ORAL EM BDSM ?

reverse cowgirl

CAVALGADA SEM SELA

Terá esta cavalgada alguma coisa a ver com a "cavalgada" acima mencionada noutro vídeo? Terá o mesmo sabor sexualmente falando?

pov

BATA À PORTA PARA ENTRAR 

E esta forma de fazer sexo será igual ou terá alguma coisa a ver com o "AGUENTA E NÃO CHORA"?

Sei que cada pessoa tem o seu gosto. Qual é o seu?
Quero ler a vossa opinião, mesmo que seja totalmente contrária à minha.
Na diferença de opinião nasce a luz e o cerne da concordância.

sábado, 20 de outubro de 2018

Gemidos no sexo podem ser: Desânimo; Estridente; Fingido; Gatinha; Sufoco, Safada; tímido. Sabe qual é o seu?


Em todas as relações sexuais existem os gemidos. Uns mais fortes, outros mais sumidos, a verdade é que, toda a mulher sabe, que os seus gemidos levam o homem a subir ao último degrau do “escadote”.

Existem inclusive certos gemidos que até quase fazem rir, por cómicos, outros de tão tímidos e silenciosos que quase não se ouvem, outros que entoam pelo quarto, sala, casa toda, atingem o andar de cima e de baixo, tal o som que sai da garganta.

Proponho-me falar convosco de certos gemidos que ocorrem durante um ato sexual

Desânimo (gemido silencioso, tímido, não existente)

Muitas mulheres, por vontade própria ou pela existência de filhos, sogros, pais, no quarto ao lado dão uma silenciosa. O problema não é acontecer uma vez. O problema está na continuação. Fazer sexo e tapar a boca, é o mesmo que beber água sem ter sede.

O que muitas vezes acontece é que a mulher se agarra aos lençóis, "gastando" nessa acção a energia que gastaria nos gemidos. Será que o homem entende isso?

Por norma o homem fica triste, mostra um ar de enfado, visto que julga que a culpa é sua, em não conseguir fazer a mulher gemer de gozo. Teme que a sua performance sexual não seja a melhor e daí ir dar uma “voltinha” a fim de ver se o problema é seu.

Gemido forte/estridente.

Muitas mulheres quando se entregam de corpo e alma à relação sexual, gemem tão alto que o som chega à 5ª avenida. Incomoda os utentes da sua casa, os vizinhos ( que muitas vezes fazem sexo só por ouvir esses gemidos, rsrssrssr ) e até podem inibir o próprio homem que têm como parceiro. 

Por isso os gemidos devem ser bem audíveis, bem intensos, mas de forma a entrarem no ouvido do parceiro de forma a excitar a sua performance e não a tirar-lhe a tesão.

Gemidos de orgasmo fingido

Muitas vezes a mulher está cansada – não direi com dor de cabeça – só lhe apetecendo descansar/dormir. Mas o seu parceiro teve um dia bom e daí a libido estar em alta. 

Daí se encostar à mulher de conchinha, ou começar a beijar os seus lábios, o pescoço, mas nem assim a mulher aquece. Vai daí começar a fingir. Ai querido tão bom, aiiiiiii que delícia, vem querido, não aguento mais. Abre as pernas, o parceiro já entusiasmado, começa a bombar. 

A mulher conhecedora dos efeitos que os seus movimentos e gemidos está a provocar, entra naquela de fingir um orgasmo intenso e o parceiro derrete-se todo num instante. Acreditem que é uma técnica muito usada por mulheres que trabalham, têm os seus empregos, filhos na escola para ir buscar, fazer jantar, tratar da roupa, e ainda ajudar os filhotes nos trabalhos de casa a nível escolar.


Sexo com a mulher sempre risonha

É de um homem desconfiar? Claro que sim. Ou a mulher é mesmo divertida e aí o homem, em principio, tem conhecimento disso, ou está com cócegas. 

Ou então é daquelas mulheres que fazem da relação sexual, um momento descontraído, de vai e vem, pouco ou nada se importando que a ouçam rir, inclusive gargalhadas, misturadas com a excitação e volúpia do momento.

Gemido de gatinha

É um dos gemidos mais usados pelas mulheres. Pode até considerar-se um gemido manhoso do género: hhhhuuuu, aaaaaaaiiiiiiiiiiiiii, querido tão bommmmmmm, calma querido mais devagar, estou gostando tanto, hhhuuuummmmmmm.

Isto muito baixinho quase sussurrado ao ouvido do parceiro, ou com a boca muito perto do seu pescoço a fim de o seu quente hálito fazer com que, o homem, quase “desfaleça” de excitação. Pode ser verdadeiro? Pode. Mas a grande maioria das vezes é apenas para satisfazer o seu parceiro, a fim de o deixar feliz.

Gemido de sufoco

É aquele gemido que parece que a pessoa tem a boca tapada mas não tem. Poucas palavras, apenas “soltando” o som da respiração, cada vez mais ofegante, tornando-se estridente, tão característica da relação sexual que estão a acontecer. É caso para dizer: aquela respiração não engana, ihihhihi

Gemidos de safada

Existem mulheres que misturam os gemidos de prazer com palavras ordinárias que só se proferem naquele momento: Fode cabrão, rasga-me toda, fode com força maricas, relincha como um cavalo, faz de mim a tua puta, aaaaahhhhhhhhhhhh, fode filho da puta, mais forte, mete todo bem fundo,  etc etc etc. Existem ou não existem, casos assim?

Claro que tudo tem de ter o seu peso e medida. Nada de exagerar porque o homem se não estiver muito excitado pode não achar graça nenhuma, ihihihi

Perguntar-me-ão: E os homens não gemem? Claro que sim. Mas o homem geme mais com base nos palavrões, e não com aqueles gemidos de grande carinho, de excitação, de forma a satisfazer a parceira. Claro que não existe regra sem excepção. Mas a verdade é que uma mulher faz sexo por amor – regra geral – e o homem para despejar os testículos, ihihhihihih

Espero que tenham gostado desta minha análise sobre os gemidos no momento do sexo

Podem haver outras opiniões? Claro que sim. Escreva a sua.

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Um devasso "" brinquedo "" em Volúpia e Lúxuria ( lesbiano)

Olá queridas amizades. Vou contar-vos uma pequena passagem, connosco. A Márcia ofereceu-me um presente, assim do nada, simplesmente porque lhe apeteceu e pronto.


Na mesa do bar onde a esperei, sussurrou-me que seria algo que me iria surpreender.  Das duas, uma, ou gostava ou não. Mas era uma brincadeira. Fiquei curiosa e ansiosa por saber o que trazia naquela caixa com as cores do arco-íris...

Resultado de imagem para laço presente passo a passo


Já em casa, no nosso aconchego, resolvi abrir a caixa. Confesso que, quando abri, fiquei sem palavras. Não sei de devia rir à gargalhada se ficar confusa. O presente foi este, assim, todo numa aflição...coitadinho do bichinho...Parecia estar sufocado por estar fechado muito tempo sem puder respirar... 😁

Não imaginam as gargalhadas que demos e as coisas que dissemos uma à outra (é segredo). Não sei se eram as saudades que tínhamos, ou se foi da exaltação que aquele brinquedo nos provocou. Só sei, que nos divertimos muito naquela noite - ainda quente-, e o que fizemos? só as paredes testemunharam.

Imagem relacionada

Existem momentos em que a brincadeira não tem limites. Existem pequenos nadas que nos surpreendem e nos ficam marcadas. Existem, momentos e beijos especiais, e esses, são os da minha futura  e amada esposa, Márcia 💋

💕 ... Até a uma próxima... desta vossa amiga que vos adora: Vanda. Deixem-me o vosso carinho, ok? 😜

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Sexo Oral:- A mais sedutora intimidade entre um casal


O sexo oral é na opinião de muitos casais o maior estímulo numa questão de “aquecimento” sexual. Concordando, começo por explicar sucintamente o que é o sexo oral.

SEXO ORAL: Consiste na estimulação dos genitais, designando-se - FELLATIO - no caso da mulher no homem, e de -  CUNNILINGUS - no caso do homem na mulher.

Não existirá decerto prova mais intima, entre duas pessoas, que o sexo oral. Essa acção aproxima o casal, seja hetero, homossexual, lésbico, ou outro, tanto fisicamente como emocionalmente. Feito de livre vontade, é tão prazeroso para quem o recebe como para quem o faz.

Infelizmente ainda existem ideias pré-concebidas que o sexo oral é algo sujo, que “foge” aos parâmetros da ética e da moral, religiosamente falando. Também muitos homens não o fazem nas mulheres por considerarem algo sujo olhando à humidade que a excitação gera na vagina. Totalmente errado. Essa humidade é como a saliva na nossa boca. Não tem nada de sujo. Serve apenas para facilitar a penetração na mulher a fim de não causar dor. Como alguém disse um dia após um jogo de futebol, é limpinho, limpinho, limpinho.

Uma questão de higiene

Aí sim, deve existir uma grande preocupação por ambas as partes. Caso não seja possível um bom banho, deve-se antes da relação, limpar muito bem, tanto o pénis como a vagina, com uma “toalhita” que existem, as quais se encontram humedecidas por um produto desinfectante e aromado.

Haverá cuidados a ter?

Sem dúvida que sim. Se algum dos parceiros tiver ou desconfiar que tem alguma infecção genital NÃO DEVE permitir que lhe façam sexo oral. Não o deve fazer como desculpa, mas sim, por respeito à saúde do seu parceiro. Nesse caso deve ser o mais sincero/a possível com a pessoa que está consigo, explicando-lhe o seu estado físico e os riscos inerentes – doenças venéreas - que esse estado pode trazer ao seu parceiro/a.

Se um dos parceiros tiver SIDA ou ser portadora do vírus HIV não deve de forma alguma deixar que lhe façam sexo oral, a não ser que o homem use preservativo, mas mesmo assim…todos os cuidados serão poucos.

Algumas dicas para que o homem faça sexo oral na sua parceira

1 - Comece por beijar a sua parceira nos lábios, enquanto que com a mão a vai acariciando, desde os seios/mamilos até parar nas coxas, não tocando na vagina.

2 - Vá passando a língua molhada pelos seios, dando um Chupãozinho nos mamilos, sempre muito levemente e carinhosamente. Lentamente vá abrindo as pernas da parceira de forma a ficar com o seu corpo entre as ditas. Depois com os dedos abra os lá bios vaginais e com a ponte da língua toque levemente no clitóris. Coloque o seu corpo bem sobre o corpo da parceira a fim de a segurar no “salto” de prazer que essa nesse momento, regra geral, dá

3 - Saiba que o clitóris é a parte mais erógena e mais sensível da mulher. Sabendo isso a sua língua que deve ser meiguinha e trabalhadora fará o resto.

O que pode fazer a mulher no homem numa questão de sexo oral?

1 - A mulher deve fazer do sexo oral, pura arte. Mão a segurar o pénis. De uma forma lenta acariciar para baixo e para cima. Olhar o homem, olhos nos olhos, de forma desafiadora. Faz que beija mas não beija. 

Finge que o vai meter entre os lábios mas não mete, apenas lhe toca. Só deixar o homem colocar a sua mão sobre a sua cabeça se confiar nesse e souber que é meiguinho. Caso contrário, retirar a sua mão, de forma autoritária e decidida.

2 -  De forma carinhosa começa por colocar a ponta da cabeça entre os lábios e gentilmente percorrê-lo com a boca. Depois dar uma de sexo profundo metendo o mais possível o pénis dentro da boca de forma a arrepiar o homem, fazendo-o levantar o rabo de gozo e prazer.

3 - Enquanto isso acariciar com a mão os testículos e o peito do homem de forma a que ele se sinta nos píncaros do Evereste

Durante o Fellatio

1 - Com a glande dentro da boca não se importe com o excesso de saliva que se cria. Isso excita o homem que gosta que a saliva da parceira lhe escorra pelo pénis. 

Não se iniba de pressionar com os lábios a dita glande e com a língua percorra todo o pénis. Isso dará um gozo intenso a ambos.

2 - Existe quem goste da posição de 69. Essa posição consiste na inversão dos parceiros, fazendo sexo oral um ao outro ao mesmo tempo. Como tudo na vida, uns gostam, outros não. Uns porque perdem a concentração, outros porque se entusiasmam tanto que ejacular antes de tempo, rsrssrsrs

Haverão regras extra sexuais no caso do sexo oral?

Claro que sim. Nunca exigir que lhe faça sexo oral. Fazê-lo sobre força da brutalidade e/ou de coacção, acarreta um desconforto, tanto de medo, como de repúdio. Tal acção gera no casal um sentimento, um de culpa, outro de desprazer, os quais se transformam em sentimentos negativos em vez de sentimentos de gozo e prazer.

Sabemos que existem os encontros ocasionais em todos os géneros sexuais onde se faz, como principio, sexo oral. No género homossexual é quase obrigatório, o que pode acontecer dentro de um carro, por exemplo. 

Por muito que exista quem pense o contrário, a verdade é que não é aconselhável, tal prática. Não se conhecendo o parceiro/parceira, todo o cuidado é pouco, numa questão de doenças venéreas, as quais, não acontecem só aos outros.

Gostava de ler a sua opinião sobre o que acabei de escrever.


segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Libidinosos recantos ... lascivos desejos profundos


Era um fim de tarde. Subimos ao quarto dos desejos
Vestíamos roupas suaves como o mélico pensamento
As tuas mãos desinibidas desapertam em modo lento
As fitas, do meu segredo, que bem guardo e excitada
Sinto-nos latejar em excitante sintonia. Mas os beijos


Os beijos, são a nossa doce ternura, arte, sedução
Quando as tuas mãos habilidosos me enlouquecem
E os teus lábios molhados nos deliram e aquecem
Nos conduzem à volúpia  mais sensual do planeta
Excitando-nos a libido, e luxúria, da nossa paixão


Quando os delírios vão para além dos nossos mundos
Então faz sentido... abrirem-se portas e não sentenças
Perdes-te em meu corpo libidinoso...pernas suspensas
E no prazer da tua língua um desejo que me provocas
Nesta tarde de loucura, pelos recantos mais profundos

---
Espero que gostem...sintam-se à vontade para comentar