quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Serão as causas/efeito iguais, no romper da relação, entre homem e mulher?


Na vida nada morre, tudo se modifica. É assim em tudo, e nesse tudo, estão incluídos os relacionamentos humanos. Hoje em dia as pessoas optam por viverem juntas numa vida análoga aos dos conjugues, mas sem papel assinado, ou seja sem a celebração do casamento. 
O tempo em que, carinhosamente, se dizia:  "até que a morte nos separe", poder-se-á dizer, sem grandes constrangimentos, que está em vias de extinção.

Muitos casais casados, numa percentagem muito considerável, vive uma vida conjunta de fachada. Tanto ela como ele, preferem ter um amante ou uma amante, do que, por si, romperem a relação, pois não querem que, perante a família, sejam acusados de serem o responsável pelo rompimento da dita relação.

Por uma questão genética, o homem, não gosta de ser considerado o mau da fita, fazendo por vezes, tudo e mais e mais alguma coisa, para que seja a mulher a tomar a iniciativa de terminar com a relação.

Claro que a mulher usa muitas vezes os mesmos artefactos que o homem mas, na minha opinião, menos vezes, visto que por uma questão genética, a mulher é mais recatada – estar por exemplo mais em casa – do que o homem.

A sociedade em geral, e a mulher em particular, sabem que o homem, quando quer terminar uma relação, usa das mais variadas “artimanhas”, tais como:

- Ficar ausente da aproximação à mulher
- Dedicar-lhe menos atenção do que seria pressuposto dedicar
- Chegar cada vez mais tarde a casa, desculpando-se com o trabalho
- Passar mais tempo com os amigos
- Indo mais ao futebol, chegando horas depois a casa, sem dar explicação por achar que não tem que a dar.

E o que tal comportamento vai originar?

É evidente que começam a surgir as discussões, iniciadas pela mulher, onde o homem na sua altivez diz: "" Foi ela que começou a discussão. Eu até estava sossegadinho sentado no sofá a ver tv ""

Sabemos como os homem odeiam justificar-se dos seus atos, quando instados pelas mulheres. 

Ao contrário, elas têm o dever de lhes contar tim tim por tim tim, a causa do seu atraso e, quiçá, da sua indiferença. São logo acusadas de ter um amante, quando o cerne da questão, está na falta de diálogo, entre um e outro e falta de carinho do homem.

o homem considera-se a trave do relacionamento, mesmo que até ganhe menos que a mulher, e assim, com menos importância financeira dentro da família directa. Ser ele a terminar o relacionamento é o mesmo que abandonar a família. O homem, regra geral, encara uma separação como sinal de fracasso e têm mais dificuldade de lidar com isso.

Para o homem é muito mais cómodo dizer que foi a mulher que terminou com a relação, a ter que ser ele, a assumir que a culpa foi sua. Muito dificilmente e raramente o homem assume a sua culpabilidade.
    
Razões que podem impedir os homens de romper o relacionamento:

No caso de uma separação, as mulheres são mais fortes que os homens. Mostro algumas razões que impedem muitas vezes, o homem, de tomar a iniciativa de terminar a relação:

Comodismo: família e casa estabelecidas, convivência diária com os filhos e uma mulher para terem sexo, mesmo que seja de vez em quando, é o suficiente para manter o relacionamento.

Pânico: De ser afastado dos filhos e assim ser "esquecido" por esses. Não querem viver com aquela mulher, mas também, não querem, que ela venha a assumir um outro relacionamento

Contras e Efeitos: quando um homem quer terminar, ele tende a aumentar os custos e diminuir os benefícios. Tudo isso é pensado pelo homem, embora o mesmo seja extensivo à mulher.

Receio do julgamento: alguns preferem evitar a separação para não abandonar a parceira e os filhos, não sendo dessa forma, julgados pela sociedade.

Perante a sociedade, o homem gosta de ser considerado um “Santo”, que não parte um prato, sendo o seu comportamento familiar exemplar.

Gosta de ser considerado um bom marido e um bom pai, quando em casa e/ou para esses mesmos, não passa de um estranho, que entra em casa mudo e sai calado.

Quero ler os vossos comentários, sabendo que não existe regra sem excepção, nem nada na vida é taxativo e único.

12 comentários:

  1. Com o devir da sociedade e mentalidade, cada caso é um caso mas a rotina e o comodismo são muito perigosos numa relação. beijo

    ResponderEliminar
  2. Quando uma mulher percebe que o marido quer o divórcio, engravida lolololol Dizem que um filho não segura casamento, é totalmente mentira... Um homem que seja bom pai, nunca se divorcia enquanto tem filhos com menos de 8/10 anos... Se ele se divorciar é porque nunca quis ser pai e a mulher mentiu-lhe lololololololol

    Nada é eterno :) E a sociedade tende a ser mais simpatizante com uma mulher do que com um homem... Uma mulher divorcia-se e todos a ajudam... Um homem divorcia-se e mandam-no ir trabalhar e perguntam se ele paga a pensão de alimentos... Subentendem logo que os filhos é para ficarem com a mãe... Então?

    Adorei o teu post

    Beijinhos grandes e totalmente de acordo com a Pink Poison

    ResponderEliminar
  3. Um bom tema para discussão. Não sendo taxativo é muito verdadeiro e assertivo
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Já lá vai o tempo em que o juramento na Igreja fazia sentido, porém as mulheres sujeitavam-se a violência domestica e traições. etc! Este tema tem tanto de realidade que nem sei por onde pegar. Mas é muito bom para ler e reflectir. Mas dou os parabéns à Mariete.;)))

    Beijinhos molhados :)))

    ResponderEliminar
  5. Primeiro motivo pra um homem não separar é o dinheiro!

    ResponderEliminar
  6. Actualmente já são raros os casais que aguentam apenas por aparência. Mas ainda há!

    Muitos sãos homens que têm uma dupla vida... dando desculpas às mulheres, trabalho, claro...

    Muitas são as mulheres que conseguem, disfarçar tão bem que têm outro/s homem/s.. Por vezes chantageadas pelo seu "emprego"...

    Mesmo sendo bom Pai/Mãe, chega a uma altura que dá em rotura! Ou então, ACOMODAM-SE.


    E, poderá uma Mulher amar dois Homens sem que, o seu seio familiar seja afectado? Porque, ambas as partes preservam o seu lar?!

    Bjus querida. 
    Um tema bem actual e que dava pano para mangas...

    ResponderEliminar
  7. Muitas das vezes um gajo gosta de estar com amigos a ver futebol e a beber umas cervejas, conversar e só porque chega tarde a casa já é acusado de ter amantes. Quando, por vezes, elas é que os têm, rsrsrs.
    Falam por aqui em dinheiro... Pode haver esse interesse de parte a parte. Sendo que para mim não troco felicidade por dinheiro. Mas sou eu..Que ainda sou um jovem.

    Beijinho menina Mariete.

    ResponderEliminar
  8. Um belíssimo e interessante texto...Parabéns
    Bjs

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Actividade Perigosa

    ResponderEliminar
  9. Infelizmente o comodismo e a falta de dialogo faz com que as relacoes entrem em rotura. Excelente tema este faz com que se abram as mentes. Bjinhos

    ResponderEliminar
  10. http://gatasrv.com.br/acompanhantes-travestis-rio-verde-go/hellen-travesti

    ResponderEliminar

Deixe a sua opinião sobre o que acabou de ver e ler mesmo que seja menos positiva. Essa, nos ajudará a sermos cada vez mais exigentes nos textos que escrevemos e temas que abordamos.