quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Corpos sensuais, suspiros finais.


Abraço-te, lambo o teu corpo num suspiro
   Bebemos o vinho, chupo o néctar do teu enredo
      Satisfaço o teu corpo, confesso nosso segredo
           Enquanto existir volúpia em minha língua e dedo
               E no meu tesão, morder tua pele como um vampiro                
                   Porque na essência, não há mulher que me meta medo


Meu sonho, minha musa encantadora
      Vem beijar a minha pele que suspira por ti
          Eis-me sedutor olhando em mago cansaço
               Satisfaz em meu corpo, o teu libertino desejo
                    Abrasa-me com a tua língua suave, devoradora
                         E na fogosidade de um apertado abraço,
                               Trocamos na volúpia, um intenso beijo


Olha-me, escuta-me, quero ter-te esta noite
   Ouvir os teus gemidos perante o meu desejo
       A minha boca explorar os teus recantos
         Flutuar pelas ondas do teu corpo libidinoso
            Sorver a tua saliva em carícias labiais
               Ouvir os sinos dos teus suspiros finais
                  E nos delírios dos nossos entretantos
                     Ouvir-te dizer: Pára, não aguento mais.
.

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Quero beijar a tua pele, saborear o teu suor


Quero beijar a tua pele
    Saborear o teu suor
       Sugar o orvalho do teu sexo
           Ser a incógnita do teu imaginário
              Ser o teu sonho, a líbido do teu orgasmo
                 Ser tudo e não ser nada. Ser a tesão desejada
                    Ser apenas o corpo que te possui. Ser a água salgada
                       Ser o desejo lascivo da tua luxuria, o arrepio da tua alma   
                          Beijar a tua boca. Sorver a saliva dos teus lábios molhados
                            Ser o teu doce delírio. Porque nele, tudo sou. Tudo quero ser
  
                                                             
                                                                           
       

domingo, 25 de novembro de 2018

Blogue:- Quatro ÂNUS de vida ...Sexo Anal prémio da mulher/homem ... para o homem.

(Imagem da net)

O blogue Delirios de Amor e Sexo celebra quatro (4) ÂNUS de vida. 
( Nascido aos 23 de Novembro de 2014 )
.
Nasceu adulto, continua e continuará adulto.  Quatro ÂNUS e aproximadamente ... 4,648,930 ( quatro milhões, seiscentas  e quarenta e oito mil e novecentas e trinta ) visualizações depois, não falando nas centenas de comentários, não consigo esconder o meu orgulho, que sei ser também o orgulho das pessoas que comigo iniciaram esta aventura, e que por uma ou outra razão, tiveram que, por livre e espontânea vontade, de sair. 

Outros amigos e/ou amigas entraram, fazendo com que esta “viagem" continue a ser vitoriosa, tanto a nível erótico, como pessoal, pois a amizade e cumplicidade, não tem preço.

E por falar em ÂNUS: Falemos um pouco de sexo anal, entre gosto, prazer, posições?

Como estamos em dia de ÂNUS não posso deixar de falar de sexo anal. Sem grandes pormenores, apenas divagando um pouco sobre algo, a nível sexual, que é para nós homens, uma preferência sexual, embora nem sempre falada, ou confessada abertamente.

Todos os homens sabem que, as mulheres, não tanto os homens que tomam outras opções sexuais, como os homossexuais, bissexuais, ou outros, não curtem, numa questão de preferência inicial, o sexo anal. 
É uma questão respeitável. Ou porque dói, ou porque não desejam experimentar, ou porque estão predestinadas ao sexo vaginal, ou porque …uma ou outra razão.

Não é fácil acontecer entre um casal, sejam casados, namorados, ou outro género, o sexo anal virar rotina, a não ser entre um casal homossexual. 
Muitas vezes, e nós homens, sabemos disso, a mulher faz sexo anal para agradar ao seu companheiro, ainda que, numa fase posterior, muitas vezes, acabe por ganhar o “vicio” e até, ser ela a incentivar o seu companheiro ao sexo anal.

Sabemos que o sexo anal, começa muitas vezes por ser um prémio que a companheira dá ao companheiro. Não que goste, ou de dê prazer, mas sim, porque o companheiro gosta ou quer experimental esse acto sexual. Claro que também existem mulheres que querem experimentar. Sem dúvida que há. Mas sabemos que em menor número. Dizer o contrário não me parece ser verdadeiro.

A verdade é que um homem gosta de ver uma mulher de bundinha empinada, qual provocação, ao seu ego machista. 

Uma mulher que se coloque de bundinha empinada, de quatro, ou de conchinha, sabe perfeitamente que o homem fica louco, não só pela penetração vaginal, mas sim e também, pela experimentação e penetração anal.

O cérebro masculino é fértil em imaginação e a mulher sabe muito bem disso.

Claro que um homem pode sempre procurar um sexo anal fora do seu ambiente familiar, ou seja com a companheira. Mas será que a companheira não gostará do “atrevimento# do homem em procurar brincar com a sua entrada anal? 
Ou seja: roçando a cabecinha do pénis, falando ao seu ouvido palavrinhas de incentivo, empurrando ligeiramente, ouvir os ais dela a fugir à sensação, movimentos que enlouquecem um homem.

Quem é o homem que não gosta dessas brincadeiras, ou a mulher que a elas resiste?

Vamos lá homens amigos: Vamos lá puxar de forma carinhosa, meiguinha, a nossa esposa, namorada, companheira, de forma a deixá-la de bundinha bem empinada e…com uns beijinhos nas costas, mãos a acariciar os seus seios, beliscando-lhe os mamilos, encostando e roçando a cabecinha no seu ÂNUS, sempre muito carinhosamente até até...

Se começar por lhe dar uma lambidelas carinhosas e uns beijinhos no pescoço, na barriga, indo descendo, até chegar ao oásis mais belo, e aí, com os dedos lhe abrir os lábios vaginais e com a ponta da língua lhe acariciar o clitóris, virando-a a seguir de costas para si. Qual a mulher que não aceita uma encostadela na sua entradinha anal?

E assim, com a vossa companhia, amizade, carinho, comparência, comentários, celebramos a bonita idade de QUATRO(4) ÂNUS de vida. 

Em nome de toda a administração,  …obrigado de coração

QUER UM BRINDE ASSIM !


OU PREFERE ASSIM ?


MAS TAMBÉM PODE SER ASSIM

Resultado de imagem para Champanhe sensual

A OPÇÃO É SUA ... ESCOLHA BEM
.

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Zonas erógenas de excitação. Os seus efeitos de volúpia.

Fala-se muito em prazer, gozo, excitação sexual. A verdade é que cada pessoa reage de uma forma diferente aos estímulos, e mesmo esses, têm uma forma muito peculiar de serem recebidos. A mente é que manda e coordena os estímulos. Não me parece existirem dúvidas sobre esse capítulo.

Numa questão de excitação sexual pode-se entrar num contexto de opinião que, embora diferentes na sua essência, têm sempre algo em comum.

O que pode gerar excitação? Dou algumas dicas.

- Abraço. Um abraço dado com meiguice, carinho, levemente apertado, onde os corpos se encostem, sentindo o calor um do outro, é maravilhoso.

- Acariciar e ser acariciado. Outra das formas que causam no ser humano uma sensação de leveza indescritível.

- Beijar. Sem dúvida que o beijo é o ex-libris da excitação. Trocar um beijo, lábios com lábios, tenha ou não um toque de língua, é de uma excitação sem palavras.

- Toques corporais de língua. Sem dúvida que passar a língua molhada através da pele para além de causar arrepios na coluna, leva-nos ao 7º, 8º, 9 º e seguintes, céus.

Todas as pessoas têm as mais variadas zonas erógenas, sendo muitas delas comuns, mas cada qual, com a sua sensibilidade de sentir e reagir aos estímulos.

- Vagina, composta pelos lábios grandes e pequenos, clitóris. É sem dúvida uma zona de grande sensibilidade e erotismo. No entanto, existem mulheres que se “arrepiam” muito mais, a nível sensual, se sentirem a língua do homem passando pelo ânus, coxas, seios e mamilos, pescoço, cara, costas, pés, entre outras zonas.

Um homem passar a mão/dedos pelo cabelo, nádegas, mesmo por cima da roupa neste último caso, gera em muitos mulheres uma excitação que a própria não consegue disfarçar aos olhos masculinos.

E no homem será diferente?

Definitivamente que não. No homem, pode-se dizer que acontece a mesma coisa, apenas substituindo a zona da vagina, pela zona do pénis e testículos.

- Lóbulo da orelha: Existe também quem adore e quase desmaie de excitação quando é tocada/o com a ponta da língua no lóbulo da orelha.

Tanto o homem como a mulher, quando tocados nessa zona, se contorcem de prazer, o que gera no seu/sua companheiro/a uma reacção de excitação difícil de controlar, a não ser…com o ... provável orgasmo.

Espero que gostem desta minha dissertação pelas zonas erógenas de excitação humana.
Quero ler a vossa opinião sobre a matéria de facto.

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Debilidade sexual masculina... Chá castanho ou comprimido azul? ...Causas e efeitos.


Ao longo de décadas e décadas, sempre a sociedade viu o HOMEM como o macho latino, o pai de 15 filhos, a força maior, no que concerne aos seus deveres e comportamentos sexuais.

Existirá a fragilidade sexual masculina na génese afecta à virilidade?

Sabemos todos que sim. Antigamente, era praticamente só os homens com mais de 65/70 anos. Hoje, já afecta homens a partir dos 35/40 anos. Esse problema designa-se por: “ Disfunção Sexual”.

Sabe-se que a erecção acontece quando há um aumento do fluxo de sangue no pénis, causado por um estímulo. “ Para que o órgão permaneça erecto, é necessário manter o alto fluxo sanguíneo, com um suporte adequado de sangue, além de sinais estimulantes do cérebro ".
Ora, qualquer alteração nestes mecanismos e estímulos, pode gerar impotência sexual/disfunção eréctil.

O Stress é, actualmente, um dos grandes causadores ao que se designou chamar “ Perda de Função Sexual”. Ainda é, sem qualquer dúvida, um tabu que o Homem tenta esconder a todo o custo. 

Antigamente, raro ou até inexistente, era o homem que no momento do sexo estava cansado, lhe doía a cabeça – isso era assunto de mulher – lhe doíam os rins e as costas, ou que não estava a fazer a digestão, entre alguns outros ditos, e desculpas.

Com a chamada “revolução feminina” que aconteceu – felizmente e finalmente, acrescento eu – com maior ênfase, a partir da década de 70/80, a mulher “libertou-se” das amarras da casa e “voou” através de outros universos, como por exemplo: trabalhar fora de casa nas fábricas, escritórios, supermercados, entre outros locais, ficando a depender MUITO menos da acção do homem.

Isso perturba a mente do homem?

De certa forma, isso fez com que, na cabeça masculina, para além, e por efeitos do ciúme, começassem a surgir perturbações físicas, psicológicas, psicossomáticas, comportamentais. Tudo isto, quer queiramos quer não, tem muito a ver com a performance sexual do Homem

Antigamente, uma grande maioria de homens, no seu silêncio masculino, quando sentiam uma determinada fragilidade ao nível da sua virilidade, tentavam estimular-se bebendo, chás de ervas, folhas e caules como descrimino a seguir.

Chás de: Folha de laranjeira, folhas de eucalipto cruzadas com poejos ou hortelã, figos da índia e suas folhas, caules de couve seca, de cogumelos castanhos, folhas de sobreiro, entre outros (bons e menos bons) ingredientes. 

Tais bebidas, apenas – dizem as pessoas mais idosas como o meu avô – eram apenas, na sua essência libidinosa, sugestivas a nível psicológico. Não originavam tesão nenhuma. Algumas inclusive, se tomadas em excesso, podiam envenenar a própria pessoa

A Ejaculação Precoce, também conhecida por ejaculação prematura, quase não era conhecida, porque o homem – regra geral – "servia-se" da mulher, e esta "servia" o marido, só contando o seu prazer e a mulher apenas tinha que saber como não engravidar. Ter um orgasmo não era para todas as mulheres, antes das décadas de 70/80.

A disfunção eréctil era desculpabilizada pelo homem numa questão de cansaço, entre outras desculpas, como já acima mencionei.

A partir das décadas já mencionadas, começaram a aparecer os filmes pornográficos, as revistas do mesmo género, bem como, a liberdade da mulher. Falo numa questão de trabalho, como numa questão de conversação de génese sexual, inclusive com colegas de trabalho do género masculino.

Tudo isso começou a gerar no homem perturbações stressantes, pois facilmente sentiu a sua perda de predominância numa relação homem/mulher, ou seja do homem que trabalhava e da mulher “gata borralheira” que só tratava da casa, dos filhos, e ajudava na horta.

A verdade é que não é fácil para um homem conversar com a sua mulher sobre problemas – que sabemos que existem – de génese comportamental ao nível da sua erecção.

Assim, compra VIAGRA - o conhecido comprimido azul - , entre outros géneros que, ao fazer bem aos estímulos sexuais, faz muito mal a outras.

Pode permitir um maior fluxo da libido e daí uma melhor performance sexual, mas também pode atacar o coração e, acabar de vez com a tesão, seja ela original ou causada pelos efeitos dos ditos comprimidos.

Por exemplo a doença da Diabetes é uma das principais causadoras da disfunção eréctil, se não for bem acompanhada e controlada a nível de médico especialista.

Existem tratamentos?

Claro que sim. Em primeiro lugar conversar muito com a (sua) mulher. Fazê-la entender, que está com alguns problemas a nível de erecção. Aconselhar-se com pessoas entendidas – médico de família por exemplo – sendo que esse o encaminhará para quem de direito, e que, muito o ajudará.

Por hoje e agora ficamos por aqui. Ok?
.

domingo, 18 de novembro de 2018

💖Saudade...excitação...numa libidinosa "viagem" ao êxtase do nosso desejo e prazer.

Imagem relacionada
Numa saudade imensa em que, a vida profissional de ambas tende ser a base do nosso futuro, passou-se uma temporada sem nos tocarmos fisicamente. É inevitável, porque a saudade, renova a chama que existe dentro de nós. Faz-nos crescer. Faz-nos desejar mais e mais... aquele momento ...

Imagem relacionada
Aquele momento em que a chama desperta. Os corpos ficam hirtos e húmidos de desejo...as bocas afagam-se nos beijos dos mamilos, que nos enlouquecem a alma e nos inquietam os sexos... 

Imagem relacionada

Sabes, meu Amor, sabes tão bem como levar a minha excitação até ao monte do Evereste. Sabes pois... Conheces todos os caminhos que "nos levam" até lá...
Imagem relacionada
A falta que me fazes nas noites mal dormidas. Nas noite frias e chuvosas. Nas noite de tempestade, onde apenas o telefone e a tv é a minha companhia. Tu sabes, mas que ninguém, que mais importante que uma boa noite de sexo, é a tua companhia. 

Resultado de imagem para gifs lésbicas
O teu carinho. As nossas conversas. As nossas gargalhadas... Enfim, nós e o os nossos momentos de amor, cumplicidade e ternura. 💋💞
-
Este, é apenas um pequeno momento, contado na primeira pessoa: Vanda. Bom fim de semana, com muito amor. Aproveitem,  a vida é bela demais para ser desperdiçada.

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Fluido de Cowper ou de Litre. Qual a sua origem? Para que serve?



Todos os homens e mulheres, sexualmente ativos, já sentiram, ou viram, respectivamente, algo do que vos vou falar a seguir.

Uma mulher fica húmida (vagina) aquando nos preliminares, ou até quando imagina estar com alguém ou ainda outra situação congénere. Um homem, no auge da excitação. "deixa" que saia da glande (cabeça do pénis) um líquido incolor, viscoso. Esse líquido ocorre antes de qualquer ejaculação (orgasmo) por parte do homem.

Será esse líquido considerado ejaculação precoce ou (orgasmo)?  Não, de forma nenhuma.

Como se designa esse líquido e para que serve?

Designa-se fluido pré-ejaculatório ou fluido de Cowper ou ainda de Litre. Esse liquido é libertado pela Uretra, (canal do pénis) o qual, se destina a lubrificar a dita Uretra, a fim de permitir a passagem do sémen, e a neutralizar a acidez própria causada pela passagem da urina.

É conhecido como fluido de Cowper, porque tem origem nas glândulas de Cowper – também conhecida por Glândula Bulbouretal -, durante a estimulação sexual – preliminares -, masturbação ou relação sexual propriamente dita, e acontece, antes da ejaculação, e/ou até mesmo sem acontecer a ejaculação (orgasmo).

A glândula bulbouretal ou Glândula Cowper, é uma glândula que se situa por baixo da próstata e da glândula vesícula seminal.

É preciso saber-se que a próstata e as vesículas seminais, são os responsáveis, pela maior parte do sémen e apenas cerca de 10% vem dos testículos, em forma de espermatozóides envolvidos em líquido viscoso. Esse fluido viscoso facilita a relação sexual, devido ao carácter lubrificante que apresenta.


Uma mulher pode engravidar apenas através desse líquido?

Existe quem tenha a opinião de que sim. Sendo um liquido pré-ejaculatório,  não deveria apresentar nenhum risco para a mulher. 

Porém, algumas vezes, o líquido acaba transportando alguns espermatozóides o que pode acarretar uma gravidez indesejada, principalmente se a mulher estiver em período fértil.

Espero ter ajudado a perceber o que é o fluido pré-ejaculatório.
.

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Quero, porque quero, saborear a tua libido

Resultado de imagem para imagens sensuais casal
Quero, amar-te, para toda a minha vida
Mesmo sabendo de muitas fragilidades
Quero morrer de amor nas intensidades
Quero subir aos céus, numa vida vivida
Quero, porque quero, morrer ao teu lado
Cuidar-te com todo o meu fulgor e tesão
Subir as montanhas, contigo no coração
Porque só eu cuido teu corpo imaculado
Imagem relacionada
Quero amar-te até ao fim dos nossos dias
Fazer amor, com o nosso  perpétuo olhar
Saciar a tua fome, com as mãos a passear
No teu corpo carecendo de outras utopias
Quero, simplesmente, sentir  a tua libido
Não importa os defeitos... ou a tua idade
Quero, porque  quero, ser a tua virilidade
Até ao fim dos dias, sermos fruto proibido
---

Feliz e abençoado fim de semana.
Filipa Silva.

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Inversão de papéis: Mulher com Strap-on no homem (marido/namorado)


Quando se fala em sexo anal, a mente humana, de imediato pensa na mulher e no homem, caso esse seja homossexual.

Não é muito usual se pensar no sexo anal, numa questão heterossexual, entre uma mulher e um homem, num alicerce de inversão sexual, e companheiros de vida (marido/namorado).

Vou falar-vos um pouco do sexo anal – ainda um tabu – em que a mulher esposa, namorada, amiga colorida, usando um cinto de Strap-on, ou um vibrador/consolo/dildo manual, explora o sexo anal no seu marido/companheiro.

Para muitos casais heterossexuais, hoje em dia, é usual se gozar todas as vertentes sexuais, sem que para isso se recorra ao amigo, vizinho, colega de trabalho, como se costuma dizer.

Prática do Namorado/marido, curvado (BOB)

Resultado de imagem para cinto peniano na mulher e o homem na cama a verEsta prática é aquilo que na gíria se chama de inversão de papéis entre homem e mulher. Cada vez mais, os homens e as mulheres, entram nessa, e adoram essa, fantasia sexual. 

Com o avanço dos conhecimentos sexuais, o homem também tem fantasias, sendo essa - ser penetrado - uma das que, mais assalta a sua mente. Ou seja: Deixar a sua mulher satisfazer o seu ego imaginário, possuindo-o, sexualmente, ouvir os seus gemidos de prazer, fazer com que, ela se sinta, a “dona” da cama e da situação.

Muito diálogo, abertura e frontalidade, uma cinta peniana, e muito carinho

Estes serão talvez os ingredientes mais relevantes a fim de que um casal goze o sexo na sua plenitude.

É evidente que se pode usar, para principio, um consolo/brinquedo, o qual bem oleado, se vai roçando no ânus masculino, brincando, metendo um pouco, rindo e divertindo-se ambos, com o ambiente quente e romântico que, regra geral, surge.

A verdade é que dentro do campo visual, para um homem, é muito mais atraente ver a mulher usando uma cinta peniana. Vê-la a massajar o “pénis”, colocar um creme, ou óleo apropriado, deitar-se com o parceiro de conchinha, e começar a brincar com a cabecinha do “pénis” entre as nádegas, muito lentamente, sempre acompanhadas de palavras sensuais, de encorajamento, enquanto dentro do possível, masturba o próprio homem.

A entrada do “pénis” no ânus, vai estimular a próstata, que se localiza entre o reto e a bexiga. É equivalente ao ponto G da mulher. Essa estimulação vai fazer com que o homem sinta um prazer muito grande, que a maioria dos homens desconhecem, por nunca terem experimentado o sexo anal

Quem o faz, uma vez, é amor para a vida toda?

Diz quem já o fez que sim. É um prazer diferente em todas as vertentes. Satisfaz a mulher na sua essência feminina/machista, e satisfaz o homem na sua plenitude e gozo sexual.

Uma mulher nunca deve esquecer que o ânus não fica lubrificado com os carinhos chamados de preliminares. Por isso, deve aplicar, se possível em frente ao olhar do homem, um bom lubrificante feito à base de água, tanto na cabeça do consolo, como nele todo, bem como no ânus do homem. Regra geral, a mulher passar esse creme/lubrificante no ânus do homem, origina nesse uma tesão que o pode levar, inclusive, a um orgasmo prematuro.

Também pode incentivar o seu marido/namorado a ser ele a colocar o óleo no seu ânus e no consolo peniano que ostenta à cintura ( ou outro consolo).

Resultado de imagem para cinto peniano na mulher e o homem na cama a verIncentivar o homem a ficar de conchinha ou de quatro, pois são as posições que, de inicio mais facilitam a penetração. Esta, deve ser feita lentamente, muito carinhosamente, até entrar todo ou parte do pénis. Só depois, e ainda lentamente, começar o vaivém que dará a ambos um gozo indescritível

Esta prática excita tanto o homem como a mulher. Acabam por se satisfazer um ao outro de uma forma diferente, mas que, quebra a rotina sexual, podendo elevar-vos a um patamar de gozo e prazer que, só a comunhão de diálogo aberto, sem tabus, pode conduzir. Falem um com o outro, porque assim, não precisam de ir experimentar com a vizinha do lado ou com outro qualquer amigo ou amiga.

Isso faz do homem homossexual?

Não. De forma nenhuma. Não que isso seja crime ou peste de lesa-pátria. Nada disso. A homossexualidade é um direito e opção sexual que cada pessoa deve seguir sem tabus ou preconceito.

Apenas, neste caso, o homem dá ênfase à sua fantasia de ser possuído pela sua mulher na forma anal. Todos os homens têm fantasias. Dizer que não é pura heresia. 

- Sendo homem já fez algo análogo com a sua mulher/namorada?
- Sendo mulher já satisfez o seu marido/namorado com um cinto peniano/dildo/consolo? 
- O que pensa sobre esta questão?
.